Auxílio emergencial 2021 poderá ser consultado pelo site da Dataprev

Assim como aconteceu em 2020, a consulta do auxílio emergencial poderá ser feita pela página da Dataprev. Os dados serão atualizados no início de abril.

A Dataprev, responsável pelo processamento do auxílio emergencial, informou que já está analisando os dados dos beneficiários. Seu objetivo é de definir uma nova lista de pessoas que vão ser atendidas com as parcelas, tendo em vista os critérios de renda e hipossuficiência financeira. Ao que tudo indica, será possível consultar quem terá direito ao benefício por meio da própria página da Dataprev, assim como aconteceu no ano passado.

De acordo com a estatal, as análises vão ser concluídas até o final deste mês de março. O resultado do processamento, por sua vez, será encaminhado para o Ministério da Cidadania. Se a pasta der sinal verde, as informações sobre os beneficiários estarão disponíveis a partir do mês de abril. A expectativa é de fornecer quatro pagamentos durante o primeiro semestre de 2021, com valores entre R$ 150 e R$ 375.

“O público-alvo se manteve o mesmo. Os brasileiros vulneráveis, necessitados, famílias com renda de até três salários mínimos. Conseguimos avançar no cruzamento de dados para depurar e ser mais eficazes na destinação desses recursos, que são recursos públicos e, portanto, devem ser destinados aos brasileiros que mais precisam”, informou o novo ministro da Cidadania, João Roma Neto.

Consulta do auxílio emergencial pelo site da Dataprev; como vai funcionar?

Desde o ano passado, o site da Dataprev fornece condições para que os beneficiários do auxílio emergencial possam consultar o saldo de suas parcelas. Basta seguir alguns procedimentos básicos. Confira o passo a passo:

  • Acesse a página da Dataprev sobre o auxílio emergencial;
  • Insira os dados solicitadas pelo sistema, como dígitos do CPF, nome completo do beneficiário, data de nascimento e nome completo da mãe;
  • Feito isso, será necessário aguardar o carregamento da página. Por meio dela, os interessados poderão verificar o saldo do auxílio emergencial. Todas as informações atualizadas vão estar disponíveis a partir do mês de abril.

Além disso, o Ministério da Cidadania também deverá disponibilizar outra ferramenta para que os cidadãos verifiquem se têm direito ao auxílio emergencial 2021. A plataforma será parecida com a página da Dataprev, já que a consulta poderá ser efetuada ao informar os dígitos do CPF.

Lembrando que a consulta dos respectivos saldos estará disponível diretamente pelo Caixa Tem (Android e iOS), bem como o extrato de movimentações. Desde o início do auxílio emergencial, o aplicativo funciona como uma espécie de conversa pelo WhatsApp, em que os usuários podem realizar transferências bancárias, pagar boletos e gerar cartão virtual de débito.

Quem terá direito ao auxílio emergencial de 2021?

Os pagamentos serão liberados para aproximadamente 45,6 milhões de brasileiros, desde que atendam aos critérios definidos na medida provisória do auxílio emergencial 2021. Vale ressaltar que, de início, não serão aceitas novas inscrições.

Está ocorrendo uma espécie de filtragem na lista dos beneficiários que já haviam recebido as parcelas do ano passado. Ao todo, os pagamentos deverão ser transferidos para:

  • 28.624.776 beneficiários não inscritos no CadÚnico e já inscritos em plataformas digitais da Caixa;
  • 6.301.073 integrantes do CadÚnico;
  • 10.697.777 atendidos pelo Bolsa Família.

Os critérios de recebimento foram preservados. Ou seja, terão direito aqueles com renda per capita de até meio salário mínimo, desde que o ganho total não ultrapasse o montante de até três salários mínimos. O auxílio emergencial de 2021 será transferido para apenas um membro de cada unidade familiar, sem quaisquer possibilidades de acúmulo.

Compartilhe

Especial Concurso BB

Veja mais »