Concursados da Caixa pedem que banco realize mais contratações

De acordo com o manifesto dos concursados de 2014, Caixa deveria contratar aproximadamente 20 mil servidores para o seu quadro.

Por meio de um manifesto publicado no site da Federação Nacional das Associações do Pessoal da Caixa (Fenae), concursados de 2014 da Caixa pediram que o banco realize mais contratações de servidores por conta do déficit nos quadros.

Segundo o manifesto, a Caixa Econômica Federal deveria contratar cerca de 20 mil pessoas para que os trabalhos passem a ser realizados de forma normal. A própria Fenae vem atuando na defesa do aumento no número de servidores.

Falta de funcionários impacta no atendimento, diz manifesto

De acordo com o manifesto, a qualidade no atendimento aos clientes da Caixa está diretamente relacionada a quantidade de servidores, no caso, a falta de pessoas. No documento, é informado que os concursados estão sobrecarregados e não conseguem atender toda a demanda.

“A consequência do baixo aproveitamento do número de aprovados evidentemente se reflete no atendimento prestado à população e nas condições de trabalho a que o banco tem exposto seus colaboradores, que têm adoecido devido à sobrecarga de atividades, haja vista que o volume de pessoas a serem atendidas é significativamente maior que o número de empregados para atendê-las”, aponta o manifesto.

Segundo a Fenae, em 2014, a Caixa chegou a ter mais de 101 mil funcionários. No entanto, com o passar dos anos e a não realização de concursos, o número foi diminuindo. Atualmente, o quadro gira em torno de 84 mil pessoas.

Ao mesmo tempo é apontado que houve um aumento nas demandas do banco e ainda há a tendência de o número de servidores cair, pois 2.000 pessoas aderiram ao Programa de Desligamento Voluntário (PDV).

Vale lembrar, por exemplo, que a Caixa foi o banco responsável pelos pagamentos do auxílio emergencial no ano passado e também fará os repasses da versão de 2021. Ou seja, além dos serviços comuns e da contribuição em programas governamentais, o banco ganhou uma tarefa a mais.

Lucros e expansão da Caixa são citados

Outro ponto de destaque do manifesto é em relação aos lucros da Caixa e a sua expansão. Segundo o balanço do banco, somente no quarto trimestre de 2020, houve um lucro líquido de R$ 5,7 bilhões.

Recentemente, foi anunciado que haverá a abertura de 76 agências e a contratação de mais pessoas. O problema, segundo a Fenae e os concursados, é que as contratações serão insuficientes. Do total que seria necessário, a Caixa só irá chamar 15%.

O manifesto encerra pedindo apoio da sociedade e do Congresso. “É preciso investir na reposição do quadro de empregados da instituição e para isso conclamamos a sociedade brasileira, as instituições e o Congresso Nacional para que se unam a nós na defesa da Caixa, porque defendê-la é fortalecer o que existe de mais valioso no país que é nossa gente”.

Compartilhe

Especial Concurso BB

Veja mais »