Animais carnívoros

Saiba tudo sobre animais carnívoros e como identificá-los.

Como o próprio nome indica, animais carnívoros são aqueles que possuem uma dieta a base de carne.

Eles estão presentes na maioria das espécies animais, tanto terrestres, quanto aquáticas e formam uma grande parte da biodiversidade animal.

Animais carnívoros são considerados predadores, isso por que eles, na maioria das vezes, abatem suas presas, animais menores, que em grande parte são herbívoros (se alimentam de plantas e frutas).

Alguns animais carnívoros não são predadores natos, pois não atacam suas presas e sim as ‘roubam’ de outros animais predadores. Como no caso das hienas (que também são carniceiras), que esperam leões abaterem suas presas, para então roubá-las.

Mas existem também animais carnívoros que não sejam predadores, como no caso de animais carnicentos, ou seja, que se alimentam de carniça e animais já mortos, como no caso dos abutres.

Exemplos de animais carnívoros

Muitos são os animais carnívoros, mas não os confunda com animais onívoros.

Animais onívoros são os que se alimentam, ou podem se alimentar, tanto de alimentos vegetais (como frutas, capim, legumes e vegetais), quanto de carne.

Os seres humanos, por exemplo, são animais onívoros, pois possuem os dois tipos de dieta.

Alguns exemplos de animais carnívoros são:

  • Leões;
  • Cobras;
  • Tubarões;
  • Boa parte das espécies marinhas;
  • Jacarés;
  • Crocodilos;
  • Pinguins;
  • Aranhas.

Características dos animais carnívoros

Essas características são mais comuns em animais carnívoros terrestres, mas algumas podem ser encontradas também em animais marinhos:

  • Garras;
  • Dentes fortes e pontiagudos;
  • Maxilar mais alongado do que em outras espécies;
  • Audição apurada;
  • Olfato apurado;
  • Grandes velocidades para curtas distâncias;
  • Bicos afiados (no caso de aves, como o Gavião);
  • Urina ácida (devido a sua dieta a base de carne).

Outras características presentes somente nesses tipos de animais é que eles não possuem enzimas digestivas para cereais e alimentos de origem vegetal.

Uma vez que eles não possuem essas enzimas, eles não podem se alimentar desses tipos de alimentos, já que não conseguirão fazer a digestão dos mesmos.

O ácido presente no estômago desses animais é mais forte do que no estômago de animais onívoros e herbívoros.

Isso acontece, pois necessitam de uma acidez maior no estômago para poder digerir sua dieta exclusiva a base de carne.

Os 3 tipos de animais carnívoros

Existem 3 tipos de animais carnívoros, os que se alimentam exclusivamente de carne, os que podem se alimentar eventualmente de alimentos vegetais e também alguns animais que se alimentam exclusivamente de vegetais, mas que podem se alimentar de carne.

  1. Carnívoros estritos - são os animais que se alimentam exclusivamente de carne;
  2. Carnívoros flexíveis - os animais originalmente carnívoros, mas que eventualmente se alimentam de vegetais. Possuem poucas enzimas digestivas para esse tipo de alimento;
  3. Carnívoros ocasionais - são os herbívoros que eventualmente podem se alimentar de carne. Isso ocorre principalmente quando existe escassez de alimentos em determinadas épocas do ano. Como alguns tipos de macacos, na época da seca na África.

Animais domésticos, como cães e gatos, entram na categoria de carnívoros flexíveis, embora exista uma forte discussão no meio científico em relação a isso.

Gostou? Não esqueça de compartilhar em suas redes sociais.

Por Vagner Neubert