Concurso UFRJ - Técnico-Administrativo 2017/2018

Universidade Federal do Rio de Janeiro oferece mais de 150 vagas para Técnico-Administrativo de níveis fundamental, médio e superior.

A Universidade Federal do Rio de Janeiro (UFRJ) divulgou o edital n° 455/2017 de concurso público destinado ao preenchimento de cargos Técnico-Administrativos de níveis fundamental, médio e superior, com lotação nos câmpus do Rio de Janeiro, Macaé e Duque de Caxias.

O certame oferece 153 vagas nos cargos de: Analista de Tecnologia da Informação, Arqueólogo, Arquiteto e Urbanista, Assistente Social, Bibliotecário – Documentarista, Biomédico, Contador, Engenheiro, Farmacêutico, Fisioterapeuta, Fonoaudiólogo, Geólogo, Jornalista, Médico (diversas especialidades), Museólogo, Nutricionista, Produtor Cultural, Programador Visual, Psicólogo Clínico, Técnico Desportivo, Técnico em Assuntos Educacionais, Tecnólogo, Tecnólogo, Terapeuta Ocupacional, Administrador de Edifícios, Assistente de Alunos, Assistente em Administração, Auxiliar em Administração, Técnico de Laboratório, Técnico de Tecnologia da Informação, Técnico em Audiovisual, Técnico em Contabilidade, Técnico em Farmácia, Técnico em Mecânica, Técnico em Química, Condutor/Motorista Fluvial, Coreografo, Músico, Técnico de Laboratório e Tradutor e Intérprete de Linguagem de Sinais.

Apostilas UFRJ: AUXILIAR EM ADM - ATIVIDADES CULT. DE DIVUL. CIENTÍFICA E PUBLICAÇÕES - AUXILIAR EM ADMINISTRAÇÃO - BIBLIOTECA - ASSISTENTE DE ALUNOS - ASSISTENTE EM ADMINISTRAÇÃO

O vencimento básico varia de R$ 1.945,07 a R$ 4.180,66, o qual formará a remuneração inicial de cada cargo, quando acrescido de auxílio alimentação (R$ 458,00), auxílio pré-escolar (R$ 321,00), auxílio transporte e auxílio saúde (na forma da legislação vigente)

As inscrições serão efetuadas unicamente via página eletrônica do concurso (http://concursos.pr4.ufrj.br/), no período compreendido entre o dia 15 de agosto e 03 de setembro de 2017. A taxa de inscrição varia de um máximo de R$ 200,00 a um mínimo de R$ 50,00, de acordo com o cargo.

O concurso será constituído de prova objetiva, prova prática, de caráter eliminatório e classificatório e aferição de autodeclaração, de caráter eliminatório e classificatório; e prova de títulos, de caráter classificatório. As provas objetivas serão aplicadas em datas diferenciadas, conforme os grupos de cargos.

O prazo de validade do concurso será de um ano, contado a partir da data da publicação da homologação do resultado final no Diário Oficial da União, podendo ser prorrogado, uma única vez, por igual período, a critério da UFRJ.

Edital e eventuais retificações: https://goo.gl/MZbJxo

***

Dicas para provas UFRJ: Princípios Constitucionais, Administração Direta/Indireta

Princípios constitucionais são as principais normas que garantem o funcionamento da sociedade. Princípio, segundo dicionário, significa o início de algo, e, no caso da Constituição Federal, eles se encontram explícitos no artigo 37. Já os chamados princípios implícitos podem ser encontrados no artigo 2º da lei federal 9.784 de 29 de janeiro de 1999, que trata especificamente do funcionamento da Administração Pública.

Segundo o artigo 37 da Constituição, qualquer atitude dos Poderes, Estados e Municípios deve obedecer aos princípios de legalidade, impessoalidade, moralidade e publicidade. Esses princípios fundamentais visam construir uma sociedade livre, justa e solidária, que garanta o desenvolvimento nacional, erradique a pobreza e a marginalização, diminua as desigualdades e promova o bem de todos. Todos somos iguais perante a lei, possuímos direitos sociais à educação, saúde, alimentação, trabalho, moradia, transporte, lazer, segurança. Além desses direitos fundamentais, também existem os deveres fundamentais, como por exemplo: pagamento de impostos, obediência às normas jurídicas, votar e realização do serviço militar.

Os princípios fundamentais do Estado Brasileiro, segundo os artigos 1º a 4º, são: federativo, democrático, presidencialista, soberano, livre iniciativa, dignidade da pessoa humana e separação dos poderes. Cada área do direito possui seus princípios básicos, também previstos em constituição e segundo suas formas de atuação. Vale lembrar que, por outro lado, estão dentro dos fundamentos básicos, a existência dos três poderes, bastante conhecidos dos candidatos a concursos: Legislativo, Executivo e Judiciário. Confira um trecho dos artigos citados:

Art. 1º A República Federativa do Brasil, formada pela união indissolúvel dos Estados e Municípios e do Distrito Federal, constitui-se em Estado Democrático de Direito e tem como fundamentos:

I - a soberania;

II - a cidadania;

III - a dignidade da pessoa humana;

IV - os valores sociais do trabalho e da livre iniciativa;

V - o pluralismo político.

(...)

Art. 3º Constituem objetivos fundamentais da República Federativa do Brasil:

I - construir uma sociedade livre, justa e solidária;

II - garantir o desenvolvimento nacional;

III - erradicar a pobreza e a marginalização e reduzir as desigualdades sociais e regionais;

IV - promover o bem de todos, sem preconceitos de origem, raça, sexo, cor, idade e quaisquer outras formas de discriminação.

(...)“

Além desses princípios constitucionais, existem aqueles que se encontram implícitos, encontrados na lei federal 9.784, que são os da legalidade, finalidade, motivação, razoabilidade, proporcionalidade, moralidade, ampla defesa, contraditório, segurança jurídica, interesse público e eficiência. Estes são considerados implícitos devido à impossibilidade de sua verificação factual, porém acabam sendo amplamente aplicados, servindo como parâmetro de influência.

Cabe à administração pública, pelo Estado ou seus delegados, sob o regime do direito público, realizar a gestão dos serviços públicos e verificar sua realização, visando o bem da comunidade. A administração direta faz referência ao Estado e seus órgãos, os ministérios, abrangendo os três poderes.

Por outro lado, a administração pública indireta são as pessoas administrativas, ou seja, pessoas ou entidades jurídicas vinculadas à Administração Direta que prestam serviço público ou de interesse público; à administração indireta, segundo o artigo 4º do Decreto-Lei 200/67, é composta de: Autarquias, Empresas Públicas, Sociedades de economia mista e Funções Públicas.

Para saber mais, acesse:

Apostilas para os cargos do concurso da UFRJ

www.planalto.gov.br/ccivil_03/constituicao.htm

www.planalto.gov.br/ccivil_03/leis/L9784.htm

http://www.planalto.gov.br/ccIVIL_03/Decreto-Lei/Del0200.htm

Tópico: UFRJ