Aplicativo Caixa Tem falha ao entregar FGTS emergencial

Beneficiários reclamam de falhas do aplicativo Caixa Tem no pagamento do FGTS emergencial, acesso ao saldo e outros serviços que deram erro.

O aplicativo Caixa Tem passou por algumas falhas na entrega do FGTS emergencial nesta segunda-feira (29). De acordo com usuários, o sistema apresentava uma fila de espera demorada, erros ao acessar a conta e pagar boletos e, principalmente, atraso no pagamento do dinheiro. Em nota, a Caixa Econômica informou que de fato houve problemas pontuais por causa do grande número de acessos.

"Todavia, os usuários puderam concluir as operações em novas tentativas ao longo do dia com a normalização do volume. O banco implementa continuamente melhorias nas soluções de tecnologia, mas, considerando o grande volume de acessos, podem ocorrer intermitências no serviço nos momentos de maior concentração”, a Caixa afirmou. Segundo a instituição, o aplicativo Caixa Tem fica disponível todos os dias a qualquer hora para seus usuários.

Reclamações sobre as falhas do aplicativo Caixa Tem

Nas redes sociais, muitos beneficiários reclamaram das falhas do aplicativo Caixa Tem em entregar o FGTS emergencial. "Não consigo ver meu saldo no Caixa Tem e faço aniversário em janeiro. Mandaram eu entrar no link do aplicativo e tirar foto do meu documento e enviar pelo WhatsApp da Caixa, mas até agora está em análise", comentou um usuário do Twitter.

Outro ainda publicou dizendo que "depois da atualização do dia 27 de junho, não consigo mais entrar no Caixa Tem. Várias pessoas estão com o mesmo problema que eu, com o mesmo erro". Sobre a fila de espera, uma internauta contou sua experiência: "Estou no Caixa Tem e o tempo de espera passou de 35 para 52 minutos. Até virtualmente estão furando a fila".

Várias outras queixas foram feitas porque muitos beneficiários não conseguiram acessar o aplicativo, que dizia não haver CPF cadastrado. Mesmo quem chegou a abrir o Caixa Tem passou por dificuldades, como a Técnica em Segurança do Trabalho Erika Doelitzsch. Ela contou que, ao entrar no aplicativo, recebeu uma mensagem avisando o cancelamento do FGTS emergencial feito pela usuária.

No entanto, Erika não havia feito o pedido. "Havia um link para pedir de novo, mas, ao clicar, o aplicativo fechava. Quando entrei no site para consultar, apareceu uma caixa de mensagem avisando que a liberação estava em processamento. Até agora, ainda não aparece o crédito para mim”, afirmou.

Teve também o caso de Jonathan Lima. O rapaz que divide aluguel com o pai e que teve seu trabalho atingido pela pandemia de coronavírus, contava com o dinheiro para pagar as contas. “Desde ontem, todas as vezes em que consegui acessar, deu erro na visualização do saldo. Mesmo assim, tentei fazer pagamentos de boletos. Insisti 15 vezes, mas apareceu que minha conta não estava autorizada”, lamentou.

Em sua conta oficial do Twitter, a Caixa Econômica orientou os usuários a acessar o link do Caixa Tem. E afirmou ainda que no próprio aplicativo os beneficiários podem verificar as opções 'Preciso de ajuda' e 'Problemas com o cadastro'.

Calendário do FGTS emergencial

O FGTS emergencial foi autorizado pelo governo federal como outra forma de ajuda aos trabalhadores durante a crise de COVID-19. Assim, quem possui conta no Fundo de Garantia poderá retirar valores de até um salário mínimo (R$ 1.045). Para facilitar o pagamento do dinheiro, a Caixa criou poupanças digitais para quem possui FGTS e a entrega será feita pelo aplicativo Caixa Tem.

Apesar das falhas recentes, o dispositivo permite que os usuários utilizem o cartão virtual do Caixa Tem para fazer compras em estabelecimentos como farmácias e supermercados ou pagar contas. Nessa segunda-feira começou a ser liberado o dinheiro para as poupanças dos nascidos em janeiro, enquanto o saque só poderá ser feito em julho. Assim, as datas são:

Mês de nascimentoCrédito em conta poupançaSaque ou transferência
Janeiro29 de junho25 de julho
Fevereiro6 de julho8 de agosto
Março13 de julho22 de agosto
Abril20 de julho5 de setembro
Maio27 de julho19 de setembro
Junho3 de agosto3 de outubro
Julho10 de agosto17 de outubro
Agosto24 de agosto17 de outubro
Setembro31 de agosto31 de outubro
Outubro8 de setembro31 de outubro
Novembro14 de setembro14 de novembro
Dezembro21 de setembro14 de novembro

O saque e as transferências também vão requerer o uso do aplicativo Caixa Tem para liberar as operações. Aqueles que não quiserem receber o FGTS emergencial devem avisar a Caixa até 10 dias antes da liberação do crédito. Já para quem o dinheiro entrar na conta e não fizer nenhuma movimentação até 30 de novembro, terá o valor estornado para o Fundo.

Veja também:

Compartilhe

Especial Concurso BB

Veja mais »