Bahia registra mais de 32 mil novos postos de trabalho

Bahia gerou 32.931 novos postos de trabalho e se mantém na liderança na região Nordeste.

De janeiro a agosto, a Bahia gerou 32.931 novos postos de trabalho e se mantém na liderança na região Nordeste, de acordo com as informações do Cadastro Geral de Empregados e Desempregados (Caged/MTE), sistematizadas pela Superintendência de Estudos Econômicos e Sociais da Bahia (SEI/Seplan). A participação do interior foi aproximadamente quatro vezes maior do que na Região Metropolitana de Salvador (RMS). Enquanto o interior criou 26.703 novos postos, a RMS criou 6.228 novos postos de trabalho com carteira assinada.

Somente no mês de agosto, o estado contabilizou um saldo de 4.090 postos de trabalho com carteira assinada, expressando a diferença entre o total de 66.900 admissões e 62.810 desligamentos. O saldo situou-se em um patamar superior ao contabilizado em agosto do ano anterior (+3.955 postos) e superior ao mês de julho de 2014 (495 postos), incluindo as declarações fora do prazo. No Brasil, o Caged aponta abertura de 101.425 novas vagas em agosto, acumulando 751.456 novos postos de trabalho com carteira assinada no ano.

Análise setorial

Setorialmente, em agosto, na Bahia, o maior saldo foi na Construção Civil (+1.989 postos), seguido pelos setores de Serviços (+1.692 postos) e Comércio (+659 postos). Em quarto lugar ficou a Indústria de Transformação (+215 postos), e em quinto, a Extrativa Mineral (+72 postos). 

No acumulado dos oito primeiros meses do ano, dos oito setores de atividade, quatro registraram saldos positivos. O setor com maior saldo acumulado foi Serviços (+21.148 postos) seguido pela Agropecuária (+9.460 postos), Indústria de Transformação (+3.914 postos) e Administração Pública (+881 postos). 

Acumulado do Ano

Com o saldo de 32.931 novos postos de trabalho a Bahia se manteve na liderança de geração de empregos no Nordeste. Em segundo lugar, está o Ceará (+23.792 postos), seguido por Piauí (+10.943 postos), Paraíba (+7.926 postos), Rio Grande do Norte (+6.486 postos), Maranhão (+4.849 postos) e Sergipe (+2.610 postos). Os demais estados do Nordeste tiveram saldos negativos no acumulado do ano. 

Análise RMS e Interior 

Analisando os dados referentes aos saldos de empregos distribuídos entre Região Metropolitana e Interior em agosto de 2014, constata-se que o resultado do emprego foi positivo tanto no interior quanto na RMS. De forma mais precisa, no interior foram criados 1.495 novos postos de trabalho, e a Região Metropolitana de Salvador obteve um saldo positivo de 2.595 novos postos de trabalho.

Análise Municipal 

Dentre os municípios com mais de 30 mil habitantes, em agosto de 2014, Salvador, Juazeiro e Camaçari se destacaram na criação de novas oportunidades de trabalho formal na Bahia. Em Salvador foram gerados 2.495 novos postos de trabalho; Juazeiro registrou saldo positivo de 725 postos de trabalho; e em Camaçari, 290 postos foram criados.

Com informações da Secom (http://www.secom.ba.gov.br/2014/09/121222/Bahia-tem-saldo-de-32931-novos-postos-de-trabalho-no-acumulado-do-ano-ate-agosto.html)

Compartilhe