Pedro I da Rússia

Pedro I da Rússia foi o czar que criou a Rússia Moderna, ergueu a capital São Petersburgo e conquistou vários territórios.

Pedro I da Rússia (1672 – 1725), conhecido como Pedro, o Grande foi um czar russo, responsável por modernizar o país, pela construção da capital São Petersburgo e por conquistar diversos territórios que lhe deram o título de Imperador.

Nascido em 9 de junho de 1672, em Moscovo, na Rússia, Pedro I da Rússia era filho do Imperador Alexis I e da Imperatriz Nataliya Naryshkina. Membro da casa real de Ronnanov, Pedro era meio irmão de Ivã e do czar Teodoro III, que morreu em 1682, sem deixar filhos.

Com isso, Pedro e Ivã tornaram-se czares e seriam os sucessores do trono, mas quem assumiu o poder foi a irmã Sofia, de 26 anos. A nova governante ordenou o massacre de parentes e partidários de Pedro ao enviar um indisciplinado e violento corpo da infantaria, chamado streltsy, ao palácio de Kremlin.

Proclamado o segundo czar da Rússia, Pedro vai morar em uma vila, conhecida como bairro dos estrangeiros, com a família Naryshkina e passa a gostar da arte naval ao manter contato com marinheiros holandeses. Ainda na adolescência, passa a se dedicar a arte militar, geometria e aritmética.

Casamento e ascensão de Pedro I da Rússia

Pedro, o Grande casou-se muito cedo. Tinha apenas 16 anos quando se uniu a Eudóxia Lapukine, porém o casamento durou muito pouco tempo, visto que Pedro gostava mais da companhia de amigos, do modo de vida ocidental e era amante da bebida.

Foi em 1689 que Pedro assumiu o poder supremo após a derrocada de Sofia, vítima de um golpe de estado.

Guerras e vitórias

Após uma guerra contra a Turquia para abrir caminho ao Mar Negro e um massacre de 4 mil rebeldes pelas mãos dos revoltados streltsy, Pedro se consolidou no poder.

Durante uma guerra da Rússia contra a Suécia pelo acesso ao mar Báltico, Pedro I da Rússia ergueu a capital São Petersburgo em terras tomadas pelos suecos. A Rússia ganhou a guerra, conhecida como “Grande Guerra do Norte”, 21 anos depois.

Outra guerra em que a Rússia esteve envolvida e ganhou foi contra a Pérsia, entre 1722 a 1723. Na ocasião, a luta era pelo mar Cáspio.

Pedroviajou para a Europa, conheceu os costumes de outros países e implantou a moda ocidental aos russos, além de determinar o fim dos casamentos arranjados. Foi grande incentivador da indústria, comércio e a criação de escolas e hospitais.

Morte de Pedro I da Rússia

Pedro I da Rússia morreu em 8 de fevereiro de 1725, em São Petersburgo, sendo sucedido por sua esposa, Catarina I da Rússia, primeira mulher a governar o país.

Por Vania Ferreira