Auxílio emergencial: 287,3 mil pedidos ainda aguardam análise

Uma coletiva com a Caixa e o Ministério da Cidadania revelou o número de pessoas que aguardam uma resposta do governo.

De acordo com a Caixa Econômica Federal (CEF) e o Ministério da Cidadania, o auxílio emergencial ainda possui 287,3 mil pedidos que aguardam análise. A afirmação ocorreu durante o anúncio sobre as novas parcelas de R$ 300,00 do benefício.

A responsável por analisar os pedidos feitos pelos cidadãos e autorizar ou não o pagamento é a Dataprev. Para se ter ideia do tempo de espera de algumas pessoas, o prazo para se cadastrar no auxílio emergencial terminou no dia 02 de julho de 2020. Ou seja, centenas de milhares de brasileiros esperam há pelo menos três meses uma resposta do governo.

Para piorar, a empresa ainda deve fazer reanálise de outros pedidos. Segundo o presidente da Caixa, Pedro Guimarães, são quase meio milhão de solicitações. “A gente está com quase 300 mil pessoas entre análise e reanálise e nós teremos aqui mais 500 mil pessoas”, disse.

Sete a cada dez adultos pediram o auxílio

Pedro Guimarães também destacou a quantidade de pessoas que se cadastraram mesmo sem ter o direito ao benefício. “Aproximadamente sete em cada dez adultos, no Brasil, se cadastraram no aplicativo da Caixa Econômica para receber o auxílio e 41 milhões foram considerados inelegíveis”, afirmou.

Essa quantidade de pessoas teria atrapalhado a Dataprev a olhar os casos que realmente merecem atenção e que necessitam do benefício. Na coletiva, foi dito que 55,7 mil cadastros ainda estão passando pela primeira análise.

A empresa precisa também fazer reanálises dos pagamentos de R$ 600,00 e há um grupo que poderá recorrer das decisões em relação aos depósitos de R$ 300,00. Temos uma matéria que mostra como recorrer se o seu benefício com os novos valores foi cortado.

O auxílio emergencial foi criado como uma medida de reduzir os impactos provocados pelo novo coronavírus para pessoas consideradas vulneráveis. Inicialmente, o governo pagaria três parcelas de R$ 600,00, que depois foram estendidas para cinco. Recentemente, houve uma outra renovação até o mês de dezembro, com pagamentos de R$ 300,00 por mês.

Compartilhe

Especial Concurso BB

Veja mais »