Prefeitura de Santa Cruz do Sul - RS lança novo edital de seletivo

No Rio Grande do Sul, Prefeitura de Santa Cruz do Sul, abre 12 vagas para a função de Monitor Social. Vencimentos são de R$ 2.545,14, mais benefícios.

A Prefeitura de Santa Cruz do Sul, no estado do Rio Grande do Sul, através da Secretaria Municipal de Administração e Transparência, lançou o novo edital n° 032/2018 de processo seletivo, visando contratar 12 novos profissionais de nível médio.

As vagas ofertadas pelo seletivo são para a função de Monitor Social, e o vencimento será de R$ 2.545,14, mais Auxílio Alimentação de R$ 515,00.

As inscrições, de forma gratuita, serão realizadas exclusivamente no Protocolo Geral do Departamento de Gestão de Pessoas - Secretaria Municipal de Administração e Transparência, sito à Rua Borges de Medeiros, nº 650, 2º Andar, durante o horário das 08:00hs às 14:00hs, até o dia 09 de novembro de 2018.

A seleção dos candidatos será realizada mediante Prova de Títulos, de caráter classificatório, de acordo com critérios de avaliação definidos neste seletivo.

A divulgação oficial de todas as informações referentes ao Processo Seletivo Simplificado, em todas as suas fases, será feita mediante publicação na internet, no site oficial do Município (www.santacruz.rs.gov.br) e no Mural do Departamento de Recursos Humanos, localizado na Rua Borges de Medeiros, 650, 2º Andar.

O seletivo terá validade pelo período de 12 meses, a contar da data de homologação assinada pelo Secretário Municipal de Administração e Transparência.

Atribuições do Cargo Monitor Social
Descrição Sintética: Desenvolver atividades voltadas ao atendimento de crianças, adolescentes, adultos e idosos em situação de risco social; acompanhar e organizar a rotina de funcionamento dos abrigos, albergues e demais programas sociais do Município; orientar e auxiliar na alimentação, higiene pessoal e do ambiente, propiciando o desenvolvimento sócio-cultural da criança, adolescente, adulto ou idoso; acompanhar e responsabilizar-se pelo abrigado nas internações hospitalares locais e fora do município.
Descrição Analítica: Prestar atendimento a crianças, adolescentes, adultos e idosos em situação de risco social, encaminhados pelo Conselho Tutelar, Poder Judiciário e demais órgão competentes; organizar e fiscalizar as atividades de rotina; monitorar atividades e horários dos albergues e abrigos; orientar e auxiliar na alimentação, higiene pessoal e do ambiente; acompanhar e orientar nas tarefas escolares; acompanhar as crianças, adolescentes, adultos e idosos em deslocamentos para atendimento nas áreas de saúde, educação e comparecimentos solicitados pelo Poder Judiciário; acompanhar e proporcionar atividades sócio-educativas, recreativas, laborais, artísticas e culturais; acompanhar e auxiliar nas visitas às famílias e instituições; manter registros das pessoas atendidas e ocorrências; elaborar relatórios; efetuar controle de estoque de materiais de consumo, higiene e gêneros alimentícios; elaborar pedidos de compras; acompanhar e responsabilizar-se pelo abrigado nas internações hospitalares locais e fora do município; dirigir veículos de propriedade do Município exclusivamente no exercício de atividades inerentes à sua função, em conformidade com o Código de Trânsito Brasileiro; executar outras tarefas afins.

Compartilhe