Concurso Polícia Civil - RR está cancelado

Em Roraima, está cancelado o edital do concurso Polícia Civil - RR nº 1 – PCRR/SEGAD/2018. Oferta era de 330 vagas de níveis médio e superior na corporação.

Está cancelado, por meio do decreto nº 26.561-E/2019, o concurso da Polícia Civil do Estado de Roraima (concurso Polícia Civil - RR). Entre os motivos expostos no documento estão: o estado de calamidade no âmbito da gestão financeira do Estado e a ausência de "estudo de impacto orçamentário e financeiro que antecede o certame". A informação consta do DOE-RR de 13 de fevereiro de 2019.

O concurso era regido pelo edital nº 1 – PCRR/SEGAD/2018, e iria preencher vagas nas carreiras de Delegado de Polícia Classe Substítuta, Médico Legista, Odonto-Legista, Perito Criminal (várias especialidades), Escrivão, Agente, Perito Papiloscopista, Auxiliar de Perito Criminal e Auxiliar de Necrópsia.

A oferta seria de 330 vagas nos cargos já mencionados, observado o quantitativo de vagas para ampla concorrência, bem como o quantitativo das vagas reservadas aos candidatos com deficiência.

Requisitos e subsídios

Para concorrer ao cargo de Delegado de Polícia Classe Substituta, seria necessário, segundo o edital: ser brasileiro; ter, no mínimo, 18 anos; estar quite com as obrigações militares e eleitorais; não possuir antecedentes criminais; possuir habilitação legal para a condução de veículos automotores (habilitação categoria B ou superior) e curso de Bacharelado em Direito, em escola oficial ou reconhecida.

O subsídio para Delegado seria de R$ 18.387,42, acrescido de auxílio alimentação no valor de R$ 500,00 e bolsa formação de R$ 5.516,22.

Para disputar as vagas de Médico Legista de Polícia Civil, além dos requisitos básicos, seria preciso ter curso superior de medicina. O subsídio seria de R$ 11.622,68, acrescido de auxílio alimentação no valor de R$ 500,00 e bolsa formação de R$ 3.486,80.

Os interessados no cargo de Odonto-Legista de Polícia Civil deveriam possuir curso de Odontologia. O subsídio seria de R$ 11.622,68, mais adicionais (auxílio alimentação e bolsa formação).

O cargo de Perito Criminal de Polícia Civil tem como requisito de escolaridade o curso superior, observadas as seguintes especialidades: Farmácia, Química, Física, Engenharia (Civil, Elétrica, Eletrônica, Química, Mecânica e Florestal), Ciências Contábeis, Geologia e Computação Científica ou Análise de Sistema. O subsídio oferecido seria de R$ 11.622,68, acrescido dos mesmo benefícios anteriormente citados.

Para Escrivão de Polícia Civil, Agente de Polícia Civil e Papiloscopista de Polícia Civil, entre outros requisitos, é necessário ter curso superior completo em nível de graduação, em qualquer área de formação. O subsídio seria de R$ 4.552,75, mais os benefícios (auxílio alimentação de R$ 500,00 e bolsa formação de R$ 1.365,82).

Os cargos de Auxiliar de Perito Criminal e Auxiliar de Necropsia exigem ensino médio completo e ofereciam subsídio de R$ 3.035,16, acrescido de auxílio alimentação de R$ 500,00 e R$ 910,54 de bolsa formação.

Inscrições e taxas

Com taxa entre R$ 120,00 e R$ 260,00, as inscrições seriam feitas no site da Fundação VUNESP (www.vunesp.com.br). Os candidatos receberão de volta o valor gasto com a taxa de inscrição.

Provas concurso Polícia Civil RR

A seleção para as carreiras da PCRR compreenderia duas fases:

A primeira teria as seguintes etapas: provas objetivas para todos, de conhecimentos gerais e conhecimentos específicos; prova discursiva, de conhecimentos específicos, para a carreira de Delegado de Polícia; prova discursiva, de conhecimentos gerais (PROVA DE REDAÇÃO), para as carreiras de Médico Legista, Odonto-Legista, Perito Criminal, Escrivão de Polícia Civil, Agente de Polícia Civil e Perito Papiloscopista; avaliação psicológica para todas as carreiras; exames médicos para todas as carreiras; prova de capacidade física, para as carreiras de Delegado e Agente de Polícia Civil; prova oral, para a carreira de Delegado; prova de títulos, para as carreiras de Delegado, Médico Legista, Odonto-Legista, Perito Criminal; investigação relativa aos aspectos moral e social, para todas as carreiras.

A segunda fase do concurso público consistiria de: Curso de Formação Profissional, ministrado pela Escola de Polícia Civil, com duração de seis meses e carga horária mínima de 960 horas/aula.

O policial civil seria lotado na capital e no interior do Estado de Roraima, sendo o preenchimento das vagas efetuado rigorosamente pela classificação final do concurso.

O prazo de validade do concurso esgotar‐se‐ia após dois anos, contados a partir da homologação do resultado final da primeira turma do curso de formação.

Edital / Publicações

Compartilhe

Concursos por E-mail
Assine nosso boletim para receber Concursos Roraima diretamente no seu e-mail
Concursos RelacionadosVagas
CaixaEstagiárioVárias
Veja todos » Concursos Abertos