Auxílio emergencial: R$ 60 bilhões já foram pagos pela Caixa

Banco informou que mais de 55 milhões de pessoas já receberam o dinheiro.

Auxílio emergencial: R$ 60 bilhões já foram pagos pela Caixa

Segunda parcela do auxílio começou a ser paga em 18 de maio. - Foto: WikiMedia Commons

A Caixa Econômica Federal anunciou que pagou R$ 60 bilhões referentes ao auxílio emergencial. O valor se refere a soma da primeira e da segunda parcela do benefício. Ao todo, estão previstas três parcelas de R$ 600,00. Ainda conforme a Caixa, cerca de 55,1 milhões de pessoas receberam a primeira parcela e estão aptas para a segunda parte.

O banco também divulgou dados sobre a divisão dos pagamentos feitos até aqui. Dos R$ 60 bilhões, R$ 25,5 bilhões foram para as pessoas que se cadastraram pelo site ou no aplicativo do auxílio emergencial e R$ 22,8 bilhões para inscritos no Bolsa Família. Por fim, R$ 11,7 bilhões foram para quem faz parte do CadÚnico.

Segunda Parcela começou em 18 de maio

No dia 18 de maio, o governo federal começou a pagar a segunda parcela do auxílio emergencial. Para evitar aglomerações nas agências foi criado um calendário de pagamento. Os beneficiados foram divididos em três grupos: Bolsa Família, Poupança Social e, por fim, o restante dos beneficiados. Os primeiros a receber foram os inscritos no Bolsa Família. 

Segunda parcela para contas digitais

Para quem possui conta digital, o dinheiro começou a ser depositado no dia 20 de maio. Os primeiros beneficiados foram pessoas que nasceram nos meses de janeiro e fevereiro. Até o dia 26 de maio, todos os que possuem conta digital receberão o benefício. Do total de beneficiados na primeira parcela, 30,4 milhões já receberam a segunda parte.

Saques em dinheiro

Alguns beneficiados não possuem conta em banco ou optaram pela opção de sacar o dinheiro. Neste caso, serão os últimos a receber. Saques serão permitidos a partir do dia 30 de junho e irão até o dia 13 do mesmo mês.

Ainda há tempo de pedir o auxílio emergencial

O auxílio emergencial poderá ser solicitado até o dia 02 de julho de 2020, inclusive com a ajuda dos Correios. Caso você possua o direito, a Caixa garante que fará o pagamento integral das três parcelas. Lembre-se de que é necessário cumprir os requisitos estipulados pelo governo federal.

O auxílio emergencial foi uma das soluções apresentadas pelo governo federal como forma de se reduzir os impactos socioeconômicos provocados pela pandemia do novo coronavírus. Entre os beneficiados estão trabalhadores informais e autônomos, desempregados, MEI's e inscritos no CadÚnico. Recentemente, mães solteiras e que sejam menores de 18 anos foram adicionadas.

Compartilhe

Comentários