Expandir Menu PrincipalPesquisarPor Estado

Prefeitura de Itaquaquecetuba - SP abre concurso público

Há mais de 190 oportunidades para cargos de nível fundamental e superior e os salários são de até R$ 2.475,25.

Publicado em Comunicar erro

Foi divulgado edital de concurso público n° 01/2017, para provimento de cargos vagos e formação de cadastro reserva pertencentes ao quadro de funcionários da Prefeitura Municipal de Itaquaquecetuba, no estado de São Paulo, sob a responsabilidade do Instituto Zambini.

São 193 vagas imediatas distribuídas para os cargos de Auxiliar de Sala Especial, Auxiliar de Creche, Motorista, Professor Titular de Áreas Específicas – Artes, Professor Titular de Áreas Específicas – Educação Física, Professor Titular de Educação Infantil, Professor Titular de Educação Especial e Professor Titular de Ensino Fundamental. Os salários podem chegar até R$ 2.475,25 em jornadas semanais de 24 a 40 horas.

Apostilas para os cargos da Prefeitura de Itaquaquecetuba - SP

As inscrições podem ser efetuadas até 05 de maio de 2017 pelo site do Instituto (www.zambini.org.br), ou por meio do Posto de Inscrição situado no Município de Itaquaquecetuba, na Escola Municipal Benedito Vieira da Mota, situada na Rua R. MMDC, 92 - Centro. As taxas variam de R$ 45,90 a R$ 90,00, de acordo com o cargo escolhido.

As provas objetivas e dissertativas serão aplicadas no município de Itaquaquecetuba, na data prevista de 04 de junho de 2017, em locais e horários a serem divulgados na semana que antecede a data de sua aplicação. Também haverá prova de títulos (professores) e prova prática (Motorista).

O prazo de validade do concurso será de dois anos, contado da data de homologação dos resultados, prorrogável por igual período, a critério da Prefeitura.

Edital e suas atualizações: http://www.zambini.org.br/ver-concurso/276/edital-publicacao/concurso-publico-n-012017-da-prefeitura-municipal-de-itaquaquecetuba/

***

Dicas para as provas de Itaquaquecetuba - SP: Artigo 5º da Constituição Federal

O artigo 5º da Constituição Federal será assunto cobrado em algumas provas do concurso de Itaquaquecetuba. No referido texto constitucional, de início, é dito que “todos são iguais perante a lei, sem distinção de qualquer natureza, garantindo-se aos brasileiros e aos estrangeiros residentes no país a inviolabilidade do direito à vida, à liberdade, à igualdade, à segurança e à propriedade”. Essa garantia, por si só, possibilita ao brasileiro a boa convivência no seu próprio país, sem ser vítima de  julgamentos prévios, em razão de sua crença, raça ou sexo.

Ainda tratando de igualdade, vale lembrar que os primeiros incisos deixam claro os aspectos ligados à igualdade entre homens em mulheres, bem como a proibição de qualquer tipo de tratamento que possa denegrir uma pessoa, tal como a tortura. Além disso, e como já foi reforçado antes, esses incisos reafirmam que cada um é livre para pensar e ter a crença que quiser, uma vez que é assegurada a segurança de cada indivíduo.

O artigo estabelece também a não violação da intimidade e da vida privada das pessoas, o que pode ocasionar em indenização e processos quando esse direito for violado. O mesmo vale para quem tem a sua casa violada sem consentimento ou quem tem as correspondências abertas sem autorização.

O inciso XXXII determina que o Estado deve ser responsável em criar a defesa do consumidor, de modo a garantir que o indivíduo tenha seus direitos assegurados. Como sabemos, o que hoje conhecemos como Código de Defesa do Consumidor tem aí suas origens.

O Estado, por meio da lei, deve punir qualquer tipo de discriminação que afete os direitos dos indivíduos. Quando aborda o racismo, o inciso XLII desse artigo prevê que “a prática do racismo constitui crime inafiançável e imprescritível, sujeito à pena de reclusão, nos termos da lei”. Aliás, em relação aos crimes inafiançáveis, a tortura, tráfico ilícito de drogas, terrorismo e crimes hediondos também estão relacionados.

Percebe-se que hoje em dia há muitos crimes que invadem a privacidade e a dignidade do ser humano. Não é à toa que muitos casos permanecem na Justiça, tramitando há anos...

No inciso XLVII, é definido que não haverá penas de morte no Brasil, penas de caráter perpétuo, de trabalhos forçados, de banimento e/ou cruéis. E ainda se ressalta que, no inciso XLIX, “é assegurado aos presos o respeito à integridade física e moral”. Sabe-se, contudo, que a teoria não corresponde à pratica. O regime carcerário brasileiro não é exemplo para o mundo...

O artigo 5º detalha ainda que o preso “será informado de seus direitos, entre os quais o de permanecer calado, sendo-lhe assegurada a assistência da família e de advogado” (inciso LXIII).

Saiba mais: Apostilas para os cargos da Prefeitura de Itaquaquecetuba - SP

Concursos RelacionadosVagas
FUST - Fundação Universitária de TaubatéNível Médio656
IBGE: Censo Agropecuário (24.984 vagas)Níveis Fundamental e Médio24.984
Prefeitura de Embu das ArtesGuarda civil municipal50
Prefeitura de OsascoNíveis Médio e Superior1.271
SAP/SP - Secretaria da Administração Penitenciária de São PauloAgente penitenciário934
SAP/SP - Secretaria da Administração Penitenciária de São PauloAgente penitenciário100
Câmara de Mogi GuaçuTodos os níveis de escolaridade11
Câmara de SumaréTodos os níveis de escolaridade17
Câmara de Taboão da SerraTodos os níveis de escolaridade25
Câmara Municipal de SilveirasServente1
Veja todos » Concursos Abertos