Concurso PM TO: edital com 1.000 vagas é adiado para adequações

Concurso PM TO (Polícia Militar do estado de Tocantins) contemplará 1.000 vagas para o cargo de Soldado e será organizado pelo Cebraspe.

concurso PM TO: soldados fardados

Concurso PM TO: edital em breve - Foto: Divulgação / PM TO

Novidades sobre o concurso PM TO! O edital do certame, que seria lançado no final de novembro, foi adiado. A justificativa da Polícia Militar do Tocantins e do governo estadual é de que a banca organizadora, o Cebraspe, precisaria realizar adequações técnicas nos trâmites do concurso.

"A fim de implementar o edital do concurso público da PMTO, o Governo do Tocantins determinou que fossem realizadas novas adequações técnicas, o que provocou alteração no cronograma de trabalhos inicialmente planejado, desenvolvido em conjunto entre a Comissão Organizadora do Concurso e o CEBRASPE", informa a publicação da PM nas redes sociais.

Escolha da banca do concurso PM TO

Em uma cerimônia de comemoração ao dia do Soldado, no dia 25 de agosto de 2020, o governador anunciou que a banca do certame será o Cebraspe. Como já havíamos anunciado dias antes, em seu perfil no Twitter, o secretário-chefe da Casa Civil confirmou que a escolha da banca estava nas etapas finais. Rolf Costa Vidal destacou que a empresa tinha “renome e credibilidade para dar transparência e segurança”, mas não quis revelar o nome.

Veja abaixo o extrato do Diário Oficial do Estado do Tocantins, confirmando a banca organizadora: 

Acompanhe a matéria completa e fique por dentro de todos os detalhes preliminares sobre o concurso, incluindo as vagas previstas.

Não se esqueça de conferir outros conteúdos de nosso site, como simulados e artigos. Temos certeza de que existe um material feito especialmente para você!

Concurso PM TO: Edital pode sair ainda em 2020

Apesar do adiamento do edital, ainda é possível que ele saia em dezembro de 2020. Em mensagem enviada ao Concursos no Brasil, a assessoria da PM TO confirmou que o edital de abertura poderá sair em breve.

Agora, como já sabemos que será realizado pelo Cebraspe, significa que o edital realmente está muito próximo.

A comissão organizadora do concurso foi definida no ano de 2019, com base portaria divulgada no Diário Oficial do Estado de Tocantins:

Recentemente, o Diário Oficial do Estado publicou a nova composição da banca organizadora.

De acordo com um vídeo nas redes sociais, o coronel Márcio Antônio Barbosa de Mendonça comenta que o cronograma do edital da PM TO será discutido no dia 03 de novembro. “Todos os trâmites para o lançamento da seleção foram cumpridos pela comissão e pela banca organizadora. Agora, na terça-feira, dia 3, faremos uma reunião com a banca para justamente tratar do calendário do concurso”, diz.

Concurso PM TO: cargo e vagas

Ainda conforme o e-mail encaminhado pela assessoria da instituição, o concurso PM TO contemplará ao menos 1.000 vagas imediatas para o cargo de Soldado.

Previa-se que oportunidades para cadetes também fossem anunciadas, mas não houve quaisquer confirmações nesse sentido.

Concurso anterior foi anulado em 2018

O último concurso PM TO, sob responsabilidade da Assessoria em Organização de Concursos Públicos LTDA (AOCP), estabelecia a contratação de mais de 1.000 novos profissionais. Entretanto, o certame foi anulado por problemas na aplicação das provas.

Em 2018, o concurso da Polícia Militar do Tocantins teve mais de 80 mil inscritos e todos os candidatos tiveram direito ao ressarcimento da taxa de inscrição.

O edital de nº 001/CFSD-2018 previa oportunidades para candidatos de ensino médio ao Curso de Formação de Soldados (CFSD), sendo 900 vagas para candidatos de gênero masculino e 100 para o feminino.

Já o documento de nº 001/CFO-2018 foi elaborado para preencher 40 vagas para cargo de Cadete (vagas de ensino superior). A disposição das vagas foi a seguinte: 36 para homens e quatro vagas destinadas às mulheres.

Cargo de Soldado da PM TO: atribuições

De acordo com editais anteriores, as principais atividades dos soldados da PM TO são:

  • Executar diariamente as atividades operacionais da polícia ofensiva, ou seja, o policiamento ostensivo fardado, visando a preservação da ordem pública por meio do emprego preventivo ou repressivo para proteger pessoas e bens públicos/privados contra qualquer tipo de ato delituoso, bem como atribuições e deveres previstos em leis, regulamentos e demais instituições pertinentes.

Quanto ganha um soldado da PM TO?

Com base no edital do concurso anterior (2018), o salário inicial de soldados da PM TO é de R$ 2.215,10 durante o período do Curso de Formação de Soldados.

Após esse período, os profissionais passam a receber R$ 4.455,46, além de benefícios e oportunidades para realizar diversos outros treinamentos.

Etapas do concurso anterior da PM TO

Os concursos da PM PI são normalmente divididos em cinco etapas:

  1. Prova escrita objetiva;
  2. Exames de saúde;
  3. Teste de aptidão física (TAF);
  4. Exame psicológico;
  5. Investigação social.

O que estudar para o concurso da PM TO

Com base em editais anteriores, os candidatos devem estudar para as seguintes disciplinas:

  • Conhecimentos gerais: questões de Língua Portuguesa, Matemático, Conhecimentos Gerais e Noções de Informática;
  • Conhecimentos específicos: Legislação da PMPI e Noções de Direito.

Conteúdo programático do concurso anterior (2018)

Língua Portuguesa

  • Compreensão, interpretação e inferências de textos;
  • Tipologia e Gêneros textuais;
  • Variação Linguística;
  • O processo de comunicação e as funções da linguagem;
  • Relações semântico-lexicais, como metáfora, metonímia, antonímia, sinonímia, hiperonímia, hiponímia, reiteração, comparação, redundância e outras;
  • Norma ortográfica. Morfossintaxe das classes de palavras: substantivo, adjetivo, artigo, pronome, advérbio, preposição, conjunção, interjeição, numerais e os seus respectivos empregos;
  • Verbo: concordância verbal e nominal. Regência nominal e verbal. Coesão e Coerência textuais;
  • Sintaxe: relações sintático-semânticas estabelecidas entre orações, períodos ou parágrafos (período simples e período composto por coordenação e subordinação);
  • Pontuação;
  • Funções do “que” e do “se”;
  • Fonética e Fonologia: som e fonema, encontros vocálicos e consonantais e dígrafos;
  • Formação de palavras;
  • Uso da Crase.

Raciocínio Lógico e Matemático

  • Raciocínio Lógico e matemático: estruturas lógicas, lógica de argumentação, diagramas lógicos;
  • Teoria de conjuntos;
  • Conjuntos numéricos: números naturais, inteiros, racionais e reais;
  • Relações, equações de 1º e 2º graus, sistemas;
  • Inequações do 1º e do 2º grau;
  • Funções do 1º grau e do 2º grau e sua representação gráfica;
  • Matrizes e determinantes, sistemas lineares, análise combinatória, geometria espacial, geometria de sólidos.

Atualidades e Conhecimentos Regionais

  • Mundo Contemporâneo: elementos de política internacional e brasileira;
  • Cultura internacional;
  • Cultura e sociedade brasileira: música, literatura, artes, arquitetura, rádio, cinema, teatro, jornais, revistas e televisão;
  • Descobertas e inovações científicas na atualidade e seus impactos na sociedade contemporânea;
  • O desenvolvimento urbano brasileiro;
  • História e Geografia do Estado do Tocantins;
  • Movimento separatista, a criação do Estado e os governos desde a criação;
  • Governo e Administração Pública Estadual;
  • Divisão política do Estado;
  • Clima e vegetação;
  • Hidrografia;
  • Atualidades: economia, política e desenvolvimento.

Noções de Direito

  • Direito Constitucional: dos princípios fundamentais; direitos e deveres individuais e coletivos; garantias dos direitos individuais, coletivos, sociais e políticos; da nacionalidade; partidos políticos; da Administração Pública; defesa do Estado e das instituições democráticas: segurança pública; organização da segurança pública; ordem social; normas da Constituição do estado de Tocantins pertinentes aos militares do estado, às polícias estaduais e à segurança pública em geral;
  • Direito Penal: infração penal: elementos, espécies; sujeito ativo e sujeito passivo da infração penal; tipicidade, ilicitude, culpabilidade, punibilidade; imputabilidade penal; crimes contra a pessoa; abuso de autoridade (Lei nº 4.898/65), crimes hediondos (Lei nº 8.072/90); código Penal (Decreto-lei nº. 2.848, de 7 de dezembro de 1940): Título XI - Dos Crimes Contra a Administração Pública;
  • Direitos Humanos: histórico dos direitos humanos; aspectos gerais; a Declaração Universal dos Direitos Humanos;
  • Direito Penal Militar: crime militar: conceito; da violência contra superior ou oficial de serviço; do desrespeito a superior e do vilipêndio a símbolo nacional ou farda; da coação irresistível e da obediência hierárquica.

Noções de Informática

  • Sistema operacional Windows 10;
  • Microsoft Office 2013: Word, Excel, Power Point e Microsoft Outlook;
  • Conceitos e tecnologias relacionados à Internet e ao correio eletrônico;
  • Navegadores de Internet;
  • Conceitos básicos de segurança da informação.

Normas pertinentes à PM TO

  • Lei Complementar nº 79, de 27/04/2012: dispõe sobre a organização básica da Polícia Militar do estado de Tocantins e adota outras providências;
  • Lei nº. 2.578, de 20/04/2012: dispõe sobre o Estatuto dos Policiais Militares e Bombeiros Militares do estado de Tocantins, e adota outras providências.

Sobre a PM TO

A Polícia Militar do estado de Tocantins é uma instituição permanente de força auxiliar e reserva do Exército Brasileiro. Ela é organizada com base na hierarquia e na disciplina militar. A PM - TO destina-se à preservação da ordem pública e é subordinada diretamente ao Chefe do Poder Executivo.

Dessa maneira, compete à instituição planejar, organizar, dirigir, supervisionar, coordenar, controlar e executar as ações de polícia ostensiva e de preservação da normalidade pública.

Importante frisar que a PM - TO é uma das mais antigas instituições do estado de Tocantins, com capacitação e infraestrutura. O Quadro de Praças Policiais Militares (QPPM) é constituído pela carreira de combatentes, admitidos por meio de concurso público na Graduação de Soldado da Polícia Militar. É possível alcançar até a Graduação de Subtenente.

Bruno Destéfano
Redator
Nasceu no interior de Goiás e se mudou para a capital, Goiânia, no início de 2015. Seu objetivo era o de cursar Jornalismo na UFG. Desde o fim de sua graduação, já atuou como roteirista, gestor de mídias digitais, assessor de imprensa na Câmara Municipal de Goiânia, redator web, editor de textos e locutor de rádio. Escreveu dois livros, sendo um de ficção e outro de não-ficção. Também recebeu prêmios pela produção de um podcast sobre temas raciais e por seu livro-reportagem "Insurgência - Crônicas de Repressão". Atualmente, trabalha como redator web no site "Concursos no Brasil" e está participando de uma nova empresa no ramo de marketing digital.

Compartilhe

Concursos por E-mail
Assine nosso boletim para receber Concursos Tocantins diretamente no seu e-mail

Veja mais concursos abertos »