Expandir Menu PrincipalPesquisarPor Estado

Concurso CPTM

Concurso da Companhia Paulista de Trens Metropolitanos (CPTM) realiza concurso com vagas para cargos de níveis fundamental e médio/profissionalizante.

Publicado em Comunicar erro

Prosseguem abertas as inscrições referentes ao concurso público da Companhia Paulista de Trens Metropolitanos - CPTM. O edital oficial disponibilizaa oito vagas efetivas e cadastro reserva, nos cargos de Agente de conservação de via​, ​Agente de manutenção civil, ​Agente de manutenção metalúrgico, ​Agente de serviços de operação, ​Oficial de manutenção elétrica (eletricista), ​Oficial de manutenção mecânica (mecânico) e ​Técnico de Manutenção, Projetos e Obras (modalidade: edificações ou construção civil).

Este concurso é regido pelo edital n° 03/2017 e essas oportunidades poderão ser disputadas por candidatos de níveis fundamental e médio/profissionalizante. Os aprovados e convocados atuarão em regime de trabalho de 40 horas, com salário inicial entre R$ 1.802,90 e R$ 4.037,71. Após a efetivação, os profissionais receberão entre R$ 1.866,04 e R$ 4.179,02.

Apostilas CPTM: Agente de Conservação de Via - Agente de Manutenção Civil/Agente de Manutenção Metalúrgico/Agente de Serviços de Operação/Oficial de Manutenção Elétrica/Oficial de Manutenção Mecânica

Inscrições

As participações devem ser confirmadas exclusivamente via site da RBO (www.rboconcursos.com.br) até 18 de agosto de 2017. Os valores cobrados como taxa de inscrição são os seguintes:

  • Nível fundamental: R$ 14,80;
  • Nível médio: R$ 15,70.

Provas

De acordo com o edital, o certame consistirá de: prova de conhecimentos teóricos (todos os cargos); prova prática (Oficial de Manutenção Elétrica-Eletricista; Oficial de Manutenção Mecânica-Mecânico; Agente de Manutenção Civil Pedreiro, Agente de Manutenção Metalúrgico-Soldador); avaliação de perfil profissional; e avaliação médica.

A previsão é de que as provas de conhecimentos teóricos sejam aplicadas no dia 10 de setembro de 2017, em locais e horários informados posteriormente.

Validade

A validade do concurso será de dois anos, a contar da data da publicação do edital de abertura de inscrições, no Diário Oficial do Estado, podendo ser prorrogado por igual período, a critério da CPTM.

Edital e demais atualizações: http://www.rboconcursos.com.br/informacoes.php?c=266

***

Dicas de Matemática para as provas CPTM (cargos de nível médio): Números inteiros, Números decimais, Frações e Porcentagem 

A diferença que existe entre números inteiros e números decimais está no próprio de numeração: o número inteiro contabiliza a quantidade, podendo ser contado em forma de classe ou de ordem, como por exemplo:

  • Classe: 856 unidades
  • Ordem: 8 centenas, 5 dezenas e 6 unidades

Já os números decimais são aqueles que estão separados por vírgulas, como em 6,14. Geralmente, para representar um número decimal, utiliza-se a fração que, na maioria das vezes, tem como denominador comum a potência de 10, como em 127/100 (1,27). Assim, o número inteiro pode ser dividido em uma fração ou número decimal (1/2 = 0,5).

A porcentagem, por outro lado, tem uma razão a/b na qual b é igual a 100. O objetivo dessa operação matemática é utilizar a proporção direta para comparar. Por exemplo:

Quanto é 60% de 500?

60/100 = x/500

Fazendo a operação cruzada, se dá: R$ 300,00

Regra de Três Simples e Composta

A melhor forma de entender a regra de três é pela seguinte explicação: usa-se a regra de três para solucionar problemas que possuem grandezas inversamente ou diretamente proporcionais. Por exemplo, a regra de três ajuda a descobrir um quarto número se você já obtiver três deles:

  • Para se construir uma parede de 25m² são necessários 2 pedreiros. Quantos pedreiros serão necessários para construir uma parede de 150m²?

O primeiro passo é separar as grandezas:

25 2

150 X

25x = 300

X = 300/25

X = 12 trabalhadores

Isso seria a regra de três simples. A regra de três composta é aquela que possui mais de três números. Observe o exemplo:

Em 8 horas, 20 caminhões descarregam 160m³ de areia. Em 5 horas, quantos caminhões serão necessários para descarregar 125m3?

8 20 160

5 X 125

Percebe-se que, a partir do momento que aumentamos a hora de trabalho, tende-se a diminuir os caminhões, certo? E se diminuirmos os caminhões, diminui-se também o volume, logo, as duas últimas colunas (de caminhões e de volume) são diretamente proporcionais. Veja como seria o cálculo:

20/x = 160/125 * 5/8 (inversamente proporcional)

X = 5*20/4 = 25 caminhões

Confira todas as Apostilas para os cargos da CPTM aqui

Concursos RelacionadosVagas
CAIXAEstagiárioVárias
HCFMUSP - Hospital das Clínicas da Fac. de Medicina da USPTécnico em enfermagem125
IPRESB - BarueriNíveis Médio e Superior14
PetrobrasNíveis Médio e Superior954
Prefeitura de São José dos Campos Nível Superior48
AMAZUL - Amazônia Azul Tecnologias de DefesaNível Superior5
Câmara de AltinópolisNíveis Médio e Superior2
Câmara de AraraquaraNíveis Médio e Superior2
Câmara de BarretosAdvogado1
Câmara de Estrela d'OesteNíveis Fundamental e Médio4
Veja todos » Concursos Abertos