Concurso TRE PR aparece no PLOA 2021; 36 vagas previstas

Concurso TRE PR poderá contemplar vagas para níveis médio, técnico e superior. Saiba detalhes sobre cargos, remunerações e andamento do último certame.

Concurso TRE PR: logo do Tribunal Regional Eleitoral do Paraná em fundo branco

Com validade suspensa, o concurso anterior foi realizado no ano de 2017. - Foto: Divulgação / TRE PR

Concurso TRE PR poderá ser realizado em 2021! De acordo com o Projeto de Lei Orçamentária Anual (PLOA), existe a previsão de contemplar 36 vagas efetivas para o Tribunal Regional do Paraná. Pelo menos 27 delas tendem a ser destinadas para o cargo de Técnico Judiciário (nível médio ou técnico). As demais provavelmente serão distribuídas para a carreira de Analista Judiciário (nível superior).

Em termos gerais, o PLOA prevê o preenchimento de 50.946 vagas no âmbito federal, além da criação de mais 2.165 cargos do quadro de servidores públicos. A Justiça Eleitoral, dentro desse quantitativo, poderá contar com 982 novos postos de trabalho para o ano de 2021.

Caso devidamente aprovadas, as oportunidades serão direcionadas pelos tribunais regionais eleitorais do país. Todas as previsões de gastos e despesas foram apresentadas pelo secretário especial de Fazenda, Waldery Rodrigues, no dia 31 de agosto de 2020.

Concurso TRE PR: situação atual

Um novo concurso TRE PR está previsto no PLOA 2021, mas é possível que o edital somente seja publicado após o término das convocações do certame anterior. Em 2017, o órgão público ofertou 11 vagas efetivas e cadastro reserva para os cargos de Técnico e Analista Judiciário. O prazo de validade (dois anos prorrogáveis) acabou sendo suspenso por uma portaria que impedia novas nomeações.

Assim, o TRE PR somente retomou a contagem no dia 13 de julho de 2018. A portaria nº 574 criou, na época, exceções para que os tribunais pudessem retomar nomeações nos casos em que os servidores pedissem respectivas exonerações ou fossem demitidos. Por outro lado, o presidente Tribunal Regional Eleitoral do Paraná resolveu suspender o prazo de validade no início de 2020.

Motivo? O rápido avanço da pandemia, que se alastrou em todos os estados brasileiros. Dessa maneira, o concurso de 2017 continua com o prazo interrompido por tempo indeterminado. Novas nomeações somente, ao que tudo indica, vão voltar a acontecer a partir do fim do estado de calamidade pública.

Mais informações serão divulgadas em momento oportuno, especificamente no site do órgão público e da Fundação Carlos Chagas (banca organizadora). Atualmente, o TRE PR conta com quatro cargos vagos* (dois para Analista e dois para Técnico Judiciário).

*As informações atualizadas estão disponíveis no portal da transparência do TRE PR.

Concurso TRE PR: atribuições dos cargos

  • Técnico Judiciário – Área Administrativa: Executar atividades de nível intermediário relacionadas com as funções de administração de recursos humanos, materiais e patrimoniais, orçamentários e financeiros, controle interno, bem como as de desenvolvimento organizacional e suporte técnico e administrativo às unidades organizacionais;
  • Técnico Judiciário - Área Apoio Especializado – Especialidade Enfermagem: executar atividades de nível intermediário relacionadas com os serviços de enfermagem;
  • Técnico Judiciário – Área Apoio Especializado – Especialidade Operação de Computadores: executar atividades de nível intermediário relacionadas com operação e manutenção de equipamentos e informática;
  • Técnico Judiciário – Área Apoio Especializado – Especialidade Programação de Sistemas: executar atividades de nível intermediário relacionadas com a programação de sistemas informatizados;
  • Analista Judiciário - Área Judiciária: executar atividades privativas de bacharel em Direito relacionadas com processamento de feitos, apoio a julgamentos e execução de mandados;
  • Analista Judiciário – Área Apoio Especializado – Especialidade Análise de Sistemas: realizar atividades de nível superior relacionadas com desenvolvimento, implantação e manutenção de sistemas informatizados;
  • Analista Judiciário - Área Apoio Especializado – Especialidade Biblioteconomia: executar atividades de nível superior relacionadas com manutenção, conservação, divulgação e recuperação de acervos bibliográfico e de multimeios, bem como com implantação e desenvolvimento de bibliotecas;
  • Analista Judiciário – Área Apoio Especializado – Especialidade Contabilidade: executar atividades de nível superior relacionadas com análise contábil e auditoria;
  • Analista Judiciário - Área Apoio Especializado – Especialidade Medicina do Trabalho: executar atividades de nível superior relacionadas com a assistência médica preventiva e curativa, conforme a especialidade médica.

Concurso TRE PR: remunerações previstas

Aqueles que se classificarem vão contar com a estrutura remuneratória do Tribunal Regional Eleitoral do Paraná. Ela segue as classes crescentes da carreira, conforme a soma do vencimento inicial e a gratificação de atividade judicial.

Veja as remunerações previstas para ambos os cargos (os valores podem passar por mudanças ao longo dos anos):

  • Técnico Judiciário (diversas especialidades para nível médio ou técnico): inicial de R$ 7.591,37 e final de R$ 11.398,39;
  • Analista Judiciário (diversas especialidades para nível superior): inicial de R$ 12.455,30 e final de R$ 18.701,52.

Além do mais, todos os candidatos classificados também terão direito a benefícios adicionais. Confira os principais:

  • Auxílio-alimentação: R$ 910,08;
  • Assistência pré-escolar: R$ 719,62;
  • Auxílio-transporte: de acordo com as condições e necessidades dos profissionais nomeados;
  • Assistência médica e odontológica: R$ 215,00.

Concurso TRE PR: como foram as etapas do certame anterior?

Sob a responsabilidade da Fundação Carlos Chagas, o último concurso TRE PR recebeu regulamentação por meio do edital de nº 01/2017. As inscrições puderam ser feitas entre os dias 23 de junho e 21 de julho de 2017, com taxas calculadas no valor de R$ 70,00 para Técnico e R$ 90,00 aos inscritos no cargo de Analista Judiciário.

As isenções somente podiam ser solicitadas por aqueles que estivessem inscritos no CadÚnico e fossem membros de família com baixa renda. Por conseguinte, os candidatos tiveram que participar de duas etapas eliminatórias na cidade de Curitiba/PR:

  • Provas objetivas: 20 questões de conhecimentos gerais (peso 1,0) e 40 questões de conhecimentos específicos (peso 3,0). Somente foram classificados aqueles que alcançaram 50% de acertos;
  • Provas discursivas, com peso 2,0: texto dissertativo para a área administrativa e duas questões de estudo de caso aos demais cargos.

Na época, as provas discursivas somente foram corrigidas nos casos em que os candidatos obtivessem 50% de aproveitamento nas questões objetivas. As remunerações foram calculadas no valor de R$ 6.376,41 para Técnico e R$ 10.461,90 aos classificados no cargo de Analista Judiciário.

O que estudar para as provas objetivas do concurso TRE PR?

Se prepare com antecedência! Veja, abaixo, os itens que foram cobrados no concurso TRE PR 2017:

Concurso TRE PR: conhecimentos gerais

  • Gramática e interpretação de texto da Língua Portuguesa: ortografia oficial. Acentuação gráfica. Flexão nominal e verbal. Pronomes: emprego, formas de tratamento e colocação. Advérbios. Conjunções coordenativas e subordinativas. Emprego de tempos e modos verbais. Vozes do verbo. Concordância nominal e verbal. Regência nominal e verbal. Sintaxe. Ocorrência de crase. Pontuação. Redação (confronto e reconhecimento de frases corretas e incorretas). Intelecção de texto;
  • Noções de Informática: tipos de computadores pelo porte, tipos e finalidade de sistemas operacionais, conceitos de hardware e de software. Edição de textos, planilhas e apresentações com o Microsoft Office 2013 e LibreOffice versão 5.0 ou superior. Redes de computadores: conceitos básicos, dispositivos de interconexão de redes, redes sem fio. Navegadores web: Mozilla Firefox e Google Chrome, busca e pesquisa na Internet. Uso de webmail. Aplicativos e procedimentos relacionados à Internet e intranet. Noções de sistema operacional Windows 7, instalação de periféricos e softwares, conceitos de organização e de gerenciamento de informações, arquivos, pastas e programas. Procedimentos de backup e restauração de arquivos e pastas. Armazenamento de dados na nuvem (cloud storage). Segurança da informação: procedimentos e mecanismos de segurança, noções de vírus, worms e outras pragas virtuais (malware). Aplicativos para segurança (antivírus, firewall, antispyware);
  • Normas Aplicáveis aos Servidores Públicos Federais: Regime Jurídico dos Servidores Públicos Civis da União (Lei nº 8.112/90 e alterações posteriores): provimento e vacância; dos direitos e vantagens; regime disciplinar; do processo administrativo disciplinar. Organização da Carreira dos Servidores do Poder Judiciário da União (Lei nº 11.416/2006 e suas alterações). Processo Administrativo no âmbito da Administração Pública Federal (Lei nº 9.784/99 e alterações posteriores): das disposições gerais; dos direitos e deveres dos administrados; da competência; dos impedimentos e da suspeição; da motivação; dos prazos. Lei de Improbidade Administrativa (Lei nº 8.429/92 e alterações posteriores);
  • Regimento Interno do Tribunal Regional Eleitoral do Estado do Paraná: (Resolução TRE/PR nº 661/2013 com alterações da resolução nº 705/2015). Lei Brasileira de Inclusão da Pessoa com Deficiência (Estatuto da Pessoa com Deficiência): Lei nº 13.146/2015 e alterações posteriores.

Concurso TRE PR: conhecimentos específicos

Para Técnico Judiciário – Área Administrativa:

  • Noções de Direito Constitucional;
  • Noções de Direito Administrativo;
  • Noções de Direito Eleitoral.

Para Técnico Judiciário – Área de Enfermagem:

  • Ética e Legislação;
  • Técnicas Básicas de Enfermagem;
  • Processamento de Material;
  • Políticas Públicas em Saúde.

Para Técnico Judiciário – Área de Operação de Computadores:

  • Fundamentos de Computação;
  • Inglês Técnico.

Para Técnico Judiciário – Área de Programação de Sistemas:

  • Programação de Sistemas;
  • Inglês Técnico.

Para Analista Judiciário – Área Judiciária:

  • Direito Constitucional;
  • Direito Eleitoral e Legislação Eleitoral;
  • Direito Administrativo;
  • Direito Civil;
  • Direito Processual Civil;
  • Direito Penal;
  • Direito Processual Penal.

Para Analista Judiciário – Área de Análise de Sistemas:

  • Noções de Direito Constitucional, Administrativo e Eleitoral;
  • Análise de Sistemas;
  • Banco e Armazenamento de Dados;
  • Redes de computadores;
  • Segurança da Informação;
  • Fundamentos;
  • Gestão de TI e Governança;
  • Engenharia de Software;
  • Inglês Técnico.

Para Analista Judiciário – Área de Biblioteconomia:

  • Noções de Direito Constitucional, Administrativo e Eleitoral;
  • Biblioteconomia.

Analista Judiciário – Área de Contabilidade:

  • Noções de Direito Constitucional, Administrativo e Eleitoral;
  • Contabilidade Geral e Pública;
  • Administração Financeira e Orçamentária;
  • Matemática Financeira.

Para Analista Judiciário – Área de Medicina do Trabalho:

  • Noções de Direito Constitucional, Administrativo e Eleitoral;
  • Medicina do Trabalho.
Bruno Destéfano
Redator
Nasceu no interior de Goiás e se mudou para a capital, Goiânia, no início de 2015. Seu objetivo era o de cursar Jornalismo na UFG. Desde o fim de sua graduação, já atuou como roteirista, gestor de mídias digitais, assessor de imprensa na Câmara Municipal de Goiânia, redator web, editor de textos e locutor de rádio. Escreveu dois livros, sendo um de ficção e outro de não-ficção. Também recebeu prêmios pela produção de um podcast sobre temas raciais e por seu livro-reportagem "Insurgência - Crônicas de Repressão". Atualmente, trabalha como redator web no site "Concursos no Brasil" e está participando de uma nova empresa no ramo de marketing digital.

Compartilhe

Concursos por E-mail
Assine nosso boletim para receber Concursos em Curitiba diretamente no seu e-mail