Adiamento das provas do concurso PRF: “Ainda não sabemos”, diz Hott

José Lopes Hott, ex-diretor da corporação, disse que ainda não sabe sobre um possível novo adiamento das provas do concurso PRF e promete informações.

Adiamento das provas do concurso PRF: “Ainda não sabemos”, diz Hott; agente da PRF em serviço

Concurso PRF terá 1.500 vagas. - Foto: PRF Paraná/ Flickr

De acordo com o ex-diretor-executivo da Polícia Rodoviária Federal, José Lopes Hott, o adiamento das provas do concurso PRF ainda é uma incógnita. Segundo ele, ainda não se sabe sobre um novo cancelamento.

Apesar de não se mais o diretor-executivo da PRF, José Hott esteve diretamente envolvido com a realização do certame ao longo de 2020 e o começo de 2021. Portanto, ele costuma tirar dúvidas de concurseiros online.

“Sei que boa parte de vocês seguem na dúvida se a prova acontece ou não acontece. Nós também ainda não sabemos, eu não sei, mas quero ficar aqui com vocês, com o compromisso de, tão logo a gente tenha a decisão da gestão da PRF sobre a realização da prova no dia 9 [de maio] ou no eventual adiamento, de a gente voltar a conversar aqui”, disse o ex-diretor durante uma live no Instagram.

As provas do concurso PRF seriam realizadas em 28 de março de 2021. No entanto, por causa da pandemia provocada pela COVID-19, as avaliações foram remarcadas para o dia 09 de maio de 2021, pelo Cebraspe (banca organizadora).

Cebraspe começou a chamar fiscais de prova

Mesmo com a dúvida sobre o possível cancelamento, o Cebraspe começou a chamar fiscais de prova para o concurso PRF. Em seu site, a banca organizadora do certame já fez um levantamento sobre a disponibilidade dos candidatos. No entanto, vale lembrar que o primeiro aviso da remarcação ocorreu com apenas cinco dias de antecedência.

No começo do mês de abril, o presidente Jair Bolsonaro afirmou aos seus apoiadores, na entrada do Palácio da Alvorada, que as provas dos concursos Polícia Federal e PRF não serão adiadas novamente.

Sobre o concurso PRF

O concurso PRF tem como objetivo ofertar 1.500 vagas para o cargo de Policial Rodoviário Federal, com remuneração inicial de R$ 9.899,88. A organização será do Cebraspe e haverá as seguintes fases e etapas:

  • Provas objetivas (1ª fase);
  • Provas discursivas;
  • Avaliação psicológica;
  • Procedimento biopsicossocial (exclusivo para PcD);
  • Heteroidentificação (somente autodeclarados negros);
  • Teste de Aptidão Física (TAF);
  • Prova de títulos;
  • Avaliação médica;
  • Investigação social;
  • Curso de Formação Profissional (2ª fase).
Carlos Rocha
Redator
Jornalista formado (UFG), atualmente redator no site Concursos no Brasil. Foi roteirista do Canal Fatos Desconhecidos (YouTube) por um ano e meio. Produziu conteúdo de podcast para o Deezer. Fez parte da Rádio Universitária (870AM) por três anos e meio como apresentador no Programa Fanático e como repórter, narrador e comentarista da Equipe Doutores da Bola. Fã de futebol, NFL e ouvinte de podcast.

Compartilhe

Especial Auxílio Emergencial

Veja mais »