Prefeitura de Euclides da Cunha Paulista (SP) abre processo seletivo

Em São Paulo, Prefeitura de Euclides da Cunha Paulista abre seletivo para Professores.

A Prefeitura de Euclides da Cunha Paulista, no Estado de São Paulo, divulgou o edital n° 01/2018 que estabelece normas para a realização de processo seletivo, visando a formação de cadastro de reserva de profissionais de nível superior completo/ incompleto, da área da educação. O processo seletivo será realizado sob a responsabilidade da empresa CMM Assessoria e Consultoria em Gestão Pública Ltda.

Cargos

As oportunidades são para os seguintes cargos: Professor de Arte – PEB II; Professor de Creche; Professor de Educação Física; Professor de Ensino Fundamental – PEB I; Professor de Música, Professor Educação Especial – PEB I; Professor Educação Jovens e Adultos – EJA; Professor de Creche (estudante); e Professor de Ensino Fundamental – PEB I (estudante).

A jornada de trabalho é de 30h a 40h semanais, com de R$ 1.234,48 ou entre R$ 13,10 e R$ 17,41 por hora aula.

Inscrição

As inscrições serão aceitas exclusivamente via Internet, no período de 24 de outubro a 04 de novembro de 2018, no endereço eletrônico: www.cmmconcursos.com.br.

A taxa de inscrição é de R$ 30,00.

Seleção

Os inscritos serão submetidos à realização das seguintes avaliações:

  • Prova Objetiva, de caráter classificatório e eliminatório, composta por 25 questões de múltipla escolha;
  • Prova de Títulos.

A aplicação da Prova Objetiva está prevista para o dia 18 de novembro de 2018, nos turnos matutino (09h) e vespertino (14h) com locais a serem comunicados posteriormente.

Validade

O processo seletivo terá validade de um ano, a contar da homologação final dos resultados, podendo haver prorrogação por igual período, a critério da Administração.

Informações adicionais

Mais informações poderão ser obtidas por meio do edital, o qual se encontra disponível para ser acessado na página da CMM Assessoria e Consultoria em Gestão Pública Ltda.

Atribuições

  • Professor de Arte – PEB II

 Ministrar aulas de Arte nos estabelecimentos de educação básica do município; executar outras tarefas pertinentes ao exercício do magistério; participar de reuniões para tratar de assuntos específicos da classe ou de outras de interesse da escola, comissões sobre assunto de educação e ensino geral; participar de cursos e treinamentos determinados pelo Secretário de Educação. Planejar, executar o trabalho docente, levantar dados e interpretá-los, contribuir para a qualidade do ensino e aprendizagem da Arte; estabelecer mecanismos de avaliação, considerar diferenças individuais, saber tratá-las e encaminhá-las; cooperar com os setores de supervisão e orientação escolar; trabalhar em equipe; elaborar planos diários de classe; escolher procedimentos diários e preparar aulas; planejar, organizar e corrigir provas e trabalhos; executar atividades correlatas ao cargo.

  • Professor de Creche

Conhecer o Projeto Político-Pedagógico da instituição e o Plano Municipal de Educação. Participar da elaboração da Proposta Pedagógica de sua instituição. Planejar, executar, acompanhar, avaliar e registrar o desenvolvimento da criança a fim de subsidiar reflexão e aperfeiçoamento do trabalho em conformidade com a Proposta Pedagógica sob orientação do coordenador pedagógico e ou diretor de escola. Registrar a frequência diária das crianças e encaminhar à pessoa responsável. Garantir às crianças que estão iniciando, bem como aos responsáveis, um período de adaptação e acolhimento na instituição. Receber diariamente na entrada e acompanhá-la na saída da instituição proporcionando um ambiente acolhedor e efetivo durante sua permanência. Acompanhar as tentativas das crianças, incentivar a aprendizagem, oferecer elementos para que elas avancem em suas hipóteses sobre o mundo. Estimulá-la em seus projetos, ações e descobertas. Ajudá-las nas suas dificuldades, desafiá-las e despertar sua atenção, curiosidade e participação. Organizar, orientar e zelar pelo uso adequado dos espaços e recursos necessários para o desenvolvimento das atividades. Manter permanente contato com os pais ou responsáveis e participar junto com os membros dos encontros de orientações da instituição. Participar e propor atividades de desenvolvimento profissional para melhoria permanente de qualidade do trabalho da equipe. Observar constantemente as crianças em relação ao seu bem-estar, considerando a sua saúde física, mental, psicológica e social, tomando as medidas necessárias na ocorrência de alterações. Propor e participar de brincadeiras adequadas à fase de desenvolvimento da criança, em diferentes espaços. Estimular as crianças na conservação dos diferentes ambientes e materiais. Manter rigorosamente a higiene pessoal. Desenvolver, acompanhar e orientar atividades que promovam a aquisição de hábitos de higiene e saúde. Dar banho nos bebês e nas crianças estimulando a autonomia. Garantir o banho de sol, diariamente, para os bebês, estimulando-os com atividades diversificadas. Higienizar as mãos e rosto dos bebês. Trocar fraldas e roupas dos bebês. Auxiliar, orientar e acompanhar as crianças no controle de esfíncteres e se necessário completar a higiene. Acompanhar, orientar e completar o banho das crianças. Orientar e acompanhar a troca de roupas pelas crianças, estimulando para que, gradativamente, elas conquistem autonomia. Acompanhar o sono/repouso das crianças, permanecendo junto com as mesmas. Incentivar a criança a ingerir os diversos alimentos oferecidos no cardápio da instituição educacional, respeitando o ritmo e paladar de cada um, auxiliando-os a conquistar a autonomia.

  • Professor de Educação Física – PEB II

O professor de Educação Física trabalha pedagogicamente frente aos conteúdos relacionados à cultura de movimento; reconhecendo o patrimônio cultural disponível na comunidade para aprofundá-lo, ampliá-lo e ressignificá-lo; proporcionar aos alunos a busca pela autonomia crítica e autocrítica mediante melhores condições para usufruto, participação, intervenção e transformação das manifestações da cultura de movimento; recorrer às situações didáticas que promovem a análise, a interpretação e a interação no campo da dança, esporte, ginástica, jogo e luta, concebidos como produções historicamente construídas e transmitidas pelas gerações, nos diversos grupos sociais. Portanto, significa conhecer o contexto no qual são criadas e transformadas estas práticas corporais, tratando didaticamente este conteúdo específico, conhecendo os alunos e o currículo, promovendo práticas de avaliação que levem o aluno ao conhecimento de si, da vida em coletividade, da aprendizagem e da ética.

  • Professor de Ensino Fundamental – PEB I

Participar da elaboração da proposta pedagógica do estabelecimento de ensino. Elaborar e cumprir Plano de Trabalho, de acordo com a proposta pedagógica do estabelecimento de ensino. Ministrar os dias letivos e horas-aulas estabelecidos pela Lei de Diretrizes e Bases da Educação Nacional, além de participar integralmente dos períodos dedicados ao planejamento à avaliação e ao desenvolvimento profissional. Proceder, contínua e permanentemente a avaliação do aproveitamento escolar, replanejando o trabalho, quando necessário, registrando seus avanços e dificuldades. Participar de reunião de avaliação em processo escolar, apresentando registros referentes às ações pedagógicas e vida escolar dos educandos, analisando e discutindo as causas de aproveitamento não satisfatório e propondo medidas para superá-las. Encaminhar à equipe técnico/administrativo-pedagógico os conceitos e relatórios das avaliações bimestrais e anuais, e os dados de apuração de assiduidade referentes aos alunos de sua classe, conforme especificação e prazos fixados pelo cronograma escolar.

  • Professor de Música

Desenvolvimento do processo do ensino-aprendizagem propriamente dito, sob a forma de atividades técnico pedagógicas de planejamento, execução e avaliação; ministração de aulas; produção/organização de processos de aprendizagem; participação no processo de integração de educandos especiais; participação em reuniões administrativas, pedagógicas e de H.T.P.C.s; e a participação no processo de planejamento, desenvolvimento e avaliação, inerentes às unidades escolares e a Rede Municipal de Ensino. Executar as demais atribuições dentre sua habilitação profissional.

  • Professor Educação Especial

Planejar aulas e desenvolver coletivamente atividades e projetos pedagógicos; ministrar aulas, promovendo o processo de ensino e aprendizagem; exercer atividades pedagógicas; participar da avaliação do rendimento escolar; atender às dificuldades de aprendizagem do aluno, inclusive dos alunos portadores de deficiência; elaborar e executar projetos em consonância com o programa político pedagógico do Setor Municipal de Educação; participar de reuniões pedagógicas e demais reuniões programadas pelo Setor ou pela direção da escola; participar de cursos de atualização e/ou aperfeiçoamento programados pelo Setor Municipal de Educação, pela Administração e pela escola; participar de atividades escolares que envolvam a comunidade; elaborar relatórios.

  • Professor Educação Jovens e Adultos

Desenvolver atividades de docência no respectivo campo de atuação; participar da elaboração da Proposta Pedagógica da escola; elaborar e cumprir plano de trabalho segundo a Proposta Pedagógica da escola; planejar diariamente as aulas e as atividades, e fazer a correspondente seleção de materiais didáticos e pedagógicos; avaliar os educandos e, para isso, considerar o desenvolvimento pleno; zelar pela aprendizagem dos alunos.

Compartilhe

Concursos por E-mail
Assine nosso boletim para receber Concursos em Euclides da Cunha Paulista diretamente no seu e-mail
Concursos RelacionadosVagas
IBGEAnalista censitário400
CAIXAEstagiárioVárias
Câmara de FarturaContador1
Câmara de MauáTodos os níveis de escolaridade46
Câmara de ParaibunaNíveis Médio e Superior2
Câmara Municipal de ConchasContador1
CIENSPMédico e Médico clínico geral5
CISAPTodos os níveis de escolaridade5
CRC - SPEstágio5
FUNGOTATodos os níveis de escolaridade115
Veja todos » Concursos Abertos