O que é crossfit

Uma modalidade de atividade física amplamente difundida na atualidade e que causa muita discussão é a prática do Crossfit. Saiba tudo sobre o Crossfit.

Crossfit é uma modalidade de treinamento que proporciona um condicionamento físico de forma geral em todo o corpo com movimentos funcionais (movimentos que são realizados naturalmente no dia a dia como, por exemplo, caminhada). Estes movimentos são realizados com alta intensidade, de forma constante, para dar maior resistência ao corpo, são oferecidos exercícios diversificados todos os dias.

Nas academias especializadas os treinos de crossfit são geralmente enquadrados em 3 modalidades básicas que podem ter suas submodalidades (tipos de exercícios), são elas: condicionamento metabólico e cardio, ginástica olímpica e levantamento de peso olímpico.

O Crossfit está se tornando o método de treinamento que mais alcança seguidores em todo o mundo, pois os treinos de crossfit proporcionam um completo aquecimento corporal e procura melhorar as capacidades do nosso corpo como: respiração, flexibilidade, força, equilíbrio, coordenação e velocidade, para isso não depende da idade ou nível físico da pessoa interessada.

O conceito de Crossfit é: Programa de treinamento para condicionamento físico e seu objetivo é potencializar as capacidades do corpo humano.

Onde surgiu o crossfit

A modalidade de treino Crossfit surgiu por volta do ano 2000 e foi criado pelo ex-ginasta inglês Greg Glassman que quando criança usou a ginástica para fortalecer os seus músculos e lhe dar condicionamento físico, pois teve poliomielite (uma espécie de inflamação da medula espinhal).

Ele experimentou diferentes exercícios e passou por diversas academias, com isso, Greg foi conheceu e desenvolveu exercícios que o tornava, cada vez mais forte que outros atletas, e isso ele percebeu quando fazia exercícios funcionais. Anos depois, Greg divulgou essa modalidade que conquistou o mundo todo.

Preparação para crossfit

O objetivo do Crossfit é focado em estimular os movimentos simples e funcionais, como levantar pesos e objetos, e o melhor de tudo é que todas as pessoas podem fazer, não importa a idade que tenha. O Crossfit é ótimo para combater o sedentarismo da vida moderna.

Para as pessoas que queiram realizar treinos de Crossfit, exercícios funcionais, a única preparação necessária é a realização de bom alongamento e uma alimentação para aguentar o pique dos exercícios.

Uma dica para alimentação antes do treino de Crossfit é: Comer proteína e fibra, por exemplo, sucos, ovos e carnes magras.

Após o treino de Crossfit uma boa opção para alimentação é: proteína e carboidrato, por exemplo, massas integrais, batata doce, carnes magras e vitamina de fruta.

Treinos de crossfit

Nos treinos de crossfit há vários tipos de exercícios que estão disponíveis para te dar mais vitalidade e força, conheça alguns abaixo:

Pull up

É o movimento no qual você se puxa para cima, essa modalidade também é conhecida como “chin-ups”, que significa queixo para cima.

Para realizar esse movimento seu corpo fica suspenso através dos braços em uma barra pull-up como um travessão do gol. O tipo e tamanho da barra podem ser variados e você utiliza a que achar melhor.

O seu corpo sofre uma tensão, e você o puxa para cima pelos braços até seu queixo ultrapassar a barra. Os pull-ups dependem somente da força da parte superior do seu corpo, já as pernas ficam livres para se movimentarem.

Salto na caixa

Esta modalidade de treino crossfit é uma das melhores para quem quer emagrecer. Estando parada no chão você sobe e desce na caixa que tem uma altura considerável e logo após isso, que servirá como aquecimento, você salta em cima da caixa e depois salta no chão e vice e versa.

Para fortalecer mais rapidamente o seu corpo você pode realizar 50 saltos na caixa e 50 flexões. Vale lembrar que quanto maior for o salto (maior tamanho da caixa) mais intenso será o exercício e maior resultado.

Burpee

É uma sequência de movimentos funcionais de flexão e salto você faz essa repetição algumas vezes.

Esses movimentos tonificam e fortalece o peitoral, ombro, parte traseira do seu corpo e é uma das modalidades de crossfit que atua em boa parte do corpo de uma só vez.

Preço e academia de crossfit

Existem muitas academias que oferecem treinos de crossfit e quanto mais equipada é a academia para os exercícios de crossfit mais elevado é o preço da mensalidade. Os preços variam de R$140,00 a R$500,00 por mês.

Crossfit em casa

Uma opção para quem não quer gastar dinheiro e otimizar seu tempo é realizar os treinos de crossfit em sua própria residência. Crossfit é uma invenção de treino que deu certo e é indicado para toda as idades e pessoas então aproveite e fique mais saudável agora mesmo.

 O que o Crossfit proporciona a quem o pratica?

Objetivando moldar o corpo e extrair o máximo que nosso físico pode oferecer, por vezes não observamos com atenção necessária os extremos a que submetemos nosso corpo ao realizar uma determinada atividade física. Considerar essas limitações é respeitá-las é essencial para alcançar e manter um bom desempenho.

Basicamente é a união do atletismo (por suas funções metabólicas) com o equilíbrio e coordenação presentes na ginástica olímpica, além do levantamento de peso olímpico. Tudo isso visava extrair o máximo de um atleta profissional pra torná-lo mais completo. Mas para quem não é atleta profissional, o que o Crossfit proporciona a quem o pratica?

Como sabemos todo esporte oferece risco de lesão, porém, observando os limites pessoais e com o devido acompanhamento profissional a prática do Crossfit pode vir acompanhada de muitos benefícios.

Independente se é iniciante, atleta amador ou idoso, o Crossfit é totalmente adaptável e possibilita que todos interajam com o esporte. O fato de treinar um esporte que une várias modalidades e trabalha com muitos músculos do corpo, não somente ajuda na autoestima como também colabora para que o participante tenha força e resistência pra superar qualquer desafio.

O nível elevado da intensidade dos exercícios trabalha o corpo de uma maneira geral e auxilia no emagrecimento. Conforme o participante aumente sua carga de treino somado a uma dieta específica verá resultados expressivos na busca pela perda de peso.

Entretanto, a sensação única que a prática do esporte causa aos adeptos pode fazê-los ultrapassar os limites e alcançar altos índices de lesões que geram risco à saúde, como a disfunção renal, por exemplo.

As principais lesões ocorrem nos músculos. Porém, o excesso de treinamento pode trazer ainda malefícios para tendões e ligamentos, coluna vertebral, cotovelo, ombro e joelhos.

Se atentar ao tempo de recuperação do corpo após treinamentos anteriores é essencial. Submeter o corpo ao descanso necessário após uma alta intensidade de exercícios é primordial para evitar lesões pra quem pratica o Crossfit.

Cada praticante de Crossfit terá limites individuais definidos por um profissional habilitado e devem ser rigorosamente respeitados.

Uma dica dos profissionais da saúde pra quem quer começar a prática do Crossfit é iniciar os exercícios seguindo um programa idealizado por instrutores habilitados e especialistas em fisiologia, pois esse profissional conseguirá, a partir de entrevista e avaliações prévias, apontar a carga de treinos específica para atingir seus melhores resultados e orientar com detalhes para que realize os movimentos de forma segura e responsável.

Ainda é aconselhável trabalhar em conjunto com um personal trainer mesmo após sua adaptação ao esporte. A presença de um profissional adequado assegura o respeito ao tempo de recuperação, às técnicas dos movimentos e cargas toleradas.

Nunca é demais relembrar que todo exercício requer consulta prévia de um médico para assegurar suas condições clínicas, alongamentos adequados, hidratação correta, determinação e acompanhamento de um profissional devidamente qualificado durante a realização do exercício.

Enfim, se instruído da maneira correta e criteriosa, o Crossfit pode trazer benefícios de uma maneira geral ao praticante. Além de que as aulas são sempre diferentes uma das outras, com novidades frequentes... Com o passar do tempo, isso vai se tornar um hábito na sua vida.

Mitos e verdades sobre o CrossFit

- O Crossfit é um esporte.

Mito. Antes de mais nada, é interessante entender que quado se fala em crossfit, não se trata de um esporte propriamente dito. O Crossfit (Crossfit.inc) é uma marca criada por volta dos anos 2000 pelo ex-atleta de ginástica olímpica Greg Glassman e registrada desde então. Trata-se de um método de condicionamento físico que promove a união de várias categorias esportivas somadas a diretrizes específicas visando explorar o máximo que nosso físico pode oferecer.

Greg Glassmn foi treinador do Depto de Polícia de Santa Cruz, uma cidade localizada no estado da Califórnia. Antes de registrar a marca, Glasmann já era proprietário de uma academia e trabalhava no desenvolvimento de um método de treinos formado por exercícios funcionais simples e habituais realizados com alta intensidade a fim de desenvolver o condicionamento do corpo.

- Existem diferenças entre o Crossfit e Crosstraing.

Verdade. Para os especialistas, sim. Apesar de pequena e quase imperceptível ao olhar de leigos, existe diferenças na metodologia das duas categorias. Enquanto o Crossfit é um programa de força e condicionamento que estimula a competição entre os adeptos, o Crosstraing é um treinamento funcional recomendado pra quem busca um corpo atlético sem exageros. O Crosstraining não estimula a competição, seu principal objetivo é melhorar as condições físicas do praticante através do estímulo das musculaturas responsáveis, principalmente, pela sustentação do tronco e estabilização do corpo.

- Nem toda pessoa pode praticar o Crossfit.

Mito. O Crossfit possibilita que todos participem de suas atividades. O fato de ser um método de treinamento que une diversas modalidades esportivas torna o Crossfit totalmente adaptável para todos os biotipos. Claramente, deve ser acompanhado por um profissional devidamente habilitado que será capaz de estabelecer uma série de treinos especiais para cada usuário, visando evitar o risco de lesões.

E já que estamos nesse assunto, uma discussão que gera amplo debate é com relação às possíveis lesões proporcionadas pelo Crossfit.

- O Crossfit causa muita lesão.

Trata-se de um mito. Talvez o maior deles. Levando em consideração que todo esporte é passível de causar algum tipo de lesão ao usuário, especialistas afirmam que se acompanhado de um profissional habilitado e respeitando os limites de cada usuário, a prática do Crossfit causa menos lesões se comparado a algumas modalidades esportivas, como futebol e ginástica, por exemplo.

- Qualquer academia pode oferecer o Crossfit.

Mito. Como dito anteriormente, o idealizador da técnica utilizada no Crossfit registrou o seu método como uma marca (Crossfit. Inc). Sendo assim, somente academias licenciadas podem se afiliar e oferecer o Crossfit de acordo com as diretrizes primordiais da modalidade. O site oficial da empresa oferece uma lista de afiliados autorizados a utilizar a marca ‘Crossfit’.

- Quem pratica Crossfit deve comer pouco.

Mito! Ao contrário do que muitos imaginam, um praticante de Crossfit precisa comer muito, em média 4.000 calorias por dia. Como já dito anteriormente, trata-se da realização de exercícios de alta intensidade. Isso requer energia extra do corpo pra render satisfatoriamente nos treinos. Tendo isso em vista, é importante ressaltar que o acompanhamento de um nutricionista é fundamental para manter o equilíbrio do corpo.

- Pra quem busca condicionamento físico, o Crossfit é ideal.

Verdade. O fato de treinar uma categoria que une várias modalidades esportivas e trabalha com muitos músculos do corpo torna o Crossfit um ótimo aliado pela busca e manutenção do condicionamento físico.

 O que preciso fazer antes de começar a treinar crossfit?

Muitas pessoas ingressam de vez numa modalidade de treino sem nem saber o que realmente deve ter e fazer para realizaá-la. Com o  crossfit não é diferente.

Se você quer começar a fazer crossfit hoje, o mais rápido possível, veja abaixo o que você deve fazer antes de ingressar nesse mundo de treino intenso e se prepare da maneira correta.

Consultar um médico

Para iniciar o treino crossfit é essencial que você procure um médico cardiologista.

Qualquer um pode fazer o crossfit, mas não é recomendado para todos, justamente por possuir um ritmo de treino acelerado e muito intenso.

Converse com o médico cardiologista a respeito do que você quer fazer e solicite as guias médicas dos exames necessários e relacionados ao coração e ao corpo de modo geral.

Ao realizar todos os exames, você voltará ao médico e se estiver tudo certo você receberá a liberação médica para a prática do crossfit.

Atualmente todas as academias exigem a liberação médica, até se for para praticar outros exercícios mais leves.

Roupas adequadas

Utilizar roupas adequadas para praticar o crossfit é muito importante. As roupas ideais irão te ajudar quanto à performance nos exercícios de crossfit.

Utilize roupas leves, você pode ir à casas esportivas e solicitar ajuda do vendedor para comprar a roupa correta para o treino crossfit.

Além da roupa, outra coisa que compõe o vestuário e é até mais importante são os sapatos. Invista em um sapato de qualidade, bom, mesmo que isso custe mais caro que outros.

O tênis deve possuir uma ótima tecnologia de absorção de impacto, isso diminuirá as chances de você sofrer lesões nas articulações e desempenhará os movimentos de forma bem mais confortável.

Uma boa academia

Procure uma academia que tenha ótimos profissionais e principalmente especializados para ministrar aulas de crossfit. Isso é muito importante.

Você pode perguntar na academia em que você criou interesse se pode assistir uma aula de crossfit para ver como é ou até mesmo participar, para ver se realmente é bom e se você gostou do ritmo intenso dos exercícios, tendo assim uma fácil adaptação.

É importante que a academia seja boa para garantir que você estará executando as aulas de crossfit da maneira correta e com certeza terá profissionais competentes pra caso esteja indo errado, eles te corrigirem na execução dos exercícios.

Mudança de alimentação

Mudar a alimentação é muito importante para manter o corpo saudável antes e após o treino.

Então vá à um nutricionista, informe o tipo de atividade que está sendo feita e o profissional passará uma dieta especifica para o tipo de treino.

Você deve se alimentar bem até mesmo para manter o sistema imunológico bom, pois você gastará muita energia durante os treinos e seu corpo precisará de uma boa fonte.

Suplementos

Suplementos são bons para ajudar a equilibrar a alimentação, pois por mais que a gente coma bem, existem nutrientes que o nosso corpo não consegue produzir ou produz em baixa quantidade.

O suplemento pode ser passado por um nutricionista também. Ele saberá o que você deve tomar de acordo com as necessidades do seu corpo e de acordo com os seus objetivos.

Dedicação

O que você precisa também é de muita dedicação nos treinos crossfit.

No início pode ser e parecer difícil, mas tudo o que você precisa é se dedicar aos treinos por inteiro. Depois o seu corpo se acostuma com os ritmos de exercícios e tudo ficará mais fácil.

O que dizem os especialistas sobre o Crossfit

Embora a atividade aeróbica possua grandes resultados e benefícios, médicos e especialistas afirmam que se forem feitos de forma incorreta e com peso excessivo, é possível que gere lesões nas articulações e coluna. O que mais preocupa quanto às lesões é que algumas podem chegar a serem irreversíveis.
Alguns médicos recomendam a modalidade sendo que de forma não tão intensa e acompanhada por pessoas especializadas no assunto.
Se você pratica o crossfit e quer entender mais as vantagens e desvantagens dele, confira o post até o final, ele irá te esclarecer muitas coisas.

Vantagens

O crossfit possui muitas vantagens e por este motivo é uma modalidade esportiva que vem crescendo a cada dia que passa. Conheça a seguir algumas das vantagens do Crossfit.

- Condicionamento físico

O crossfit gera um condicionamento físico mais rápido que outras atividades aeróbicas, pois possui mais movimentos diversificados e trabalha o corpo simultaneamente.

- Aumenta a força

O crossfit trabalha todos os músculos do corpo com bastante intensidade e pressão. Isso faz consequentemente que os seus músculos se tornem mais resistentes e fortes.

- Emagrece

Por manter um ritmo acelerado e constante, o crossfit é muito adotado para pessoas que desejam emagrecer e de forma mais rápida.
Para isso, além do crossfit é necessário adotar uma alimentação saudável e equilibrada.

- Reduz o estresse

As atividades do crossfit possuem a capacidade de reduzir o estresse, pois ajudam a liberar a energia acumulada e melhora o humor.

- Aumenta a autoestima

Pelo fato de elevar o nível de serotonina, os exercícios físicos, assim como o crossfit, reduz bastante o quadro depressivo e faz com que a pessoa se sinta melhor, aumentando consequentemente a autoestima.

- Aumenta a disposição

Por ganhar mais condicionamento físico, você terá mais disposição para realizar atividades e a preguiça ficará longe de você. Você não terá mais uma vida sedentária!

- Fortalece o corpo e a mente

O crossfit melhora as condições do sistema respiratório e cardiovascular, assim como fortalece um corpo por inteiro. Tudo isso acontece pelo simples fato da modalidade aeróbica mexer com o corpo inteiro ao mesmo tempo em movimentos constantes e diferentes com alta intensidade.

O crossfit fortalece a mente justamente por melhorar as questões de autoconfiança e autoestima, dessa forma, prevenindo ou melhorando os sintomas da depressão.

- Rápido

Movimentos rápidos e intensos são características do crossfit, por este motivo, eles dão resultados mais rápidos se feitos da maneira correta. Além disso, o crossfit é ideal para quem tem pouco tempo durante o dia a dia, pois ele pode ser feito todos os dias com tempo médio de 1 hora.

Desvantagens

Embora o crossfit apresente muitas vantagens, ele também tem as suas desvantagens.
Mesmo as desvantagens sendo poucas, não podemos descarta-las. Veja a seguir algumas desvantagens do crossfit.

- Cansaço

Pelo crossfit exigir muitos treinos e de alta intensidade, é comum que gere cansaço e fadiga em quem pratica.
Esse cansaço pode desmotivar o praticante do crossfit e fazer com que ele procure exercícios mais leves.

- Lesões

Pelo fato do crossfit possuir movimentos complexos e de alta intensidade, é possível que ocorram lesões.
Quando ocorre as lesões o praticante deve parar com os exercícios e procurar ajuda médica, caso necessário será encaminhado ao fisioterapeuta para tratar a lesão.

- Dificuldade em adaptação

Alguns iniciantes têm dificuldades em se adaptar ao ritmo acelerado das atividades, por este motivo buscam algo mais leve.

Dicionário do crossfit: expressões usadas no treino

O chamado “crossfit” é um tipo de treinamento que surgiu nos EUA e vem se difundindo no Brasil. Consiste basicamente em uma combinação de força e de condicionamento físico, baseados em movimentos de alta intensidade e funcionais. O crossfit possui, de maneira geral, três modalidades, que são: levantamento de peso olímpico, ginástica olímpica e condicionamento físico. Até aqui, está tudo fácil, afinal, estamos falando em português ainda, mas, você conhece o dicionário do crossfit?

Dicionário do crossfit

Sim, podemos dizer que existe um dicionário apropriado para o crossfit. Como uma atividade importada para o Brasil, a tendência natural é que surja todo um jargão em língua inglesa bem apropriado para o ambiente de treinos.

O crossfit pode ser praticado por qualquer idade ou nível físico, e gera resultados relativamente rápidos aos seus praticantes, possuindo inúmeras vantagens. Como dissemos, por se tratar de um treinamento de origem americana, a maioria dos exercícios possuem nomes da mesma origem. Sendo assim, vamos ajudar você a entender as expressões inglesas mais utilizadas no crossfit.

Dentre as inúmeras expressões utilizadas, trouxemos as mais usadas, como forma de contextualiza-lo:

AMRAP- Em inglês tal abreviação diz “As many rounds, reps possible”, em português, quantas repetições for possível em um espaço de tempo;

BOX JUMP, que a tradução significa salto na caixa, ou no banco, dependendo do material disponível em sua academia;

DB- abreviação de Dumbbel, que significa peso, este exercício faz referência a pegar peso;

KBS- abreviação de Kettlebell Swing, não tem tradução para o português, mas o exercício consiste em pegar o peso fazer movimentos giratórios, kettlebeel significa caldeira em português;

SIT-UP- também não tem tradução por português, mas consiste em fazer abdominais com o auxílio de um AbMat (Suporte para lombar);

SKIP ROPE- segue ao pé da letra a tradução “pular corda”;

DU- abreviação de Double Under significa “salto duplo”, neste exercício você deve dar duas voltas (na corda) com a corda com apenas um pulo;

TGU- abreviação de Turkish Get-Up, é conhecida no Brasil como levantamento turco, consiste no movimento do corpo em três planos de uma só vez (frente, sagital e transverso), há então uma integração dos músculos num movimento contínuo e único.

WALL BALL- este também segue ao pé da letra sua tradução “bola na parede”

Expressões usadas na ginástica:

AIR SQUAT- Significa agachamento sem carga alguma;

BURPEE- é um exercício com alto grau de dificuldade, sua tradução significa “paraquedas”, consiste no agachamento seguido de um movimento brusco colocando as mãos no chão à frente do corpo, e depois da-se um chute colocando as pernas para trás;

KNESS TO ELBOWS- Significa “joelhos no cotovelo” o exercício é feito quando o indivíduo pendurado na barra, eleva-se os joelhos até estes tocarem os cotovelos.

PISTOL- Agachamento completo, feito com apenas uma perna;
Expressões usadas no levantamento de peso:

BENCH PRESS- Mesma coisa que supino;

DEADLIFT- A tradução é levantamento terra, consiste em tirar um peso do chão até o corpo ficar reto, mas sem usar a elevação dos braços;

CLEAN e JERK- Arremesso, significa tirar o peso do chão e leva-lo acima da cabeça, feito em dois tempos, clean (1º) e jerk (2º);

HANG- Suspender, é a movimentação iniciada com a barra fora do chão, em maiorias das vezes usa-se a altura dos joelhos;

POWER- Neste momento a barra deve ser sustentada antes do quadril e depois desce até a linha dos joelhos;

SNATCH BALANCE- É a fase final de entrada embaixo da barra, mas ainda assim, é considerado um exercício;

SQUAT- Agachamento também completo, feito com as duas pernas;

OHS- abreviação de Over Head Squat, consiste em fazer agachamento com arranque, faz com que haja posicionamento correto da barra no final do movimento, indica flexibilidade do ombro e também coordenação do corpo.

O que o instrutor/personal faz nas aulas de Crossfit

É inegável que as aulas de Crossfit ganham cada vez mais espaços nas academias brasileiras e agregam adeptos ao esporte. O ambiente apresentado e a variedade dos exercícios oferecidos ao aluno durante uma aula de Crossfit quebram aquela rotina de treinos conhecida nos outros gêneros e que muitas vezes afasta os alunos das academias.

Diferenciado justamente por apresentar a cada dia um treinamento diferente, o Crossfit quebra paradigmas ao propiciar aos seus praticantes todos os benefícios de uma atividade física (como perda de peso rápida e modelação dos músculos) adquiridos basicamente através de exercícios simples que simbolizam ações presentes no nosso cotidiano. São movimentos funcionais primários como pular, puxar, correr, etc; entretanto, realizados em alta intensidade.

Pra quem estiver interessado em praticar o Crossfit mas não sabe o que o espera pela frente, nesse artigo vamos falar um pouco sobre o que o instrutor/personal faz nas aulas de Crossfit.

Primeiramente, é de extrema importância procurar uma academia que ofereça as aulas de Crossfit e tenha um instrutor devidamente habilitado. Para ser instrutor de Crossfit, o profissional deve ser licenciado pela própria marca americana (Crossfit Inc.) através de seus cursos de capacitação.

Nesses cursos, o candidato passa por treinamentos e adquire bases e princípios sobre a metodologia de trabalho e regime de treinamentos totalmente alinhados com os pensamentos originais do fundador do esporte.

As primeiras aulas serão para você adquirir movimentos fundamentais do esporte para na sequência se apresentar às aulas coletivas. Interessante frisar que para os iniciantes, não é aconselhável treinar todos os dias. Conhecer as limitações do nosso corpo e respeitá-las é primordial para evitar lesões e alcançar bons resultados no esporte.

A aula é dividida em etapas. Como é sabido, antes de qualquer prática esportiva é de suma importância aquecer o corpo. Após o aquecimento, começa a série de exercícios previamente elaborados por seu instrutor, se adequando aos seus limites físicos, visando a bateria de exercícios pesados do WOD (Work Out of the Day – ‘Trabalho do dia’, em tradução livre).

Por se tratar da união de várias modalidades, são inúmeras as possibilidades de exercícios a se executar durante uma aula de Crossfit, com duração média de 60 minutos.

Rotina do CrossFit

Como já dito anteriormente, não existe rotina nos treinamentos do Crossfit e são várias as combinações de exercícios a se realizar. Com o auxílio de equipamentos apropriados executam-se atividades como levantamento de peso, barras fixas, flexões de braço, agachamentos, saltos, abdominais, corridas, corda naval, além de exercícios livres, sem a necessidade de equipamentos, como é o caso do burpee, que apesar de não utilizar equipamentos, é um atividade aeróbica que exige muita coordenação motora, força e potência de explosão para a prática.

Ainda, dependendo do instrutor, pode realizar levantamento olímpico, pedaladas, wallball, paradas de mão, corridas, supino, remadas. Geralmente são disponibilizados acessórios como remo ergométrico, barras simples e paralelas, caixas de pilometria, box para saltos, halteres, cordas naval, saco de areia, pneus... Sempre visando o fortalecimento e a potência do nosso corpo de uma maneira geral através da realização de atividades que correspondem ao nosso dia a dia, além de gerar uma variedade na execução dos exercícios. Isso quer dizer que sempre terá uma novidade disponível para as aulas de Crossfit não cair na rotina.

Consulte um especialista

Sempre lembrando que todo exercício requer consulta prévia de um médico especialista para assegurar suas condições clínicas, muita hidratação, foco e determinação.

Dicas de nutrição para quem pratica crossfit

A prática de crossfit é intensa e, portanto, requer uma boa nutrição para ajudar na recuperação pós-treino

O programa crossfit vem conquistando espaço nas academias cada vez mais. Ela é indicada para quem deseja melhorar o físico e, principalmente, aproveitar seus múltiplos benefícios, como redução de stress, equilíbrio e flexibilidade.

Mas para aproveitar o melhor dos treinos é importante cuidar da nutrição a fim de melhorar o condicionamento e a recuperação muscular.

Neste artigo vamos abordar algumas dicas de nutrição para quem pratica crossfit.

  1. Evite alimentos industrializados

Por mais que você goste de uma lasanha ou qualquer outra refeição pronta para consumo, alimentos industrializados são proibidos para quem pratica crossfit. Produtos refinados também devem ser evitados, como o açúcar.

Prefira alimentos como o frango, peixe ou peru, que são ricos em proteínas magras, frutas e verduras, além de grãos como o feijão.

  1. Consuma alimentos ricos em carboidrato

Uma a duas horas antes do treino de crossfit é importante se alimentar corretamente também. Ingerir frutas (ou mesmo o suco da fruta) e torradas são uma ótima maneira de preparar o corpo para atividade.

duas horas após o treino, é recomendável outros alimentos ricos em carboidrato, como massas, pães, arroz, batata, assim como o frango, peru ou peixe.

  1. Inclua bebida esportiva durante o treino

Você já deve ter visto diversas vezes atletas ingerindo bebida esportiva durante e após o treino, e muitos podem duvidar do seu poder de hidratação.

Diferente da água que, em grande quantidade ajuda a hidratar o corpo, as bebidas esportivas, como o isotônico, repõe os eletrólitos perdidos (potássio, sódio, entre outros), a perda de água e de glicose, evitando a fadiga muscular e o aumento de pressão.

  1. Tome vitaminas

Um exercício intenso como o crossfit requer suplementos que possam devolver ao organismo a energia, força física e mental que são bastante explorados nos treinos.

A dica é usar multivitamínicos que inclui muitas vitaminas essenciais para manter o organismo sadio.

Conheça a dieta paleo para quem pratica crossfit

A dieta conhecida como Paleo tem a ver com alimentos que eram ingeridos na era paleolítica, ou seja, no tempo das cavernas.

Naquele tempo, os homens comiam tudo que não era processado e geneticamente transformados, o que, nos dias de hoje, são responsáveis pela baixa imunidade, problemas gastrointestinais, refluxo ácido, falta de energia e dermatites, por exemplo.

Seguindo essa dieta Paleo, o praticante de crossfit não pode ingerir alimentos industrializados, mas também, nem grãos, pois segundo especialistas, os grãos são compostos de fifatos, lectinas e glúten, possíveis causadores de intolerâncias e inflamações no sistema digestivo.

Confira alguns alimentos que compõe uma boa dieta paleo:

Legumes:

Pimentão;

Chuchu;

Abobrinha;

Beterraba;

Cenoura;

Pepino;

Abóbora;

Batata-doce;

Inhame;

Batata baroa.

Verduras:

Couve-flor;

Folhas verdes;

Couve;

Brócolis.

Frutas:

Kiwi;

Manga;

Mamão;

Lima;

Amora;

Pera;

Laranja.

Oleaginosas:

Castanha portuguesa;

Avelã;

Macadâmia;

Nozes;

Castanha-do-pará;

Castanha de caju;

Amêndoas.

Óleos:

Óleo de coco;

Óleo de abacate;

Óleo de linhaça (com moderação);

Azeite de oliva.

O praticante de crossfit que quiser aderir à dieta paleo também não pode consumir nenhum tipo de óleo como o de canola, milho, soja e de girassol, levando-se em conta que esses não existiam na época paleolítica. Bem como margarina, produtos laticínios, bebidas alcoólicas destiladas, adoçantes artificiais e açúcar refinado também estão na lista dos proibidões.

Com essas dicas de nutrição, quem pratica crossfit estará mais preparado para manter a saúde em dia.