Bolsonaro diz que provas dos concursos PF e PRF não serão adiadas

Provas dos concursos PF e PRF foram adiadas por causa da pandemia. No entanto, presidente diz que nova prorrogação não ocorrerá.

Nesta terça-feira (14/04), o presidente da República, Jair Bolsonaro, afirmou que as provas dos concursos Polícia Federal (PF) e Polícia Rodoviária Federal (PRF) não serão adiadas.

As avaliações haviam sido suspensas por causa da pandemia de COVID-19. Originalmente, a prova da Polícia Federal seria realizada em 21 de março de 2021 e a da PRF ocorreria uma semana depois, em 28 de março.

Agora, após retificação, as novas datas são as seguintes:

Bolsonaro sobre provas: “Não vai ser adiado”

Ao ser perguntado por um de seus apoiadores sobre um possível novo adiamento, Bolsonaro foi sucinto: “Não vai ser adiado”, respondeu. O presidente não deu detalhes sobre como as provas serão aplicadas mesmo com o aumento de número de casos vistos nos meses de março e abril de 2021.

Apesar da fala de Bolsonaro, a decisão de adiamento parte da banca organizadora dos concursos (Cebraspe) e das condições sanitárias que o país se encontra. Além disso, decisões judiciais podem fazer com que as provas sejam suspensas em alguns estados ou mesmo de forma nacional.

Por enquanto, as datas estão mantidas e o Cebraspe, em conjunto com as corporações estão monitorando a situação do país.

Concurso Polícia Federal: resumo

O concurso Polícia Federal possui organização do Cebraspe e oferta de 1.500 vagas para os seguintes cargos:

  • Delegado da Polícia Federal: 123 vagas;
  • Agente da Polícia Federal: 893 vagas;
  • Escrivão da Polícia Federal: 400 vagas;
  • Papiloscopista: 84 vagas.

As remunerações variam entre R$ 12.522,50 e R$ 23.692,74.

O concurso Polícia Federal está dividido da seguinte maneira:

  • Prova objetiva;
  • Prova discursiva;
  • Exame de aptidão física;
  • Avaliação médica;
  • Prova oral (somente para o cargo de Delegado de Polícia Federal);
  • Prova prática de digitação (somente para o cargo de Escrivão de Polícia Federal);
  • Prova de títulos (somente para o cargo de Delegado de Polícia Federal;
  • Avaliação psicológica;
  • Investigação social;
  • Curso de Formação Profissional (2ª fase).

Concurso PRF: resumo

O concurso PRF também é organizado pelo Cebraspe e terá 1.500 vagas para Policial Rodoviário Federal, com remuneração inicial de R$ 9.899,88.

O concurso PRF terá duas fases e será dividido nas etapas a seguir:

  • Provas objetivas;
  • Provas discursivas;
  • Avaliação psicológica;
  • Procedimento biopsicossocial (exclusivo para PcD);
  • Heteroidentificação (somente autodeclarados negros);
  • Teste de Aptidão Física (TAF);
  • Prova de títulos;
  • Avaliação médica;
  • Investigação social;
  • Curso de Formação Profissional (2ª fase).

Compartilhe

Especial Concurso BB

Veja mais »