Caixa divulga calendário para desbloqueio de contas do Caixa Tem

As contas do Caixa Tem bloqueadas por suspeita de fraudes poderão ser regularizadas nas agências da Caixa conforme calendário baseado no mês de aniversário.

Caixa Tem: mãos segurando celular aberto no aplicativo do Caixa Tem

Veja as datas para regularizar o aplicativo. - Foto: Concursos no Brasil

No início desta semana, o presidente da Caixa Econômica, Pedro Guimarães informou sobre a suspensão de contas do auxílio emergencial por suspeita de fraude. Dos milhares de usuários bloqueadosndo Caixa Tem, uma parcela que tem documentos pendentes no cadastro poderá regularizar o aplicativo pelo WhatsApp. Já o restante deverá ir à uma agência do banco. Pensando em evitar aglomerações, a Caixa liberou um calendário para o desbloqueio de contas.

O cronograma, assim como as outras datas do auxílio emergencial, foi montado com base no mês de aniversário dos solicitantes. Dessa forma, o banco irá atender:

Mês de AniversárioData para desbloqueio
Janeiro, Fevereiro e Marçoaté 24 de julho
Abril e Maio27 a 31 de julho
Junho e Julho03 a 07 de agosto
Agosto, Setembro e Outubro10 a 14 de agosto
Novembro e Dezembro17 a 21 de agosto

Guimarães acredita que entre contas suspeitas de fraude, a maioria foi vítima de fraude por hackers que roubam a identidade dos usuários. Sendo assim, ele explicou que muitas pessoas inocentes acabaram sendo prejudicadas. "Temos as provas de que a grande maioria foi utilizada por hackers. Mas algumas pessoas são pessoas honestas que foram penalizadas", afirmou.

Ele ainda contou que o banco está investigando os golpes realizados e as pessoas estão sendo identificadas. Posteriormente a Caixa irá repassar todas as informações para as autoridades competentes. Enquanto isso, os beneficiários do auxílio emergencial podem solicitar o desbloqueio de suas contas do Caixa Tem numa agência ao provar a titularidade.

Já a parcela que foi considerada como “inconsistências cadastrais” poderão enviar os documentos pelo WhatsApp. No entanto, Guimarães também alertou as pessoas a ficarem atentas aos golpes online e só cumprir os passos guiados pelos canais oficiais do banco.

Desde o início de julho, o aplicativo Caixa Tem vem sendo criticado por alguns erros no pagamento ao FGTS emergencial e sumiço do auxílio emergencial. Quanto a esse problema o banco informou anteriormente que a causa era o grande número de acessos simultâneos na plataforma. Sobre essa situação, a Caixa afirmou ter feito atualizações no aplicativo para melhorar a experiência dos usuários.

Veja também:

Isadora Tristão
Redatora
Nascida na cidade de Goiânia e formada em Jornalismo pela Universidade Federal de Goiás, hoje, é redatora no site "Concursos no Brasil". Anteriormente, fez parte da criação de uma revista voltada para o público feminino, a Revista Trendy, onde trabalhou como repórter e gestora de mídias digitais por dois anos. Também já escreveu para os sites “Conhecimento Científico” e “KoreaIN”. Em 2018 publicou seu livro-reportagem intitulado “Césio 137: os tons de um acidente”, sobre o acidente radiológico que aconteceu na capital goiana no final da década de 1980.

Compartilhe

Comentários

Especial Auxílio Emergencial

Veja mais »