Auxílio emergencial 2021: mãe chefe de família receberá valor maior

No auxílio emergencial de 2021, a mulher chefe de família receberá parcelas de R$ 375. Ou seja, 50% mais alto do que o benefício padrão de R$ 250. Saiba mais.

Valor do auxílio emergencial para mãe chefe de família: a foto mostra a logomarca do auxílio emergencial feita pelo governo federal

Em 2020, as mães provedoras do lar receberam parcelas dobradas do auxílio emergencial. - Foto: Divulgação

O governo deverá considerar a composição das famílias no momento de definir o valor do auxílio emergencial 2021. De acordo com a medida provisória com as novas regras, a ideia é de conceder parcelas médias de R$ 250 para os beneficiários. A mulher chefe de família, por outro lado, receberá cotas mensais de R$ 375. Ou seja, 50% mais alto do que o benefício padrão de R$ 250.

Além disso, as parcelas de R$ 150 serão destinadas para os beneficiários que moram sozinhos (família unilateral). A PEC, que abre espaço para o auxílio emergencial 2021, foi aprovada pelo Senado e pela Câmara dos Deputados. Na tarde do dia 31 de março, foi liberado o calendário completo com as datas de pagamento do auxílio emergencial 2021.

Parcelas mensais de R$ 375 para mães chefes de família

Conforma a MP, as parcelas do auxílio emergencial serão efetuadas em quatro pagamentos para apenas um membro por família. O governo não pretende liberar o acúmulo de cotas mensais, como aconteceu no ano de 2020.

Dentro do público que será atendido pelo programa, as mulheres chefes de família vão receber parcelas de R$ 375 por mês. Isso corresponde a aumento de 50% em relação ao benefício médio para os demais beneficiários (R$ 250).

Em 2020, as mães provedoras do lar receberam cotas dobradas do auxílio emergencial, ou seja, R$ 1.200 nos primeiros meses e R$ 600 nas parcelas residuais.

Regras para as novas parcelas do auxílio emergencial

O governo irá pagar a primeira parcela do auxílio emergencial a partir de abril. No ano passado, os beneficiários do Bolsa Família, trabalhadores informais, autônomos, desempregados e MEIs garantiram os pagamentos. Cerca de 68 milhões de pessoas foram atendidas pelo programa.

Por outro lado, a lista de novos beneficiários será reduzida após o cruzamento dos cadastros antigos. Aproximadamente 45,6 milhões de famílias vão ser contempladas com as parcelas do auxílio emergencial 2021, desde que tenham recebido as parcelas do ano passado e atendam aos critérios de renda.

Veja quem terá direito:

  • 28.624.776 beneficiários não inscritos no CadÚnico e já inscritos em plataformas digitais da Caixa;
  • 6.301.073 integrantes do CadÚnico;
  • 10.697.777 atendidos pelo Bolsa Família.

Assim como no ano de 2020, o critério de renda continua sendo o mesmo. Ou seja, os pagamentos vão ser liberados para os beneficiários com renda per capita de até meio salário mínimo e familiar de até três salários mínimos. A expectativa é de que a prorrogação contemple quatro parcelas até julho de 2021.

Auxílio emergencial 2021: calendários completos

Abaixo, confira as datas em que as parcelas do auxílio emergencial 2021 serão pagas:

Primeira parcela para integrantes no CadÚnico, além dos inscritos no site e aplicativo

Mês de aniversárioData de depósitoData para saque
Janeiro06/0404/05
Fevereiro09/0406/05
Março11/0410/05
Abril13/0412/05
Maio15/0414/05
Junho18/0418/05
Julho20/0420/05
Agosto22/0421/05
Setembro25/0225/05
Outubro27/0427/05
Novembro29/0401/06
Dezembro30/0404/06

Segunda parcela para integrantes no CadÚnico, além dos inscritos no site e aplicativo

Mês de aniversárioData de depósitoData para saque
Janeiro16/0508/06
Fevereiro19/0510/06
Março23/0515/06
Abril26/0517/06
Maio28/0518/06
Junho30/0522/06
Julho02/0624/06
Agosto06/0629/06
Setembro09/0601/07
Outubro11/0602/07
Novembro13/0605/07
Dezembro16/0608/07

Terceira parcela para integrantes no CadÚnico, além dos inscritos no site e aplicativo

Mês de aniversárioData de depósitoData para saque
Janeiro20/0613/07
Fevereiro23/0615/07
Março25/0616/07
Abril27/0620/07
Maio30/0622/07
Junho04/0727/07
Julho06/0729/07
Agosto09/0730/07
Setembro11/0704/08
Outubro14/0706/08
Novembro18/0710/08
Dezembro21/0712/08

Quarta parcela para integrantes no CadÚnico, além dos inscritos no site e aplicativo

Mês de aniversárioData de depósitoData para saque
Janeiro23/0713/08
Fevereiro25/0717/08
Março28/0719/08
Abril01/0823/08
Maio03/0825/08
Junho05/0827/08
Julho08/0830/08
Agosto11/0801/09
Setembro15/0803/09
Outubro18/0806/09
Novembro20/0808/09
Dezembro22/0810/09
Bruno Destéfano
Redator
Nasceu no interior de Goiás e se mudou para a capital, Goiânia, no início de 2015. Seu objetivo era o de cursar Jornalismo na UFG. Desde o fim de sua graduação, já atuou como roteirista, gestor de mídias digitais, assessor de imprensa na Câmara Municipal de Goiânia, redator web, editor de textos e locutor de rádio. Escreveu dois livros, sendo um de ficção e outro de não-ficção. Também recebeu prêmios pela produção de um podcast sobre temas raciais e por seu livro-reportagem "Insurgência - Crônicas de Repressão". Atualmente, trabalha como redator web no site "Concursos no Brasil" e está participando de uma nova empresa no ramo de marketing digital.

Compartilhe

Comentários

Especial Auxílio Emergencial

Veja mais »