13º para aposentados e pensionistas do INSS será antecipado; entenda

O presidente Jair Bolsonaro, na última terça-feira (04/05), assinou decreto que antecipa o 13º salário para aposentados e pensionistas do INSS. Saiba mais.

Antecipação do 13º para aposentados e pensionistas do INSS: fachada de umas das unidades do INSS

Desde a votação da Lei Orçamentária Anual 2021, o governo pretendia antecipar o 13º salário do INSS. - Foto: Pedro França/Agência Senado

Para amenizar os efeitos econômicos ocasionados pela pandemia, o presidente Jair Bolsonaro assinou decreto que antecipa o 13º salário aos aposentados e pensionistas do INSS (Instituto Nacional do Seguro Social).

Os pagamentos são geralmente feitos nos meses de agosto e novembro de cada ano. Com a antecipação confirmada, o 13º salário será pago em duas parcelas.

A primeira deverá ser efetuada entre os dias 25 de maio e 08 de junho de 2021, enquanto a segunda será paga de 24 de junho a 08 de julho do mesmo ano. De acordo com o governo, a medida faz parte do pacote para estimular a atividade econômica no país.

A mesma estratégia, inclusive, foi aplicada no ano passado. Na época, as duas parcelas do 13º salário foram pagas em abril e maio, respectivamente.

INSS: antecipação do 13º salário para aposentados e pensionistas

Desde a votação da Lei Orçamentária Anual 2021, o governo pretendia antecipar o 13º salário do INSS. O objetivo é de aumentar a renda de aposentados e pensionistas, no sentido de incentivar a recuperação econômica.

Com a antecipação assinada na última terça-feira (04/05), a expectativa é de que sejam injetados cerca de R$ 52,7 bilhões na economia brasileira. Em contrapartida, vale lembrar que o governo brasileiro decidiu adiar os pagamentos do abono salarial PIS/Pasep que seriam feitos no segundo semestre de 2021.

A decisão foi anunciada no final de março, quando os integrantes do Codefat seguiram a sugestão do próprio governo. Por meio de novo cronograma, os trabalhadores que receberiam no segundo semestre, dessa maneira, terão que esperar até 2022.

Bruno Destéfano
Redator
Nasceu no interior de Goiás e se mudou para a capital, Goiânia, no início de 2015. Seu objetivo era o de cursar Jornalismo na UFG. Desde o fim de sua graduação, já atuou como roteirista, gestor de mídias digitais, assessor de imprensa na Câmara Municipal de Goiânia, redator web, editor de textos e locutor de rádio. Escreveu dois livros, sendo um de ficção e outro de não-ficção. Também recebeu prêmios pela produção de um podcast sobre temas raciais e por seu livro-reportagem "Insurgência - Crônicas de Repressão". Atualmente, trabalha como redator web no site "Concursos no Brasil" e está participando de uma nova empresa no ramo de marketing digital.

Compartilhe

Especial Auxílio Emergencial

Veja mais »