Concurso Prefeitura do Rio de Janeiro - Agente Educador

No Rio de Janeiro, está aberto edital para preencher 400 vagas de Agente Educador II (concurso Prefeitura do Rio de Janeiro). Vencimento inicial de R$ 1.350,63.

A Prefeitura Municipal do Rio de Janeiro divulgou um excelente edital (nº CVL/SUBSC/81/2019) para a área educacional! Trata-se do concurso para o provimento de 400 vagas ao cargo efetivo de Agente Educador II, integrante do Quadro Permanente de Pessoal do Município.

O concurso Prefeitura do Rio de Janeiro é uma grande oportunidade para candidatos que possuem nível médio completo.

Dentro do total de vagas anunciado, já estão contempladas as reservas para candidatos negros e índios e para candidatos com deficiência. O edital, contudo, informa que essas vagas poderão ser revertidas para o quadro de vagas regulares, caso não sejam preenchidas.

O vencimento inicial é de R$ 1.350,63 e os novos servidores irão cumprir a jornada regular do cargo, que é de 40 horas semanais. Além do vencimento, os Agentes terão direito a auxílio-transporte de R$ 178,20 e benefício alimentação.

Inscrições de 1 a 11/04

A distribuição das vagas será por Coordenadoria Regional de Educação (CRE) e as inscrições podem ser feitas de 10h do dia 01 até 23h 59min do dia 11 de abril de 2019, por meio da página oficial de concursos da Prefeitura do Rio.  O valor a ser pago pela taxa é de R$ 80,00.

Atribuições básicas

Os Agentes Educacionais irão atuar na prestação de apoio às atividades educacionais por meio de orientação, inspeção e observação da conduta dos alunos. Também terão um papel fundamental na preservação da segurança de crianças e jovens nas dependências e proximidades das unidades escolares da rede do Município. 

Provas do Concurso Prefeitura do Rio de Janeiro - Agente Educador

A avaliação dos candidatos inscritos será feita essencialmente através da aplicação de prova objetiva, que versará sobre os assuntos listados a seguir, tendo caráter eliminatório e classificatório.

A prova objetiva escrita será aplicada no dia 16 de junho de 2019, com duração máxima de três horas, tempo esse que já inclui a marcação do cartão - resposta. 

O concurso Prefeitura do Rio de Janeiro - Agente Educador terá prazo de validade de dois anos, podendo haver prorrogação por igual período. 

Outros requisitos para concorrer ao cargo de Agente Educacional

Além da escolaridade de nível médio, os candidatos precisam ser brasileiros natos ou naturalizados; estar em dia com as obrigações eleitorais e militares (sexo masculino);  ter aptidão física e mental comprovada para o cargo; atender ao estabelecido na legislação concernente à “Ficha Limpa”; e aprensentar todos os documentos que forem necessários para a posse. 

*DICAS PARA AS PROVAS: Estrutura do texto em função do modo de organização

A comunicação escrita deve ser feita com clareza, organização e precisão nas informações. Assim, independentemente do tipo textual, ou forma de organização do texto, que se queira produzir, ele deve ser subdivido em introdução, desenvolvimento e conclusão.

Na introdução, expressa-se de forma direta a ideia central do que se pretende apresentar. O desenvolvimento é composto pelas ideias, argumentações e dados que vão sustentar a posição do autor e a conclusão é o fechamento das propostas apresentadas.

Para muitos estudiosos da língua portuguesa, a conclusão é considerada a parte mais importante do texto.

Tipos textuais básicos
De maneira geral, os textos são organizados de acordo com a sua estrutura, finalidade e objetivo.

Os tipos textuais básicos são divididos em descritivo, narrativo e dissertativo.

O texto descritivo possui como a função principal informar o leitor as características do que se quer apresentar, seja uma pessoa, personagem, paisagem, um produto ou um fato. A descrição pode ser classificada como objetiva, subjetiva e sensorial.

Na descrição objetiva, há maior aproximação da realidade, destacam-se os aspectos físicos, a linguagem é clara, direta e realista, o que torna o texto mais verídico.

Já na descrição subjetiva, há ênfase nos aspectos emocionais, linguagem simbólica e metafórica, expressa-se o sentimento do autor, enquanto na descrição sensorial, o destaque é para os cinco sentidos, provocando no leitor as sensações visuais, auditivas, gustativas, olfativas ou táteis.

A narração é caracterizada pelo relato dos acontecimentos e seus principais elementos são o enredo (fatos relatados); os personagens; o espaço (ambiente onde se desenrola a ação) e o tempo, que é a época em que se passaram os fatos.

No texto narrativo, os discursos podem ser diretos, quando há diálogo e o narrador coloca os personagens para falar, ou indireto, quando o narrador transmite ao leitor o que os personagens falaram ou pensaram.

Dissertação e argumentação
O texto dissertativo caracteriza-se pela exposição, interpretação e explicação de uma ideia ou um tema.

A estrutura ideal desse tipo textual envolve a identificação do tema; delimitação a ser abordada; introdução, desenvolvimento e conclusão. É nesse fechamento que se apresenta uma solução ou sugere-se uma nova tese baseada na fundamentação utilizada.

Quando se tratar de temas amplos, é necessário especificar os pontos a serem abordados.

Na modalidade de texto dissertativo-argumentativo, as principais características são a defesa de um ponto de vista, apresentação de um raciocínio ou o questionamento de uma realidade apresentada.

O Autor baseia sua argumentação nas informações ou dados apresentados.

Os tipos mais comuns de argumentos utilizados são: argumento de autoridade, em que o autor se baseia no conhecimento de um especialista; argumentação de consenso; comprovação pela experiência ou observação e fundamentação lógica.

INJUNÇÃO
O texto injuntivo ou instrumental é direto, impositivo e está relacionado a explicação ou método para a realização de alguma atividade.

Um dos recursos linguísticos utilizados nessa modalidade de texto é o uso de verbo no imperativo de modo a identificar uma determinação. O texto injuntivo é bastante utilizado em bulas de medicamentos, manuais de instruções e em propagandas.

Saiba mais - Apostila - AGENTE EDUCADOR II - Prefeitura do Rio de Janeiro 2019

Compartilhe

Concursos por E-mail
Assine nosso boletim para receber Concursos em Rio de Janeiro diretamente no seu e-mail
Concursos RelacionadosVagas
CREMERJNíveis Médio e Superior21
IBGEAnalista censitário400
Prefeitura do Rio de JaneiroTodos os níveis de escolaridade58
UNIRIONíveis Médio e Superior39
2º Batalhão FerroviárioNíveis Médio e Superior4
CAIXAEstagiárioVárias
Prefeitura de ItaperunaTodos os níveis de escolaridade374
Prefeitura de Rio BonitoTodos os níveis de escolaridade139
Prefeitura de Rio de JaneiroEstagiário40
Prefeitura do Rio de JaneiroNível Superior109
Veja todos » Concursos Abertos