Handebol

O Handebol é um esporte olímpico muito conhecido pelas pessoas desde a época do colégio.

O handebol é uma modalidade esportiva muito conhecida no Brasil.

Inclusive, as pessoas costumam ter contato com esse tipo de esporte ainda no colégio, nas aulas de educação física.

Para jogar este esporte é necessário ter duas equipes, sendo que cada uma precisa ter pelo menos sete integrantes.

O esporte é jogado com as mãos e o objetivo é fazer gol na equipe adversária.

O Handebol é um esporte olímpico.  Ele foi inserido nas Olimpíadas no ano de 1934.

Handebol e a sua história

O professor Karl Schelenz, no ano de 1919, criou o Handebol.

A origem deste esporte é alemã.

O handebol original sofreu algumas alterações com o passar dos anos, já que antigamente era disputado em gramados e não em quadras.

Outra alteração é que as equipes eram compostas por 11 jogadores e não 7, como nos dias atuais.

No ano de 1925, pela primeira vez o handebol teve uma partida internacional e de forma profissionalizada, já que a Federação Alemã de Ginástica realizou a organização das leis do esporte.

A primeira disputa deste esporte foi entre a Áustria e Alemanha, sendo que os austríacos levaram a melhor, pois ganharam por 6x3.

Handebol como um esporte olímpico

O handebol estreou como um esporte olímpico no ano de 1936, em Berlim.

A medalha de ouro foi disputada por 6 equipes, sendo que a Alemanha foi a campeã, pois derrotou a Áustria por 10x6.

A Federação Internacional de Handebol foi criada em 1946, isto é, dez anos após as Olimpíadas de Berlim.

Atualmente, a sede da Federação Internacional de Handebol está localizada na cidade de Basiléia, na Suíça.

No ano de 1966, o handebol passou a ser restrito somente às quadras e com isso, ficou fora das Olimpíadas, tendo somente retornado nas Olimpíadas de Montreal, no ano de 1976.

Alguns Regramentos do Handebol

Para jogar este esporte olímpico, é necessário saber algumas regras.

Tempo de duração – A duração da partida é de sessenta minutos, isto é, dois tempos de trinta minutos, cada.

Empate – Havendo empate ao final da partida, haverá uma prorrogação de 10 minutos.

Árbitros – O jogo conta com a presença dos juízes de centro e de gol, assim como também dois árbitros.  Desta forma, quando um time está fazendo o seu ataque, o árbitro responsável por analisar o seguimento das regras é aquele que está do lado do ataque.  Com isso, a possibilidade de haver falhas, é remota.

Área do goleiro – Os jogadores não podem invadir a área exclusiva do goleiro, porém, se estiver fazendo o lance da bola no ar, por meio de um salto, não há problema.

Passos – Quando o jogador estiver de posse da bola, porém a segurando, deverá dar no máximo três passos, caso contrário será marcada a falta, porém, se estiver com a bola, mas não a segurando, no caso, a bola sendo quicada no chão, não há quantidade máxima de passos.

Arranque da bola – Ao jogador não é permitido arrancar a bola do adversário.  É permitido somente que retire a bola com uma das mãos e mesmo assim, com a mão aberta.

Utilização do corpo – O jogador poder bloquear o adversário com o corpo, mas sem caracterizar agressão.  No caso de ser constatado puxões, empurrões, entre outros, a equipe do jogador agressor sofrerá cobrança de tiro de sete metros.

Por Janaina Silva