Auxílio emergencial 2021: Dataprev fará liberações de cadastros

Dataprev deverá utilizar a base de dados de 2020 para a liberação dos pagamentos do auxílio emergencial 2021.

Auxílio emergencial 2021: Dataprev fará liberações de cadastros, logo auxílio emergencial

Dataprev deverá manter mesmo papel de 2020. - Foto: Divulgação

Com a eminência da aprovação do auxílio emergencial 2021, milhões de brasileiros estão na expectativa da liberação dos recursos. Assim como em 2020, a Dataprev será a responsável por liberar os cadastros.

Apesar de ainda não ter sido divulgado, é bem provável que o beneficiário terá que checar no site da Dataprev se o auxílio emergencial 2021 será liberado ou não. No ano passado, eram solicitados o nome completo, data de nascimento e documento pessoal (RG ou CPF) para realizar as consultas.

Além de informar o interessado sobre a obtenção dos pagamentos, a Dataprev ainda comunicava sobre uma possível rejeição ao pedido e o motivo, permitindo que uma contestação pudesse ser feita. Tudo indica que as ferramentas estarão de volta em 2021.

Sobre o auxílio emergencial 2021

Conforme estimativas do governo federal, o auxílio emergencial 2021 deverá ter quatro parcelas de R$ 250. O objetivo é que os pagamentos comecem a ser feitos ainda no mês de março. O benefício só será liberado após a aprovação e sanção da PEC Emergencial, medida que define regras de controle de gastos de verbas públicas.

No momento, a PEC foi aprovada em dois turnos pelo Senado, mas ainda precisa passar pela Câmara. Depois disso, o presidente da república deverá sancionar a Lei.

Menos pessoas receberão o dinheiro

A PEC emergencial estima que a verba para os pagamentos do auxílio seja de até R$ 44 bilhões. O valor disponibilizado será bastante inferior ao que ocorreu em 2020. Naquele ano, o auxílio emergencial custou mais de R$ 200 bilhões aos cofres públicos.

Sendo assim, um menor número de pessoas receberá o dinheiro. O próprio governo, por meio do Ministério da Economia, indicou que há o desejo de cortar ao menos pela metade o número de beneficiários. Isso quer dizer que aproximadamente 34 milhões de pessoas deverão receber o auxílio emergencial 2021.

É bem provável que o governo utilize a base de dados coletada em 2020 para que haja uma filtragem mais rigorosos nos pagamentos de 2021.

Carlos Rocha
Redator
Jornalista formado (UFG), atualmente redator no site Concursos no Brasil. Foi roteirista do Canal Fatos Desconhecidos (YouTube) por um ano e meio. Produziu conteúdo de podcast para o Deezer. Fez parte da Rádio Universitária (870AM) por três anos e meio como apresentador no Programa Fanático e como repórter, narrador e comentarista da Equipe Doutores da Bola. Fã de futebol, NFL e ouvinte de podcast.

Compartilhe

Especial Auxílio Emergencial

Veja mais »