Auxílio de R$ 600 poderá ser estendido por mais tempo

Segundo Hamilton Mourão, o governo poderá estender o auxílio emergencial por mais tempo além dos três meses inicialmente estipulados.

Auxílio de R$ 600 poderá ser estendido por mais tempo: notas de 50

Veja os detalhes sobre o auxílio emergencial. - Foto: Pixabay

O auxílio de R$ 600 é uma medida do governo para ajudar trabalhadores informais, microempreendedores e desempregados durante o período de pandemia de coronavírus. Inicialmente, o benefício seria pago em três parcelas, contudo o vice-presidente da República, Hamilton Mourão, afirmou que “caso necessário, vamos ver, poderá ser mantida essa medida de auxílio a pessoas que estão desempregadas por mais um tempo”.

Até agora, a Caixa Econômica Federal já enviou o auxílio emergencial para mais de 50 milhões de brasileiros. Considerando isso, o presidente Jair Bolsonaro afirmou que “são três parcelas de R$ 600. Não está prevista ampliação, até porque cada parcela está na casa um pouco acima de R$ 30 bilhões”.

Já foram analisados cerca 97 milhões de cadastrados, segundo a Dataprev. Contudo, parte das solicitações foram consideradas inconclusivas por falta de dados ou informações divergentes. As pessoas que obtiveram esse resultado deverão refazer o cadastro para pleitearem o auxílio emergencial. Do número total, 21 milhões não se encaixavam nos requisitos e tiveram o benefício negado.

Por enquanto, ainda não se sabe por quanto irá durar o estado de emergência, portanto os beneficiários receberão o dinheiro conforme foi estabelecido no começo. As datas da segunda parcela do auxílio de R$ 600 serão publicadas ainda essa semana.

Como receber o auxílio emergencial

Você pode acessar o site da Caixa ou baixar o aplicativo Auxílio Emergencial e fazer seu cadastro com dados pessoais e bancários — veja aqui como se cadastrar. Então é só esperar a análise. Quem tiver o benefício aprovado poderá recebê-lo:

  • Na conta informada pelo solicitante;
  • Na poupança digital da Caixa.

Os beneficiários que obtiverem o auxílio de R$ 600 pela poupança digital poderão utilizá-lo para pagar contas e boletos ou fazer transferências diretamente pelo aplicativo Caixa Tem.

Também poderão sacar o auxílio emergencial em espécie, para isso:

  1. Abra o aplicativo Caixa Tem no celular e clique em "Entrar";
  2. Escolha a opção "Saque sem cartão";
  3. Clique em "Gerar código para saque" e depois em "Gerar código";
  4. Digite sua senha do app e aperte no botão laranja;
  5. Quando aparecer o código, tire um print da tela;
  6. Vá ao caixa eletrônico da Caixa mais próximo;
  7. Aperte o botão "Entra";
  8. Escolha a opção "Saque Auxílio Emergencial";
  9. Coloque CPF do solicitante e clique em "Confirmar".
  10. Digite o código validador e aperte no botão "Confirmar".
  11. Defina o valor de R$ 600 para saque e aperte em “Entra”.

Contudo, estes terão 90 dias para sacar o auxílio de R$ 600 para que ele não volte aos cofres da União. Mesmo que o dinheiro retorne para o governo, os solicitantes continuarão tendo direito ao benefício.

Isadora Tristão
Redatora
Nascida na cidade de Goiânia e formada em Jornalismo pela Universidade Federal de Goiás, hoje, é redatora no site "Concursos no Brasil". Anteriormente, fez parte da criação de uma revista voltada para o público feminino, a Revista Trendy, onde trabalhou como repórter e gestora de mídias digitais por dois anos. Também já escreveu para os sites “Conhecimento Científico” e “KoreaIN”. Em 2018 publicou seu livro-reportagem intitulado “Césio 137: os tons de um acidente”, sobre o acidente radiológico que aconteceu na capital goiana no final da década de 1980.

Compartilhe

Especial Auxílio Emergencial

Veja mais »