Concurso TRT 20ª Região - SE

Tribunal Regional do Trabalho da 20ª Região abre várias vagas para cargos de níveis médio, técnico e superior, com salário de até R$ 9.736,27.

O Tribunal Regional do Trabalho da 20ª Região, em Sergipe, divulgou o edital n° 03/2016 de prorrogação das inscrições do concurso público n° 01/2016. As inscrições seguem abertas até às 14h do dia 28 de outubro de 2016, com pagamento do valor de R$ 90,00 ou R$ 110,00.

Os interessados devem acessar o site da FCC (http://www.concursosfcc.com.br/concursos/trt20116/index.html). O objetivo deste certame é preencher sete vagas e formar cadastro de reserva para os cargos de Técnico Judiciário e Analista Judiciário, de níveis médio e superior, respectivamente.

O concurso está sob a responsabilidade da Fundação Carlos Chagas, que aplicará provas objetivas e discursivas (estudo de caso ou redação) para todos os candidatos. A remuneração inicial dos que forem efetivados será de R$ 5.934,16 ou R$ 9.736,27, conforme o cargo, porém, para Analista Judiciário - Oficial de Justiça Avaliador Federal será acrescida gratificação.

Para Analista Judiciário, há chances nas áreas Administrativa - superior em qualquer área, Judiciária - Direito, Judiciária - especialidades de Oficial de Justiça Avaliador Federal e Contabilidade, Apoio Especializado - especialidades de Estatística, Comunicação Social, Enfermagem, Engenharia Civil, Fisioterapia, Medicina do Trabalho e Odontologia. Os interessados pelas vagas de Técnico Judicário, por sua vez, terão oportunidades nas áreas Administrativa, Apoio Especializado – especialidade Enfermagem e Apoio Especializado – especialidade Tecnologia da Informação.

As  provas objetivas e discursivas estão previstas para o dia 04 de dezembro de 2016, na cidade de Aracaju, pela manhã para Técnicos Judiciários e à tarde para Analistas.

O concurso terá validade de dois anos, passível de prorrogação. Edital e atualizações: http://www.concursosfcc.com.br/concursos/trt20116/index.html

Dicas de Informática para provas do TRT 20: Internet Explorer 11, Google Chrome e Firefox

Para utilizar-se da internet, necessitamos escolher um navegador, também conhecido como browser. Há muitos browsers disponíveis no mercado (e são gratuitos!), como o Internet Explores, Google Chrome, Firefox e Safari, cada um com suas particularidades. Entretanto, há muitas aplicações padrões que fazem os navegadores serem fáceis de usar.

O primeiro processo é instalar o navegador de sua preferência e iniciar a utilização. Os navegadores são responsáveis em exibir todo conteúdo da página buscada, desde vídeos, imagens e arquivos. Por isso que, muitas vezes, necessita-se instalar os plug-ins, que desempenham funções adicionais que permitem a exibição desses elementos por meio dos programas Java ou Flash.

Aliás, é possível que, dependendo do sistema operacional que você instale ou atualize, o navegador já esteja incluso, como é o caso do Windows da Microsoft que já vem a Internet Explorer (IE). O mesmo ocorre com todos os demais sistemas operacionais: no Android, por exemplo, o Chrome é pré-instalado (afinal, é um sistema operacional do Google); nas distribuições Linux, tanto pode vir pré-instalado o Firefox, quanto o outro browser nativo do Linux. No Windows Fone, o IE para dispositivos móveis e nos dispositivos da Apple, vem o Safari. E assim por diante.

Principais componentes de um navegador

O que os navegadores têm em comum são as suas configurações para facilitar o alcance do usuário. Os componentes são:

  • Barra de título;
  • Barra de navegação;
  • Barra de comandos;
  • Aba ou guia;
  • Barra de Menu;
  • Área de visualização;
  • Barra de Status;

Os navegadores também têm botões específicos que melhoram a experiência do usuário. São eles: botão voltar (retorna para a página anterior), botão avançar (retorna àquela página que estávamos antes de clicar no botão voltar, por exemplo), botão parar (interrompe o download), botão atualizar (atualiza a página, principalmente se está demorando ou ocorreu erro), botão página inicial (você pode configurar qual seria a sua página de início, quando abre o navegador), botão pesquisar (permite buscar termos no conteúdo ou na web), botão favoritos (em que suas páginas favoritas foram gravadas).

Navegadores populares

Sabe-se que o Google Chrome, atualmente, é o navegador mais utilizado no Brasil e no mundo, conforme os seguintes dados numéricos*.

Mundo:

  • Google Chrome: 44,87%
  • Safari (Apple): 13,06%
  • Internet Explorer: 11,24%

Brasil

  • Google Chrome: 70,39%
  • Internet Explorer: 15,6%
  • Firefox: 10,91%

Com uma linguagem simples e design muito simplificado, ele garante que o usuário tenha uma experiência muito mais prática e ágil. Enquanto nos outros navegadores é necessário configurar a página para evitar as janelas pop-ups e aumentar a privacidade, no Google Chrome é possível acoplar certos aplicativos no navegador para fornecer as mesmas seguranças.

Em todos os navegadores, você pode configura-los da forma que preferir, basta seguir os seguintes comandos:

  • Vá na barra de ferramentas do navegador;
  • Escolha “opções” ou “configurações”;
  • Vá para as “configurações avançadas”;
  • Vá para a seção “privacidade”.

Assim, você pode definir o que quiser, configurando o uso e a privacidade das suas ações na internet e nos sites que visita. Até o modo anônimo é permitido: só ir no Menu e selecionar janela anônima.

Aliás, para que as aplicações na web sejam rápidas e não sejam corrompidas, uma dica valiosa é excluir os cookies e histórico de vez em quando para limpar o cachê e todos os sites visitados. Assim, o navegador não fica sobrecarregado e a probabilidade de ocorrer invasões de vírus e malwares, por exemplo.

* Site "Techtudo" (http://www.techtudo.com.br/listas/noticia/2016/01/os-navegadores-de-internet-mais-usados-no-brasil-e-no-mundo.html)

Compartilhe

Concursos por E-mail
Assine nosso boletim para receber Concursos TRT diretamente no seu e-mail
Concursos RelacionadosVagas
Prefeitura de CumbeTodos os níveis de escolaridade34
Veja todos » Concursos Abertos