Alongamento: para que serve, como fazer e cuidados a tomar

O alongamento é muito importante antes e depois dos exercícios. Saiba os motivos.

Você já fez alongamento antes de praticar um exercício físico? Se nunca fez isso, saiba que alguns problemas que surgiram no seu corpo posteriormente ao exercício se devem a falta dessa prática.

É quase uma unanimidade entre todos os profissionais que trabalham com exercícios e esportes. A pessoa deve fazer um alongamento antes dos exercícios, seguidos de um leve aquecimento.

O alongamento quando o exercício ou esporte termina, também é necessário.

Para que serve o alongamento e como fazer?

Todo o corpo precisa ter uma certa elasticidade em seus tecidos para realizar movimentos. Se não fosse essa elasticidade você não conseguiria realizar movimentos simples, como caminhar, girar o pulso, erguer os braços e etc.

Enfim, todos os movimentos que você pode realizar são em decorrência da elasticidade dos tecidos do corpo.

Até mesmo o tecido ósseo possui um certo grau de elasticidade. Se não fosse por essa elasticidade, qualquer tombo causariam inúmeras fraturas na pessoa.

O alongamento serve para aumentar a extensibilidade dos tecidos moles, como músculos e tendões, impedindo assim uma série de lesões e até mesmo o encurtamento dos músculos.

Ou seja, além dele promover uma elasticidade maior nos músculos, ele também impede o encurtamento dos mesmos.

Como exemplo, uma atividade que provoca muito o encurtamento dos músculos são os exercícios de academia, a famosa ‘musculação’.

O individuo muitas vezes aumenta a carga de peso além do que o músculo pode suportar no momento e para aguentar toda a série de repetições ele encurta o movimento não o fazendo por completo.

Nesses casos em que se faz força sem realizar o movimento de forma ampla e completa, o encurtamento do músculo pode acontecer. Dificultando assim a mobilidade ou a realização de um movimento específico.

Os principais benefícios do alongamento antes dos exercícios são:

  • Diminuir ou eliminar a tensão muscular;
  • Aumentar a flexibilidade corporal;
  • Aumentar a elasticidade dos movimentos;
  • Impedir ou diminuir a ocorrência das cãibras;
  • Diminui o risco de lesões musculares;
  • Impede o encurtamento dos músculos;
  • Melhora a postura.

Já os principais benefícios do alongamento depois dos exercícios são:

  • Evita as lesões causadas após os exercícios;
  • Diminui as dores musculares;
  • Impede o encurtamento dos músculos;
  • Sensação de bem-estar;
  • Estimula a produção da serotonina, hormônio responsável pelo prazer;
  • Diminui o stress muscular.

Como realizar um alongamento?

Existem várias formas para fazer um alongamento eficaz. O tipo de alongamento vai depender da atividade que você realizará.

No caso, independente da atividade você deve alongar o corpo por inteiro, porém a atividade que você fará determina a ênfase que você precisa dar em certos grupos musculares.

De forma geral você deve fazer da seguinte forma:

  • Considere para todos os movimentos realizados o prazo de 10 segundos para se manter na mesma posição;
  • Comece pelas pernas, flexione o joelho em direção a parte posterior da coxa;
  • Estenda as pernas em posições variadas;
  • Faça movimentos circulares com o pescoço;
  • Leve as mãos em direção aos pés, mantendo as pernas esticadas;
  • Cruze o braço sobre o peito, segurando e estendendo os músculos do braço com a outra mão. Segure na região do cotovelo;
  • Faça um arco com o corpo para as laterais, esticando para cima o braço correspondente.

Assim você evitará lesões e manterá o corpo relaxado.

Por Vagner Neubert