Auxílio emergencial: cronograma da 3ª parcela sairá nesta semana

A expectativa é de que o cronograma da 3ª parcela do auxílio emergencial seja liberado na segunda-feira pela Caixa. Até agora já foram pagos mais de R$ 81 bi.

cronograma da 3ª parcela: mão segurando notas de cinquenta reais

O presidente da Caixa afirmou estar esperando os resultados das análises cadastrais. - Foto: Concursos no Brasil

O cronograma da 3ª parcela do auxílio emergencial está previsto para ser divulgado ainda nesta semana. Assim como nos pagamentos anteriores, este será feito por escalonamento dividindo os beneficiários em grupos. O objetivo é evitar aglomerações nas agências por causa da pandemia de COVID-19.

A Caixa Econômica Federal continuará fazendo o pagamento dos R$ 600 para beneficiários do Bolsa Família. Para essas pessoas, o dinheiro será entregue de acordo com o dígito final do Número de Identificação Social (NIS):

  • 22/06: final 4;
  • 23/06: final 5;
  • 24/06: final 6;
  • 25/06: final 7;
  • 26/06: final 8;
  • 29/06: NIS final 9;
  • 30/06: final 0;

No início de junho, o governo havia divulgado que o cronograma da 3ª parcela do auxílio emergencial seria lançado no dia 8, depois no dia 15 e agora foi adiado mais uma vez. Depois dos beneficiários do Bolsa Família, a ideia é fazer os depósitos nas poupanças digitais de acordo com o mês de nascimento dos solicitantes.

Aqueles que receberem os R$ 600 pela conta digital poderão efetuar pagamento de contas ou fazer compras com cartão virtual, bem como usar o QR Code. Por fim, o cronograma da 3ª parcela ainda contará com um calendário próprio para os saques em espécie, como das vezes anteriores.

Pagamento do auxílio emergencial

Segundo o Ministério da Economia, até a última quinta-feira (18), os gastos com o benefício já ultrapassaram os R$ 81 bilhões. O benefício foi criado pelo governo federal como forma de diminuir o impacto econômico das camadas vulneráveis gerado pela crise de coronavírus.

Assim são contemplados com R$ 600 microempreendedores individuais, autônomos, trabalhadores informais e desempregados. No caso de mães solteiras chefes de família, cada parcela sobe para R$ 1.200. A segunda parcela começou a ser paga no dia 19 de maio com um certo atraso em relação ao calendário.

Agora a expectativa é de que o cronograma da 3ª parcela do auxílio emergencial seja liberado ainda nesta semana. Guimarães explicou que espera receber os resultados das análises cadastrais para poder definir as datas de pagamento. Dessa forma, o banco terá dois dias úteis para começar a creditar os R$ 600 para os beneficiários.

De acordo com o programa, o prazo final para as solicitações é até 03 de julho. A Caixa já recebeu 106,6 milhões de cadastros tanto pelo aplicativo como pelo site do banco. Desses, pouco mais de 101 milhões foram processados, sendo que os aprovados estão em torno de 59 milhões. Sabe-se que mais ou menos 5 milhões de CPF estão passando por reanálise por terem sido inconclusivos.

Veja também:

Compartilhe

Comentários