Americanas abre vagas para o seu programa de trainee; veja os detalhes

Nas Americanas, o programa de trainee tem o objetivo de inserir profissionais recém-formados no mercado de trabalho. Inscrições abertas até 30 de maio.

Programa de trainee das Americanas: banner do programa de trainee das Americanas em fundo alaranjado

É necessário ter nível superior em qualquer área (formação concluída entre junho de 2019 e junho de 2021). - Foto: Reprodução/Americanas

Neste ano de 2021, a empresa Americanas lançou o seu programa de trainee. Serão ofertadas oportunidades nas áreas seguintes áreas: Comercial e Marketing; Planejamento e Distribuição; Financeiro; Gente e Gestão; Tecnologia e Inovação. Os serviços serão inicialmente prestados em modalidade remota, mas os profissionais devem ter disponibilidade para morar na cidade do Rio de Janeiro.

Também será necessário ter nível superior em qualquer área (entre junho de 2019 e junho de 2021). O programa trainee das Americanas terá duração máxima de 12 meses. Durante a metade do período, os profissionais vão atuar em rodízio de tarefas para que eles conheçam todos os setores da empresa. Nos últimos seis meses, os trainees serão alocados em uma das unidades e devem participar de treinamentos.

Benefícios inclusos para trainees das Americanas

Nas Americanas, o programa de trainee tem o objetivo de inserir profissionais recém-formados no mercado de trabalho. Confira os benefícios incluídos no programa da empresa:

  • Salário compatível com o mercado;
  • Auxílio refeição;
  • Seguro de vida;
  • Plano de saúde e odontológico;
  • Descontos em produtos das lojas físicas e online;
  • Convênio com diversas instituições em todo o país.

Como se inscrever no programa de trainee das Americanas

As inscrições para o programa de trainee estarão abertas até o dia 30 de maio de 2021 (prazo previsto). Para isso, será necessário acessar o site do projeto e seguir as instruções indicadas ao clicar no botão “candidatar-se para a vaga”.

Todo o processo seletivo será feito pela internet, com a realização de testes de perfil e análise de casos. De acordo com a empresa, a qualificação acadêmica será considerada como um diferencial na hora de selecionar os candidatos (pós-graduação, MBA ou mestrado).

Bruno Destéfano
Redator
Nasceu no interior de Goiás e se mudou para a capital, Goiânia, no início de 2015. Seu objetivo era o de cursar Jornalismo na UFG. Desde o fim de sua graduação, já atuou como roteirista, gestor de mídias digitais, assessor de imprensa na Câmara Municipal de Goiânia, redator web, editor de textos e locutor de rádio. Escreveu dois livros, sendo um de ficção e outro de não-ficção. Também recebeu prêmios pela produção de um podcast sobre temas raciais e por seu livro-reportagem "Insurgência - Crônicas de Repressão". Atualmente, trabalha como redator web no site "Concursos no Brasil" e está participando de uma nova empresa no ramo de marketing digital.

Compartilhe

Especial Auxílio Emergencial

Veja mais »