Acentuação gráfica

Com a reforma ortográfica, uma das modalidades do português que sofreu alteração foi a acentuação gráfica.

A acentuação está relacionada com a ortografia, sistema convencional que representa a correta escrita da língua, e com a prosódia, estudo que trata do conhecimento da sílaba predominante, chamada sílaba tônica. Para proferirmos corretamente as palavras, é necessário que saibamos sobre os seus sons, fazendo assim o uso de maior ou menor intensidade conforme a sílaba tônica.

Às sílabas de menor intensidade atribuímos o nome de sílabas átonas, ou seja, sílabas que são pronunciadas com pouca intensidade tonal. A acentuação gráfica diz respeito ao estudo das regras que disciplinam o uso adequado dos sinais que indicam a posição da sílaba tônica, entre outras particularidades, como o timbre e a nasalização das vogais.

É importante ressaltar que as regras de acentuação na língua portuguesa sofreram uma recente reforma, quando entrou em vigor, no dia 1° de janeiro de 2009, as Novas Regras Ortográficas da Língua Portuguesa. Essas regras ainda geram muitas dúvidas, especialmente no que se refere à acentuação gráfica.

Claro que as regras de acentuação são complexas e até mesmo indecifráveis para muitas pessoas, mas a partir de seu estudo, poderemos estabelecer uma relação de familiaridade, o que facilitará em muito a prática das normas na linguagem escrita.

Regra das Oxítonas

A acentuação gráfica para as palavras oxítonas também teve uma alteração.

Esteja atento para saber identificar quando uma palavra é oxítona, essa é cuja palavra tem a última sílaba como sendo tônica.

Uma regrinha para se acentuar uma palavra oxítona corretamente é quando as palavras são terminadas em:

  • a (s): Amapá
  • o (s): avós
  • e (s): vocês
  • em, ens: reféns

Outra dica para acentuar Oxítonas é acentuar ditongos abertos. Ditongo aberto é quando une uma vogal de som aberto com uma semivogal, veja exemplos abaixo:

  • éi (s): papéis
  • éu (s): troféu
  • ói (s): heróis

E por fim, as oxítonas terminadas em:

  • i (s): Piauí
  • u (s): Tuiuiú

Regra das Paroxítonas

As palavras são paroxítonas quando a penúltima sílaba é tônica e estas são acentuadas quando terminada em:

  • l: lavável
  • n: pólen
  • r: repórter
  • x: tórax
  • i (s): lápis
  • u (s): bônus
  • ps: bíceps
  • ã: ímãs
  • ão (s): sótão
  • um (uns): álbum

São acentuadas também as paroxítonas terminadas em ditongos orais que são seguidas ou não de s. Ditongos orais tem uma pronúncia da sílaba mais fechada.

  • Vácuo
  • Insônia
  • Subúrbio

Outra regra que vale a pena não esquecer é que não é mais acentuado o “i” e o “u” em palavras paroxítonas quando as mesmas vierem depois de ditongo, veja exemplo abaixo:

  • feiura
  • Bocaiuva

Regra das Proparoxítonas

As proparoxítonas são palavras que têm a sílaba tônica como antepenúltima.

Essa é a regra mais fácil da acentuação gráfica, pois todas as proparoxítonas são acentuadas.

Regra dos Monossílabos

Os monossílabos tônicos podem ou não serem acentuados. São acentuadas todas as palavras monossílabas tônicas terminadas em:

  • a (s): má
  • e (s): ré
  • o (s): dó

Há também os ditongos monossilábicos abertos que são acentuados:

  • éi (s): géis
  • éu (s): céu
  • ói (s): sóis

Regra do Ditongo Aberto

Com a nova regra de acentuação gráfica, os ditongos abertos, “éi” e “ói” agora não são mais acentuados quando estão em uma palavra paroxítona. Veja alguns exemplos de antes e depois:

  • alcatéia -> alcateia
  • andróide -> android
  • bóia -> boia
  • Coréia -> Coreia

Regra do Hiato

Para a regra de acentuação gráfica referente aos hiatos, são acentuados o “i” e o “u” tônicos quando estes formam hiato com a vogal anterior, ficando em sílabas sozinhos ou em sílabas com a letra s. Veja exemplos abaixo:

  • sa-í-da
  • fa-ís-ca
  • sa-ú-de

Prestar atenção às regras e se dedicar a aprender a nova gramática, que inclui a acentuação gráfica, abre portas para boas oportunidades profissionais e pessoais.

REVISANDO...

Monossílabos Tônicos

Os monossílabos tônicos são aqueles que possuem uma intensidade maior, que não precisam se apoiar em outra palavra para possuir um valor fonético – ou seja, elas sozinhas já fazem sentido.
Lembre-se que a palavra “fonético” está ligada ao som das palavras, então, se os monossílabos tônicos possuem um valor fonético maior, elas são aquelas cujo som é mais forte. E justamente por possuir um som mais forte, a maioria deles tem ascento.
Acentuam-se todas as palavras monossílabas tônicas terminadas em -a(s), -e(s), -o(s). Exemplos:

-Má(s)
-rês
-cós

Oxítonas

Acentuam-se as palavras oxítonas terminadas em -a(s), -e(s), -o(s), -em, -ens. Exemplos:

-Vatapá(s)
-jacaré(s)
-café(s)
-maiô(s)
-bisavô(s)
-vintém
-parabéns

Paroxítonas

Acentuam-se as palavras paroxítonas terminadas em -l, -n, -r, -x, -i(s), -u(s), -ão(s), -ã(s), -on(s), -um, -uns, -ps e ditongos seguidos ou não de -s. Exemplos:

-difícil
-sêmen
-caráter
-fênix
-táxi(s)
-vírus
-órgão(s)
-órfã(s)
-próton(s)
-álbum
-fóruns
-bíceps
-aéreo(s)

Atenção:
-As palavras paroxítonas terminadas em -n são acentuadas no plural (-ns). Exemplos:
-hifens
-polens
-semens

-As palavras paroxítonas terminadas em -em, -ens não são acentuadas. Exemplos:

-item
-mentem
-jovens
-imagens

Proparoxítonas

Acentuam-se todas as palavras proparoxítonas. Exemplos:

-álgebra
-pólvora
-lúcido
-relâmpago
-trânsito

Ditongos Abertos

Acentuam-se os ditongos abertos -éu(s), éi(s) e -ói(s). Exemplos:

-troféu(s)
-anéis
-jóia

Hiatos

Hiato é o nome que se dá quando 2 vogais estão juntas porém em sílabas vizinhas. O hiato diferencia-se de um ditongo e de um tritongo pelo fato de ser constituído por duas vogais e, consequentemente, ser pronunciado em dois esforços de voz. Ou seja, as palavras têm a maior inflexão de voz na antepenúltima sílaba.

a) Acentuam-se as vogais -i e -u tônicas dos hiatos, seguidas ou não de s, na sílaba tônica. Exemplos:

-cocaína
-uísque
-ciúme
-conteúdo

Atenção:
Não se acentuam, porém, os hiatos seguidos de l, m, n, r, z ou do dígrafo nh. Exemplos:

-paul
-ruim
-ainda
-sairmos
-raiz
-bainha