Concurso TJ SP 2021: edital até junho pela VUNESP

Concurso TJ SP 2021 irá preencher diversas vagas para o cargo de Escrevente Técnico Judiciário, com remuneração chegando a mais de R$ 4 mil.

O Tribunal de Justiça de São Paulo deverá realizar um novo concurso público para o cargo de Escrevente Técnico Judiciário em 2021. Para tanto, representantes do órgão entraram em contato com a Fundação Vunesp para a realização do concurso TJ SP. A informação foi confirmada pelo presidente da Casa, o desembargador Geraldo Franco.

Ainda em abril, ele informou que as medidas para o lançamento de um novo edital já estavam em andamento. A expectativa é que o documento seja publicado até junho de 2021 e que as vagas sejam para as 1ª e 4ª regiões administrativas, que compreendem a capital São Paulo, Campinas e diversos outros municípios.

Ainda não há informações sobre o número de vagas que serão ofertadas, mas as informações é que será disponibilizado um grande quantitativo para o cargo de Escrevente, que exige apenas o ensino médio completo.

Situação atual do concurso TJ SP

Franco falou sobre a necessidade de mais servidores no Tribunal de Justiça e a intenção de convocar aprovados no último certame. Dessa forma, no dia 05 de maio de 2021 (quarta-feira), foi publicado no Diário Oficial do Estado de São Paulo com mais de 100 nomeados do concurso TJ SP de 2017 para as comarcas do interior.

Vale ressaltar que o edital de 2017 tem validade até o segundo semestre de 2021, já que o prazo voltou a correr a partir de 1° de janeiro desse ano. O desembargador pontuou também que pretende lançar novas seleções e esta próxima será para Escrevente Técnico Judiciário. O Tribunal já contratou a Fundação Vunesp como banca para organizar todas as etapas do certame.

O órgão pontuou que o novo concurso TJ SP terá o objetivo de repor servidores que deixaram cargos vagos. Conforme informamos, o edital deverá anunciar um grande quantitativo de vagas distribuídas em duas regiões administrativas judiciárias do estado:

  • 1ª região administrativa - Grande São Paulo: Arujá, Barueri, Carapicuíba, Cotia, Diadema, Embu das Artes, Embu-Guaçu, Ferraz de Vasconcelos, Guararema, Guarulhos, Itapecerica da Serra, Itapevi, Itaquaquecetuba, Jandira, Mairiporã, Mauá, Mogi das Cruzes, Osasco, Poá, Ribeirão Pires, Rio Grande da Serra, Santa Isabel, Santana do Parnaíba, Santo André, São Bernardo do Campo, São Caetano do Sul, São Paulo - Capital, Suzano, Taboão da Serra e Vargem Grande Paulista;
  • 4ª região administrativa - Regional Campinas: Aguaí, Águas de Lindóia, Americana, Amparo, Araras, Artur Nogueira, Bragança Paulista, Brotas, Caieiras, Cajamar, Campinas, Campo Limpo Paulista, Capivari, Cerquilho, Conchal, Cordeirópolis, Cosmópolis, Espírito Santo do Pinhal, Francisco Morato, Franco da Rocha, Hortolândia, Itapira, Itatiba, Itirapina, Itupeva, Jaguariúna, Jarinu, Jundiaí, Laranjal Paulista, Leme, Limeira, Louveira, Mogi Guaçu, Mogi Mirim, Monte Mor, Nazaré Paulista, Nova Odessa, Paulínia, Pedreira, Pinhalzinho, Piracaia, Piracicaba, Pirassununga, Porto Ferreira, Rio Claro, Rio das Pedras, Santa Bárbara D’Oeste, Santa Rita do Passa Quatro, São João da Boa Vista, São Pedro, Serra Negra, Socorro, Sumaré, Tietê, Valinhos, Vargem Grande do Sul, Várzea Paulista, Vila Mimosa e Vinhedo.

Abertura de cartórios em São Paulo

No dia 07 de abril de 2021, o Tribunal de Justiça de São Paulo aprovou dois projetos para a criação de novos cartórios no município de Campinas. O texto ainda deve ser votado na Assembleia Legislativa (Alesp). Se forem autorizados, os novos estabelecimentos precisarão de servidores, o que é um bom indicativo para o concurso TJ SP.

“Nossa expectativa mais otimista é que tudo isso ocorra ainda em 2021. Sabemos que a pandemia pode adiar o processo do concurso público, mas sem dúvida nenhuma, essa etapa é a mais simples diante de tudo que já foi conquistado”, disse o deputado estadual Rafa Zimbaldi.

Qual o salário de Escrevente Técnico Judiciário SP?

Conforme informações do último edital para o cargo de Escrevente do concurso TJ SP, a remuneração total é de R$ 6.112,10, composta pela remuneração inicial de R$ 4.792,10, auxílio-alimentação de R$ 45,00 por dia trabalhado e auxílio-saúde de R$ 330,00.

Apesar do cargo exigir o ensino médio, os profissionais recebem um adicional pela sua formação de nível superior. Confira:

  • Curso de graduação: adicional de 5%;
  • Pós-graduação: adicional de 7,5%;
  • Mestrado: adicional de 10%;
  • Doutorado: adicional de 12,5%.

A jornada de trabalho do cargo é de 8 horas diárias ou 40 horas semanais.

Esse é a remuneração informada em edital, porém, pelo Portal Transparência do órgão é possível verificar quanto recebe cada um dos servidores que fazem parte do quadro do TJ SP.

Concurso TJ SP: cargos vagos para Escrevente

De acordo com os dados publicados pelo órgão (clique aqui para conferir o PDF), atualmente o TJ SP possui 50.830 cargos disponíveis e deste total, 38.778 estão ocupados, ou seja, 12.052 cargos estão vagos no órgão.

Especificamente para o cargo de Escrevente Técnico Judiciário, há um total de 35.186 cargos disponíveis, 29.491 cargos ocupados e 5.695 cargos vagos.

Escrevente Técnico Judiciário é a carreira com maior déficit de pessoal, seguido de Oficial de Justiça (5.204 cargos vagos), Agente de Segurança Judiciário (394 cargos vagos) e Assistente Social Judiciário (326 cargos vagos).

O que faz um Escrevente Técnico Judiciário?

O Escrevente do TJ SP executa atividades que envolve a organização dos serviços de suporte técnico e administrativo às unidades do Tribunal de Justiça.

Ele também é responsável por dar andamento em processos judiciais e administrativos, atender ao público interno e externo, elaborar e conferir documentos, controlar a guarda do material de expediente.

Para cumprir suas atividades, o profissional precisa estar constantemente atualizado em relação à legislação em sua área de atuação e também aquelas relacionadas às normas internas do órgão.

Quem pode participar do concurso TJ SP para Escrevente Técnico Judiciário?

O concurso público para Escrevente Técnico do TJ SP geralmente é aberto para cidadãos que atendam aos requisitos básicos abaixo:

  • Ser brasileiro nato, naturalizado ou gozar das prerrogativas previstas na CF 1988;
  • Ter 18 anos de idade completos até a data da posse;
  • Estar em dia com as obrigações eleitorais;
  • Estar em dia com as obrigações do Serviço Militar, se do sexo masculino;
  • Não ter sido condenado por crime contra o patrimônio, a Administração, a fé pública, os costumes e outros;
  • Não ter sido condenado por ato de improbidade;
  • Ter concluído, até a data da posse, o ensino médio;
  • Gozar de boa saúde física e mental.

Etapas do concurso TJ SP

Os candidatos do último concurso TJ SP foram submetidos a duas etapas de provas:

  • Primeira etapa: prova objetiva com 100 questões, com 5 horas de duração e 5 alternativas cada uma (apenas uma correta em cada questão);
  • Segunda etapa: prova prática, da qual apenas participaram os habilitados e melhor classificados na primeira etapa.

A prova prática envolveu as técnicas de formatação e digitação. Ou seja, os candidatos a realizaram utilizando um computador com editor de texto instalado, em ambiente gráfico Microsoft Windows.

Ela teve o valor de 0 a 10 pontos e foi aprovado o candidato que obtivesse nota igual ou superior a 5 pontos, demais sendo excluídos da competição pública.

O que estudar para o concurso de Escrevente Técnico Judiciário?

Veja os conteúdos cobrados nas provas do último concurso do TJ SP. Esse é o primeiro passo a ser dado por quem pretende participar do próximo certame.

Língua Portuguesa (24) questões:

  • Análise, compreensão e interpretação de diversos tipos de textos verbais, não verbais, literários e não literários.
  • Informações literais e inferências possíveis.
  • Ponto de vista do autor.
  • Estruturação do texto: relações entre ideias; recursos de coesão.
  • Significação contextual de palavras e expressões.
  • Sinônimos e antônimos.
  • Sentido próprio e figurado das palavras.
  • Classes de palavras: emprego e sentido que imprimem às relações que estabelecem: substantivo, adjetivo, artigo, numeral, pronome, verbo, advérbio, preposição e conjunção.
  • Concordância verbal e nominal.
  • Regência verbal e nominal.
  • Colocação pronominal.
  • Pontuação.

Conhecimentos em Direito (40) questões:

  • Direito Penal: Código Penal - com as alterações vigentes até a publicação do edital - artigos 293 a 305; 307; 308; 311-A; 312 a 317; 319 a 333; 335 a 337; 339 a 347; 350; 357 e 359.
  • Direito Processual Penal: Código de Processo Penal - com as alterações vigentes até a publicação do edital - artigos 251 a 258; 261 a 267; 274; 351 a 372; 394 a 497; 531 a 538; 541 a 548; 574 a 667 e Lei nº 9.099 de 26.09.1995 (artigos 60 a 83; 88 e 89).
  • Direito Processual Civil: Código de Processo Civil - com as alterações vigentes até a publicação do edital - artigos 144 a 155; 188 a 275; 294 a 311 e do 318 a 538; 994 a 1026; Lei nº 9.099 de 26.09.1995 (artigos 3º ao 19) e Lei nº 12.153 de 22.12.2009.
  • Direito Constitucional: Constituição Federal – com as alterações vigentes até a publicação do edital: Título II - Capítulos I, II e III; e Título III-Capítulo VII com Seções I e II; e também o artigo 92.
  • Direito Administrativo: Estatuto dos Funcionários Públicos Civis do Estado de São Paulo (Lei n.º 10.261/68) - artigos 239 a 323; e Lei Federal nº 8.429/92 (Lei de Improbidade Administrativa) – com as alterações vigentes até a publicação do edital.
  • Normas da Corregedoria Geral da Justiça (disponíveis no portal do Tribunal de Justiça).

Conhecimentos Gerais

Atualidades (04) questões:

  • Fatos políticos, econômicos, sociais e culturais, nacionais e internacionais, ocorridos a partir do período a ser informado no edital.

Matemática (06) questões:

  • Operações com números reais.
  • Mínimo múltiplo comum e máximo divisor comum.
  • Razão e proporção.
  • Regra de três simples e composta.
  • Média aritmética simples e ponderada.
  • Juros simples.
  • Equação do 1.º e 2.º graus.
  • Sistema de equações do 1.º grau.
  • Relação entre grandezas: tabelas e gráficos.
  • Sistemas de medidas usuais.
  • Noções de geometria: forma, perímetro, área, volume, ângulo, teorema de Pitágoras.
  • Resolução de situações-problema.

Informática (16) questões:

  • MS - Windows (a versão que o edital determinar): conceito de pastas, diretórios, arquivos e atalhos, área de trabalho, área de transferência, manipulação de arquivos e pastas, uso dos menus, programas e aplicativos.
  • Interação com o conjunto de aplicativos MS-Office, MS-Word: estrutura básica dos documentos, edição e formatação de textos, cabeçalhos, parágrafos, fontes, colunas, marcadores simbólicos e numéricos, tabelas, impressão, controle de quebras e numeração de páginas, legendas, índices, inserção de objetos, campos predefinidos, caixas de texto.
  • MS-Excel: estrutura básica das planilhas, conceitos de células, linhas, colunas, pastas e gráficos, elaboração de tabelas e gráficos, uso de fórmulas, funções e macros, impressão, inserção de objetos, campos predefinidos, controle de quebras e numeração de páginas, obtenção de dados externos, classificação de dados.
  • Correio Eletrônico: uso de correio eletrônico, preparo e envio de mensagens, anexação de arquivos.
  • Internet: navegação internet, conceitos de URL, links, sites, busca e impressão de páginas.

Raciocínio Lógico (10) questões:

  • Visa avaliar a habilidade do candidato em entender a estrutura lógica das relações arbitrárias entre pessoas, lugares, coisas, eventos fictícios;
  • Deduzir novas informações das relações fornecidas e avaliar as condições usadas para estabelecer a estrutura daquelas relações.
  • Visa também avaliar se o candidato identifica as regularidades de uma sequência, numérica ou figural, de modo a indicar qual é o elemento de uma dada posição.
  • As questões dessa prova poderão tratar das seguintes áreas: estruturas lógicas, lógicas de argumentação, diagramas lógicos, sequências.

Concurso TJ SP anterior

O concurso TJ SP anterior para Escrevente ocorreu em 2018, quando foram anunciadas 235 vagas para a 2ª, 3ª, 5ª, 6ª, 7ª, 8ª, 9ª e 10ª regiões administrativas judiciárias. O certame possui validade até março de 2021.

O último concurso TJ SP para as regiões do concurso previsto (1ª e 4ª regiões administrativas - Grande São Paulo e Campinas) ocorreu em 2017, quando foram ofertadas 590 vagas. O concurso foi válido até dezembro de 2020, tendo uma prorrogação do prazo em virtude da COVID-19, porém, seu prazo de validade encerrou em 01 de fevereiro de 2021.

Conforme a estatística de inscritos desse concurso (veja aqui o PDF), 233.437 concorreram às vagas ofertadas pelo concurso.

Os municípios com mais inscritos foram São Paulo, Campinas, Mogi das Cruzes, Santo André, Osasco, Jundiaí e Piracicaba.

Compartilhe

Concursos por E-mail
Assine nosso boletim para receber Concursos São Paulo diretamente no seu e-mail

Veja mais concursos abertos »

Especial Concurso BB

Veja mais »