Processo seletivo COINPEL - RS abre cinco vagas imediatas

O processo seletivo COINPEL (Companhia de Informática de Pelotas) oferece remuneração de R$ 2.441,00. Os candidatos serão selecionados por análise curricular.

Processo seletivo COINPEL: mulher mexendo com programação num computador

Confira todos os detalhes. - Foto: Pexels

A Companhia de Informática de Pelotas - COINPEL abriu o edital nº 113/2020 para nível superior. O processo seletivo COINPEL, no estado do Rio Grande do Sul, prevê cinco vagas de contratação imediata mais formação de cadastro reserva.

Detalhes da oferta

As vagas do processo seletivo COINPEL de Pelotas são para Analista de Tecnologia da Informação. Está sendo oferecida remuneração mensal de R$ 2.441,00 para jornadas de 40 horas semanais de trabalho. O cargo exige ensino superior em uma das seguintes áreas de atuação:

  • Tecnologia como Análise e Desenvolvimento de Sistemas;
  • Ciências da Computação;
  • Engenharia da Computação;
  • Engenharia de Software;
  • Sistemas de Informação;
  • Sistemas para Internet;
  • Tecnologia em Redes de Computadores.

Inscrição no processo seletivo COINPEL de Pelotas

Para se inscrever no processo seletivo COINPEL de Pelotas, os candidatos devem acessar o site da Prefeitura, baixar o edital e indicar que está ciente do que consta no documento. O período para inscrições vai de 16 até 20 de junho de 2020. Após preencher os dados solicitados, o inscrito deverá anexar o currículo e seus comprovantes em formato PDF.

Como será feita a seleção?

Os candidatos do processo seletivo COINPEL de Pelotas serão submetidos à análise curricular. Sendo assim, a pontuação será dada considerando:

  • Experiência profissional como Administrador de Redes ou Desenvolvedor de Sistemas: 10 pontos por cada seis meses de trabalho ininterruptos, no máximo 40 pontos;
  • Experiência na área de gestão de projetos: 10 pontos por cada seis meses de trabalho ininterruptos, no máximo 20 pontos;
  • Curso concluído de Pós-Graduação na área de Tecnologia da Informação/Gestão de Projetos, nos últimos cinco anos: 20 pontos;
  • Curso concluído de extensão nos últimos cinco anos, com carga horária mínima de 120 horas na área de Tecnologia da Informação: 10 pontos;
  • Cursos rápidos na área de Tecnologia da Informação, nos últimos cinco anos, concluídos com carga horária mínima de 50 horas: 5 pontos por curso, no máximo 10 pontos.

No caso de empate, será escolhido o candidato com maior tempo de experiência profissional como Administrador de Redes ou Desenvolvedor de Sistemas. Se ainda assim a somatória de pontos for igual, a preferência será de quem for mais experiente na área de gestão de projetos.

Compartilhe

Concursos por E-mail
Assine nosso boletim para receber Concursos em Pelotas diretamente no seu e-mail