Concurso Banco Central: autonomia não afetará quantidade de certames

Assessoria do Banco Central esclareceu sobre a realização de novos concursos e a expectativa do certame solicitado.

Concurso Banco Central: autonomia não afetará quantidade de certames; sede do Banco Central

Certames ainda dependem do Ministério da Economia. - Foto: Agência Senado

De acordo com Assessoria do Banco Central, a autonomia da instituição não afetará quantidade de certames. Isso quer dizer que o concurso Banco Central ainda dependerá de autorização do Ministério da Economia.

Portanto, mesmo com o Projeto de Lei Complementar (PLP) 19/19 sendo sancionado pelo presidente do Brasil, o BC continuará fazendo parte do Executivo Federal. O projeto trata de uma autonomia operacional.

Não haverá uma autonomia financeira ou administrativa, sendo que as mudanças no quadro de servidores, a supervisão de recursos e os sistemas do Banco Central continuarão integrados ao Executivo.

Em resposta exclusiva ao Concursos no Brasil, a Assessoria do Banco Central informou que os certames precisam ser aprovados.

“O projeto aprovado pelo Congresso (Câmara e Senado) de autonomia do Banco Central do Brasil, quando sancionado pelo Presidente da República, não implicará alteração na atual sistemática de concursos do BC, que requer aprovação do Ministério da Economia, nos termos do Decreto nº 9.739/19”, informou.

Concurso Banco Central não deve ser realizado em breve

A Assessoria do Banco Central esclareceu sobre a solicitação de um novo concurso feito ao Ministério da Economia, ainda no ano de 2020. Segundo a instituição, apesar do pedido ter sido feito, a probabilidade de ser atendido é baixa por causa do cenário econômico vivido pelo país, consequência da pandemia de COVID-19.

“Esclarecemos, ainda, que em 2020, o Banco Central (BC) enviou solicitação ao Ministério da Economia para realização de concurso (200 vagas para analistas, 30 para técnicos e 30 para procuradores), mas permanece considerando baixa a probabilidade de atendimento, dado o cenário”, apontou a Assessoria.

Sobre o concurso Banco Central

De acordo com o site do próprio Banco Central, o déficit de servidores era de 2.928 no mês de janeiro de 2021. Por isso, foram solicitadas 200 vagas para Analistas, 30 para Técnicos e 30 para Procuradores no ano passado. As remunerações podem variar entre e R$7.741,31 e R$21.472,49, dependendo do cargo.

O Ministério da Economia ficou de responder a solicitação do Banco Central. Até agora, não foi dada luz verde para o prosseguimento dos trâmites. Sendo assim, o concurso Banco Central dificilmente será realizado em 2021.

Carlos Rocha
Redator
Jornalista formado (UFG), atualmente redator no site Concursos no Brasil. Foi roteirista do Canal Fatos Desconhecidos (YouTube) por um ano e meio. Produziu conteúdo de podcast para o Deezer. Fez parte da Rádio Universitária (870AM) por três anos e meio como apresentador no Programa Fanático e como repórter, narrador e comentarista da Equipe Doutores da Bola. Fã de futebol, NFL e ouvinte de podcast.

Compartilhe

Especial Auxílio Emergencial

Veja mais »