Autorização do concurso PF pode sair em breve

O presidente Bolsonaro publicou em seu Twitter que o edital do concurso PF deve sair logo mais com 2 mil vagas. Agora precisa do aval do MInistério da Economia.

concurso pf: a imagem mostra viatura da polícia federal na rua

O concurso pode ter vagas para nível superior. - Foto: Wikimedia Commons

Nesta segunda-feira (9), o presidente da Federação Nacional dos Policiais Federais (Fanapef), Luís Boudens, se reuniu com o diretor-geral da Polícia Federal, Rolando Alexandre. Após o encontro, ficou confirmado que o edital do concurso PF está próximo de ser lançado.

De acordo com Boudens, o Ministério da Economia fez apontamentos sobre o certame e teve suas dúvidas sanadas depois da reunião de segunda. Sendo assim, não há nenhum impedimento e o próximo passo é a publicação da autorização. "Estamos todos imbuídos para que saia o mais rápido possível", comentou o presidente da Fanapef.

As expectativas estão cada vez mais altas. Sobre o assunto, o presidente Jair Bolsonaro chegou a publicar em sua conta oficial do Twitter que o concurso PF ofertará duas mil vagas. Na postagem, Bolsonaro também afirmou que o edital “será publicado brevemente”.

Trâmites avançados para o concurso PF

Apesar de não haver uma data definida para o lançamento do edital, o Ministério da Economia deu parecer favorável à realização do certame. De acordo com o ministro da Justiça e da Segurança Pública, André Mendonça, trâmites do concurso PF já estão avançados. Além disso, ele ainda confirmou as duas mil vagas.

"A Polícia Federal alcançará o maior efetivo da sua história com a realização de um novo concurso, em breve, para o preenchimento de 2 mil vagas. O ministro André Mendonça exaltou o empenho do presidente Jair Bolsonaro na realização do certame e afirmou que os trâmites para publicação do novo edital estão avançados", pontuou o Governo Federal.

Agora, é provável que uma portaria autorizando a seleção seja publicada no Diário Oficial da União nos próximos dias. O texto irá dizer com certeza o número de vagas e suas lotações. A probabilidade de a oferta ser menor que duas mil oportunidades é muito pequena, uma vez que várias confirmações já foram dadas.

Detalhes do concurso PF

Depois do aval do Ministério da Economia, a Polícia Federal deve divulgar edital em até seis meses. De acordo com um cronograma previsto para a realização do concurso PF, o documento seria divulgado no próximo dia 08 de dezembro de 2020. Confira o possível calendário:

  • Assinatura do contrato com a organizadora: 23 de novembro de 2020;
  • Publicação de edital: 08 dezembro de 2020;
  • Aplicação das provas objetivas e discursivas: 11 de abril de 2021;
  • Teste de Aptidão Física: 12 a 13 de junho de 2021;
  • Aplicação do exame médico: 17 e 18 de julho de 2021;
  • Prova de digitação: 22 de agosto de 2021;
  • Avaliação psicológica: 26 de setembro de 2021;
  • Heteroidentificação de candidatos negros: 31 de outubro de 2021;
  • Avaliação de títulos: 22 a 26 de novembro de 2021;
  • Resultado final: 21 de dezembro de 2021;
  • 1º Curso de Formação: janeiro de 2022;
  • 2º Curso de Formação: julho de 2022;

As duas mil vagas devem ser divididas da seguinte maneira:

  • Agente da Polícia Federal: 1.016 vagas para profissionais de nível superior com remuneração de R$ 12.441,26;
  • Escrivão da Polícia Federal: 600 vagas para profissionais de nível superior com remuneração de R$ 12.441,26;
  • Delegado da Polícia Federal: 300 vagas para profissionais de nível superior em Direito com remuneração de R$ 23.130,48;
  • Papiloscopista: 84 vagas para profissionais de nível superior com remuneração de R$ 12.441,26.

A corporação também havia solicitado outras 508 vagas para apoio administrativo, tanto para nível superior quanto para nível médio. As ofertas só serão confirmadas com o lançamento do edital.

Isadora Tristão
Redatora
Nascida na cidade de Goiânia e formada em Jornalismo pela Universidade Federal de Goiás, hoje, é redatora no site "Concursos no Brasil". Anteriormente, fez parte da criação de uma revista voltada para o público feminino, a Revista Trendy, onde trabalhou como repórter e gestora de mídias digitais por dois anos. Também já escreveu para os sites “Conhecimento Científico” e “KoreaIN”. Em 2018 publicou seu livro-reportagem intitulado “Césio 137: os tons de um acidente”, sobre o acidente radiológico que aconteceu na capital goiana no final da década de 1980.

Compartilhe

Comentários

Especial PRF

Veja mais »