Câmara de João Pessoa - PB discutirá legalidade de concurso público

Vereadores discutirão sobre o concurso público para a Guarda Municipal de João Pessoa (GMJP), que está sob investigação.

Duas sessões especiais movimentarão a Câmara Municipal de João Pessoa (CMJP) no período entre os dias 30 de abril e 3 de maio de 2012, conforme a chamada 'Agenda da Semana', divulgada pelo Cerimonial da Casa, no último dia 26.

Uma dessas sessões promoverá discussão em torno do último concurso público para provimento de vagas na Guarda Municipal de João Pessoa (GMJP), que está sob investigação policial e administrativa pela ocorrência de fraudes durante aplicação das provas. Essa sessão será realizada pelo vereador Zezinho Botafogo (PSB), no plenário Senador Humberto Lucena, às 11h da próxima quinta-feira, dia 03 de maio.

O parlamentar vai convidar para participar da sessão e prestar as devidas explicações a secretária municipal de administração, Rosa de Fátima Gondim, o procurador geral do Município, Vandalberto Carvalho, o promotor Ádrio Nobre Leite (Ministério Público), o presidente da Ordem dos Advogados do Brasil (OAB - seccional Paraíba), Odon Bezerra e o representante do Instituto Brasileiro de Formação e Capacitação (IBFC).

Manifestação paralela

Ao tempo que a sessão estiver sendo realizada, um grupo de habilitados no referido concurso irá realizar, a partir das 11h, uma manifestação. Na oportunidade, os manifestantes estarão reivindicando a continuidade do certame, alegando que no edital consta que, caso seja confirmada a ilegalidade, os acusados devem ser desclassificados, para assim dar andamento ao restante das etapas da seleção.

De acordo com notícia divulgada pelo site "PB Agora", a denúncia da suposta fraude vem sendo investigada pela Polícia Civil, além de constar em procedimento administrativo. O site ainda acrescenta que os classificados na seleção se sentem injustiçados pela demora nas investigações e da possibilidade de anulação da mesma, alegando que fizeram o exame de forma lícita e não podem pagar pelo erro de determinadas pessoas.


Com informações dos portais da Câmara Municipal de João Pessoa (Paraíba) e PB Agora .

Compartilhe

Comentários