DPU - RS abre vaga para estagiários em Uruguaiana

DPU oferta vagas para estudantes de Direito, para atuar em estágio remunerado na Defensoria Pública da União no Rio Grande do Sul, em Uruguaiana.

A Defensoria Pública da União em Uruguaiana, no Estado do Rio Grande do Sul, publicou o edital de nº 01/2018, referente ao seu processo seletivo para estágio. O Centro de Integração Empresa Escola do Rio Grande do Sul (CIEE - RS) é o responsável pela seleção.

Vagas

As oportunidades são para formação de cadastro reserva para estagiários de nível superior do curso de Direito. Há vagas para os turnos matutino e vespertino.

Poderão participar deste processo seletivo os alunos regularmente inscritos em uma instituição de ensino superior, desde que estejam, no mínimo, no quarto semestre do curso e, no máximo, no oitavo semestre.

A vigência do estágio será pelo período mínimo de seis meses, podendo ser prorrogado por igual prazo.

O valor da bolsa auxílio será de R$ 800,00 e a jornada de estágio será de quatro horas diárias. Além da bolsa, há o auxílio transporte, no valor de R$ 8,00 por dia efetivamente estagiado.

Os requisitos para ingresso na DPU são:

  • Ter sido aprovado no processo seletivo;
  • Estar em dia com as obrigações eleitorais e militares, para os candidatos do sexo masculino;
  • Demonstrar aptidão física para a realização do estágio, mediante apresentação de atestado médico;
  • Apresentar declaração de que não é servidor titular de cargo ou função pública em qualquer esfera de governo;
  • Não estiver realizando outro estágio.

Inscrições

As inscrições já estão abertas e poderão ser realizadas até o dia 26 de outubro de 2018, em dias úteis, das 09 às 17 horas, na Sede da Defensoria Pública da União em Uruguaiana - RS, localizada na Rua Santana, nº 2288, no centro do município.

Provas

O processo seletivo DPU será composto por prova objetiva e por prova discursiva, a serem realizadas na data provável de 29 de outubro de 2018, às 13h30 e por entrevista. O tempo total para realização desta prova será de três horas, sendo que os candidatos deverão chegar ao local de prova com 15 minutos de antecedência, portando documento de identidade com foto e caneta esferográfica azul ou preta.

A prova objetiva valerá 20 pontos e será composta por 10 questões, cada uma delas valendo 2 pontos. A prova discursiva será composta por uma redação, que deverá ter entre 25 de 30 linhas, valendo 60 pontos.

Na prova objetiva, serão cobrados os seguintes conteúdos:

  • Direito Constitucional;
  • Direito Administrativo;
  • Processo Civil;
  • Direito Civil;
  • Direito Penal;
  • Direito Processual Penal;
  • Direito da Seguridade Social;
  • Organização, Funcionamento e Atribuições da Defensoria Pública da União e prerrogativas de seus membros.

O tema da redação será: “saúde pública e o direito à saúde na Constituição Federal (arts. 196 a 200) e a importância da Defensoria Pública na proteção e promoção de tal direito no atual contexto social do Brasil”.

A entrevista valerá 20 pontos, sendo convocados os classificados nas primeiras cinco posições, considerando a nota das provas objetivas e discursivas. Nesta etapa serão avaliados, além do conhecimento jurídico, a capacidade de expressão e uso do vernáculo, de argumentação, a clareza, a objetividade e a coerência na exposição de ideias.

Validade

Este processo seletivo terá a validade de seis meses, podendo ser prorrogado uma vez por igual período.

Edital

Para mais informações sobre o processo seletivo DPU consulte o edital disponibilizado no site do CIEE - RS.

Compartilhe