Prefeitura de Vargem Bonita - SC divulga novo processo seletivo

Ofertadas duas vagas para Psicólogo na Prefeitura de Vargem Bonita, com remuneração de R$ 3.004,37.

Em Santa Catarina, a Prefeitura de Vargem Bonita divulgou o edital de processo seletivo n.º 007/2018, objetivando o preenchimento de 2 (duas) vagas para o cargo de Psicólogo cuja jornada de trabalho semanal é de 20 horas semanais, fazendo jus a remuneração de R$ 3.004,37.

As inscrições serão recebidas do dia 15 a 19 de outubro, das 8h às 12h, no setor de Administração e Finanças da Prefeitura de Vargem Bonita, devendo o servidor responsável proceder ao devido protocolo e autuação ou, através do e-mail: [email protected] devendo o candidato enviar obrigatoriamente por SEDEX, no endereço Prefeitura de Vargem Bonita, situada à Rua Coronel Vitório, 966, Centro, Vargem Bonita, CEP: 89.675-000, cópia de todos os documentos solicitados, devidamente rubricadas.

No ato da inscrição o candidato deverá informar dados pessoais e fornecer cópias devidamente rubricadas dos documentos a seguir:

- Carteira de Identidade;
- CPF;
- Comprovante de habilitação do Conselho Regional de Psicologia para o cargo de Psicóloga;
- Título de Eleitor e comprovante da última votação;
- Certificado de reservista para os candidatos do sexo masculino;
- Curriculum Vitae documentado com todas as folhas rubricadas;
- Cópia autenticada dos certificados dos cursos específicos para o cargo de interesse;
- Comprovante de endereço/telefone para contato.

O processo seletivo dar-se-á mediante somatório de pontos da contagem de títulos e da experiência comprovada, cujo resultado será publicado oficialmente em 23 de outubro de 2018, no site da Prefeitura Municipal de Vargem Bonita e no DOM – Diário Oficial dos Municípios.

Atribuições do cargo:
Atendimento individual a crianças, adolescentes, adultos e 3ª idade, incluindo psicoterapia e orientação psicológica nos casos cabíveis; Atendimento a casais e família quando necessário; Atendimento com psicoterapia de casal, família e em grupo; elaborar e executar eventuais programas de saúde interdisciplinares (alcoolismo, saúde mental, saúde da mulher, OST/AIDS); realizar palestras junto às comunidades e outros segmentos, tais como: 3ª idade, pastoral da saúde, escolas, etc.; dar orientação e cursos para diversos setores da Secretaria da Saúde; fazer acompanhamento de pacientes terminais em seu domicílio e no hospital, quando necessário; atendimento emergencial a pacientes que tentaram suicídio ou com distúrbios graves; atendimento a crianças com problemas emocionais, psicomotores e pedagógicos; executar outros atendimentos pertinentes ao cargo.

Compartilhe