TCE de Sergipe dá posse aos convocados em concurso público

Tribunal de Contas do Estado de Sergipe (TCE/SE) dá posse aos primeiros convocados em concurso público.

Cinco dos candidatos aprovados no concurso público realizado pelo Tribunal de Contas do Estado de Sergipe (TCE/SE) ao final do ano passado foram empossados na manhã desta segunda, 02, na Escola de Contas Conselheiro José Amado Nascimento (ECOJAN). Na ocasião, além do conselheiro-presidente, Carlos Alberto Sobral de Souza, e de familiares dos novos servidores, estiveram presentes representantes dos diversos departamentos que compõem a Corte de Contas.

"Para o Tribunal é uma grande satisfação porque implica na renovação de pessoas, ideias novas que essas pessoas trarão. Contribuirá também para a melhoria da qualificação técnica da Casa", ressaltou o conselheiro-presidente, que ao todo já anunciou a convocação de 10 candidatos.

Entre os outros cinco convocados, um apresentou toda a documentação, mas ainda não compareceu (poderá fazê-lo no prazo de 30 dias); dois desistiram, o que levou o Tribunal a convocar outros dois seguindo a ordem de classificação e os mesmos encontram-se na etapa de apresentação da documentação; e mais dois estão revalidando a assinatura digital junto à Fundação Carlos Chagas, pois houve divergência na validação inicial.

Na oportunidade deram as boas vindas aos novos servidores o auditor Francisco Evanildo de Carvalho, o procurador-geral do Ministério Público de Contas, José Sérgio Monte Alegre; o procurador João Augusto dos Anjos Bandeira de Mello; e o subprocurador Eduardo Santos Rolemberg Côrtes; além de três chefes de departamentos que ingressaram no TCE ao serem aprovados no concurso anterior: a coordenadora da ECOJAN, Patrícia Verônica, o diretor técnico Sidney de Melo Tavares, e o diretor de Controle Interno, Eleonaldo Soares.

Um dos empossados foi o analista de controle externo Fábio Augusto Silva Santos, que irá atuar na Coordenadoria de Engenharia. "Espero desempenhar meu trabalho da melhor forma possível junto com meus colegas para o bem da sociedade sergipana", afirmou Fábio.

Já a também analista de controle externo, Isabel Cristina Santos, aprovada para trabalhar nas Coordenadorias Técnicas, lembrou que a iniciativa de receber os novos servidores de uma forma diferenciada faz parte das modernas políticas de Recursos Humanos (RH). "Acredito que seja a forma mais correta. Faz parte inclusive das políticas de RH, que deveriam ser mais utilizadas nos órgãos públicos", concluiu.

Os outros empossados na manhã desta segunda foram o analista de controle externo Gidel Matos Braz (Coordenadorias Técnicas); e os técnicos de controle externo Edmar Almeida Cavalcante e Luciana Rodrigues Seixas. Após assinarem o termo de posse, os novos servidores foram conduzidos pelos setores do Tribunal.

Histórico

Dos 4261 candidatos inscritos, 3555 participaram da seleção realizada no dia 13 de novembro. Eles concorreram aos 20 postos de trabalho, divididos entre os cargos de Analista de Controle Externo - com exigência de nível superior em áreas específicas: Direito, Administração, Ciências Contábeis, Economia, tecnólogos na área de Informática e Engenharia Civil ou Arquitetura; e de Técnico de Controle Externo, onde foi exigido, a depender do cargo, o curso técnico de ensino médio em contabilidade ou o curso técnico de ensino médio em edificações ou de estradas.

Fonte: TCE de Sergipe

Compartilhe

Comentários