Present Perfect Continuous e Present Perfect

Aprenda quando utilizar estes dois tempos verbais e saiba como formá-los. Veja também exemplos práticos de sua utilização com a devida tradução.

Apesar do Present Perfect Continuous e do Present Perfect possuírem “present” em sua denominação, eles representam o passado.

Contudo, qual o motivo de ter “present”? Pelo simples fato de que estamos nos referindo a algo que aconteceu no passado, mas no tempo atual (presente) ainda não foi concluído.

Aprenda neste artigo como utilizar cada um destes tempos verbais e veja exemplos de frases.

Present Perfect

O present perfect tem sua dificuldade, principalmente para nós brasileiros, por um simples motivo: não existe um tempo verbal equivalente na nossa língua.

Ao começar a estudar inglês, a primeira coisa que fazemos é buscar uma equivalência para o nosso dia-a-dia, mas em alguns casos, isso não é possível, como ocorre neste tempo verbal do inglês.

Como é a estrutura do present perfect?Pessoa + have ou has + verbo principal no particípio + o complemento da frase.

Falamos anteriormente que esta é uma forma verbal que não possui equivalência em nossa língua portuguesa. Mas então, quando ela é utilizada?

São três situações em que podemos utilizar este tempo verbal. Vamos conhecer cada uma delas:

1. Algo que começou no tempo passado e ainda está acontecendo no tempo presente.

Veja este exemplo: I have worked at Microsoft since 1998.

Nesta frase, estamos dizendo: “Eu trabalho na Microsoft desde 1998”. O fato de começar a trabalhar na Microsoft em 1998 indica um fato ocorrido no passado, mas o sujeito ainda não saiu da empresa, ou seja, ainda está acontecendo no tempo presente.

2. A segunda situação onde utilizamos o present perfect é quando algo aconteceu em um determinado período de tempo e o efeito disso ainda pode ser sentido hoje. Confira estes dois exemplos abaixo:

  • You have changed so much since we married. (Você mudou tanto desde que nos casamos.)
  • I have had ten meetings this month. (Tive dez reuniões este mês.)

No primeiro exemplo vemos o fato de algo ter acontecido com o decorrer do tempo (desde que casamos) e o efeito ainda ser sentido atualmente (você mudou tanto). 

Já no segundo exemplo, a indicação é de que ele teve reuniões, mas não acabou ainda, ou seja, terá mais.

3. A outra situação na qual utilizamos o present perfect é quando aconteceu algo no passado, mas não importa quando isso aconteceu.

O único detalhe para a aplicação deste tempo verbal é ter em mente que este fato acontecido no passado precisa ou ser muito marcante ou ainda poder ser sentido no tempo presente.

Você só não poderá utilizar quando indicar datas exatas, como anos.

Exemplo: I have been to New York. (Eu já estive em Nova Iorque). A viagem aconteceu no passado e foi um fato marcante para mim, por isso, posso utilizar o present perfect.

Caso se detalhasse o ano em que esta viagem aconteceu (I have been to New York in 1999), não poderia ser utilizado este tempo verbal.

Present Perfect Continuous

Este é um tempo verbal utilizado para mencionar algo que começou no tempo passado e que continua acontecendo até agora. Este tempo verbal é ainda conhecido por present perfect progressive, pois ele é progressivo, ou seja, ainda está acontecendo.

Como a frase denota algo que ainda está acontecendo, algo que tem uma ideia de continuidade (continuous), então precisamos utilizar o verbo com -ing. E qual a única forma de utilizar o -ing? Adicionando o verbo to be na frase. No caso, iremos aplicar o been na frase.

Como compor este tempo verbal? É muito simples montar esta frase utilizando este tempo verbal. Basta seguir a regra: pessoa + have ou has + been + verbo com -ing + complemento da frase.

Confira os exemplos abaixo:

  • I've been living in London since 2010. (Moro em Londres desde 2010). A frase denota algo que ainda está acontecendo. Em 2010 ele se mudou e hoje ainda está morando lá.
  • She’s been waiting for you for 30 minutes. (Ela está esperando por você há 30 minutos). Ela continua esperando, ou seja, a ação ainda não terminou.

Como você percebeu, este é um caso mais simples de entender do que o anterior, que não tinha equivalência na língua portuguesa. Aqui, simplesmente utilizamos quando nos referimos a algo que aconteceu e que ainda está acontecendo.

Utilizando o present perfect continuous em perguntas

Quando você utilizar o "how long" (há quanto tempo) para perguntar há quanto tempo uma determinada ação está acontecendo, utilizamos o have/has + pessoa + been + verbo -ing, aplicando assim o present perfect continuous.

Veja algumas perguntas possíveis de serem realizadas neste tempo verbal:

  • How long have you been playing soccer? (Há quanto tempo você joga futebol?);
  • How long has he been living in Brazil? (Há quanto tempo você mora no Brasil?).

Para utilizar o present perfect continuous a ação tem que ter começado no passado e ainda estar acontecendo atualmente.

Have ou has?

Tanto no present perfect continuous quanto no present perfect devemos utilizar a pessoa + have ou has.

No entanto, quando devemos utilizar o have e quando devemos utilizar o has?

Isso vai depender da pessoa que irá compor as frases. Ao utilizar I, You, We e They usamos o have.

  • I have a car;
  • You have a bike;
  • They have a car.

O uso do has é restrito para os pronomes He, She e It:

  • He has a book;
  • She has a pen;
  • Mary has a cat.

Quando utilizar cada um dos tempos verbais

Como você já conferiu nos exemplos anteriores, ambos os tempos verbais indicam algo que aconteceu no passado, mas que ainda não foi concluído.

Então qual a diferença entre ambos? No present perfect continuous algo aconteceu no passado, mas continua acontecendo no presente. Já no present perfect, algo aconteceu no passado, mas você não continua fazendo.

Compartilhe

Especial Concurso BB

Veja mais »