Lucro do FGTS: R$ 5,9 bi podem ser pagos a partir de agosto; confira

De acordo com a Caixa Econômica Federal, o lucro do FGTS geralmente é distribuído durante o mês de agosto de cada ano. Confira mais detalhes.

O Fundo de Garantia por Tempo de Serviço (FGTS), no ano passado, registrou cerca de R$ 8,46 bilhões em lucros. Uma parte dessa quantia, por sua vez, será distribuída aos trabalhadores que, em 31 de dezembro de 2020, tinham saldo positivo. O lucro do FGTS será provavelmente repassado em agosto, mas o governo ainda não liberou o calendário oficial de pagamento.

É possível que informações atualizadas sejam disponibilizadas ao longo das próximas semanas. Até porque ainda não existe previsão do montante específico que será transferido para os trabalhadores, considerando o lucro do FGTS total de R$ 8,46 bilhões.

Lucro do FGTS pode ser distribuído em agosto

De acordo com a Caixa Econômica Federal, o lucro do FGTS geralmente é distribuído durante o mês de agosto de cada ano. A instituição bancária fica responsável por todo gerenciamento do Fundo de Garantia por Tempo de Serviço.

Mesmo com o considerável lucro do FGTS em 2020, a quantia ainda é menor ao compará-la com períodos anteriores. Isso porque, em 2019, houve acúmulo de R$ 11,3 bilhões. O lucro do FGTS de 2020 apresentou queda principalmente devido ao contexto de pandemia. A arrecadação teve baixa de 13,4%; despesas, 9%.

Lembrando que a quantia do lucro do FGTS segue as modalidades estabelecidas pela Lei 8.036/90. Dessa forma, o dinheiro poderá ser movimentado em caso de:

  • Demissão sem justa causa;
  • Aposentadoria;
  • Término de contrato por prazo determinado; ou
  • Uso para a compra da casa própria.

Isso quer dizer que as demais modalidades, como saque-aniversário e saque imediato, não estão integradas no contexto da distribuição do lucro do FGTS.

Compartilhe

Especial Concurso BB

Veja mais »