13º salário do INSS pode sofrer descontos em 2021; confira os detalhes

No 13º salário do INSS, a tributação do imposto de renda varia conforme os benefícios recebidos pelos aposentados e pensionistas. Entenda como funciona.

Descontos no 13º salário do INSS: fachada de uma das unidades do INSS

Os valores atualizados do 13º salário podem ser consultados por meio do site Meu INSS. - Foto: Wikimedia Commons

O 13° salário do INSS 2021 já começou a ser pago para quem, durante o ano, recebeu aposentadoria, pensão por morte, auxílio-doença, auxílio-acidente ou auxílio-reclusão. Entretanto, a tributação do imposto de renda varia conforme os benefícios recebidos por meio do Instituto Nacional do Seguro Social. É possível, então, que o 13º salário sofra descontos nas parcelas previstas para os beneficiários.

Como funciona? Caso recebam benefício superior a R$ 1.903,98, os segurados com idade igual ou menor do que 64 anos não vão receber a segunda parcela integral do 13º salário. Aqueles com idade superior a 65 anos, por sua vez, só passam por essa tributação se receberem benefício do INSS que extrapole R$ 3.807,93. Os valores atualizados do 13º salário podem ser consultados por meio do site Meu INSS.

Sobre o 13º salário do INSS em 2021

O pagamento do 13° salário do INSS foi antecipado pelo governo federal, conforme calendário divulgado pelo secretário especial de Previdência e Trabalho do Ministério da Economia. Nesta terça-feira (25/05), a 1ª parcela já começou a ser paga para os aposentados e pensionistas. As datas variam conforme o último dígito do benefício.

Com o 13º salário para aposentados e pensionistas do INSS, o propósito é de que pelo menos 31 milhões de segurados possam ter acesso ao benefício, que será pago em duas parcelas. Ao todo, devem ser injetados cerca de R$ 52 bilhões na economia brasileira, incentivando a recuperação financeira em meio à crise ocasionada pela pandemia.

Vale destacar que, de início, o 13º salário do INSS seria liberado em abril, assim como aconteceu no ano passado. No entanto, o atraso na votação do Orçamento 2021 impediu que o benefício fosse antecipado no prazo previsto. O 13º salário do INSS, dessa forma, será efetuado entre os meses de maio e julho. Lembrando que os atendidos pelo Benefício de Prestação Continuada (BPC) não entram na lista.

Bruno Destéfano
Redator
Nasceu no interior de Goiás e se mudou para a capital, Goiânia, no início de 2015. Seu objetivo era o de cursar Jornalismo na UFG. Desde o fim de sua graduação, já atuou como roteirista, gestor de mídias digitais, assessor de imprensa na Câmara Municipal de Goiânia, redator web, editor de textos e locutor de rádio. Escreveu dois livros, sendo um de ficção e outro de não-ficção. Também recebeu prêmios pela produção de um podcast sobre temas raciais e por seu livro-reportagem "Insurgência - Crônicas de Repressão". Atualmente, trabalha como redator web no site "Concursos no Brasil" e está participando de uma nova empresa no ramo de marketing digital.

Compartilhe

Especial Auxílio Emergencial

Veja mais »