Bolsa Família terá MAIS beneficiários, afirma representante do governo

A proposta que prevê mudanças no Bolsa Família será apresentada ao longo dos próximos meses, disse a ministra-chefe da Secretaria do Governo. Veja detalhes.

Mais beneficiários no Bolsa Família: Flávia Arruda e demais parlamentares em mesa de plenário

Flávia Arruda [centro] disse que a proposta será apresentada nos próximos meses. - Foto: Leopoldo Silva/Agência Senado

A ministra-chefe da Secretaria de Governo Federal, Flávia Arruda, confirmou que o Bolsa Família poderá passar por mudanças, incluindo aumento no valor das parcelas e inserção de mais beneficiários. Na última segunda-feira, dia 24 de maio, ela disse que a proposta será apresentada ao longo dos próximos meses para a Câmara dos Deputados. O objetivo será de reforçar a estrutura do programa.

“Não é uma questão do texto da Câmara ou o texto do governo. Não existe uma disputa de protagonismo e sim uma coisa prática, necessária e urgente, que eu acho que é a ampliação não só do valor, mas também dos beneficiários. Com essa pandemia e com o auxílio emergencial, milhões de brasileiros que eram invisíveis passaram a ser vistos pelo governo (...)”, afirmou em entrevista para a TV Brasil.

Sobre as mudanças no Bolsa Família em 2021

Durante a mesma entrevista, Flávia Arruda disse que já deliberou sobre o assunto com o ministro da Economia, Paulo Guedes. Ela reconheceu que, no atual momento do país, os recursos estão escassos para questões que não estejam ligadas com a pandemia. Por outro lado, a ministra-chefe reforçou que as mudanças no Bolsa Família serão prioridades e já estão em seu radar.

“Milhares de famílias perderam o emprego, milhares de famílias passaram de pobreza para extrema pobreza, existe a possibilidade [de mudança no programa]. O cobertor é curto, mas dá para ajustar porque o presidente [Jair Bolsonaro] e o governo sabem da importância que é nesse momento da ampliação não só do valor quanto dos beneficiários”, argumentou no dia 24 de maio de 2021.

A entrevista completa está disponível no YouTube pelo canal do “TV Brasil”. Confira abaixo:

Lembrando que o presidente Jair Bolsonaro já havia sinalizado o aumento no Bolsa Família. A ideia será de elevar as parcelas para R$ 250. Atualmente, os beneficiários do programa recebem repasses médios de R$ 192. O ministro da Cidadania, João Roma, também disse que o governo está estudando maneiras de reformular o Bolsa Família. As mudanças podem ser lançadas em agosto.

"Estamos, sim, estudando uma reestruturação do programa para que, já no mês de agosto, após a última parcela do auxílio, beneficiários do Bolsa Família possam encontrar um programa mais robusto. Que possa, de fato, servir como um caminho intermediário na saída do auxílio para retomada, inclusive, do crescimento econômico brasileiro e avançar com essa rede de proteção", explicou João Roma.

Bruno Destéfano
Redator
Nasceu no interior de Goiás e se mudou para a capital, Goiânia, no início de 2015. Seu objetivo era o de cursar Jornalismo na UFG. Desde o fim de sua graduação, já atuou como roteirista, gestor de mídias digitais, assessor de imprensa na Câmara Municipal de Goiânia, redator web, editor de textos e locutor de rádio. Escreveu dois livros, sendo um de ficção e outro de não-ficção. Também recebeu prêmios pela produção de um podcast sobre temas raciais e por seu livro-reportagem "Insurgência - Crônicas de Repressão". Atualmente, trabalha como redator web no site "Concursos no Brasil" e está participando de uma nova empresa no ramo de marketing digital.

Compartilhe

Especial Auxílio Emergencial

Veja mais »