Concurso Banco do Brasil: quadro é fixado com mais de 100 mil postos

Atualmente o concurso Banco do Brasil está em estudo e o BB tem novo limite de quantitativo de pessoal fixado em portaria do Ministério da Economia.

O Banco do Brasil teve o seu quantitativo de pessoal próprio aprovado e fixado pelo Ministério da Economia. De acordo com a portaria, publicada nesta quarta-feira, 11 de novembro, no Diário Oficial da União (DOU), ficou estabelecido o limite de 100.343 vagas. O quantitativo foi aprovado em meios aos estudos para realização de um novo concurso Banco do Brasil.

Vale lembrar que, anteriormente, o limite era fixado em 102.681 vagas.

De acordo com a Secretaria de Coordenação e Governança das Empresas Estatais, ficam contabilizados também os empregados disponibilizados para as seguintes subsidiárias:

  • BB Gestão de Recursos - Distribuidora de Títulos e Valores Mobiliários S.A. - BB DTVM;
  • BB Seguridade Participações S.A. - BB Seguridade;
  • BB Corretora de Seguros e Administradora de Bens S.A - BB Corretora;
  • BB Seguros Participações S.A - BB Seguros;
  • BB Administradora de Cartões de Crédito S.A. - BB Cartões;
  • BB Administradora de Consórcios S.A. - BB Consórcios;
  • BB Elo Cartões Participações S.A - BB Elo Cartões;
  • BB Banco de Investimento S.A. - BB BI;
  • BB Leasing S.A - Arrendamento Mercantil - BB Leasing S.A; e 
  • BESC Distribuidora de Títulos e Valores Mobiliários S. A. - Bescval.

Ainda de acordo com a portaria, compete ao Banco do Brasil gerenciar o seu quantitativo de pessoal próprio, praticando atos de gestão para contratar ou demitir empregados, desde que observado o limite estabelecido e as dotações orçamentárias.

Vale lembrar que estão em fase final os estudos para a realização do próximo concurso da instituição. As informações foram reveladas pela assessoria de imprensa da instituição.

Concurso Banco do Brasil: edital para a área de TI sairá em breve!

Estão previstas 120 vagas para o novo concurso Banco do Brasil, que será voltado para a área de Tecnologia da Informação, visando modernizar as operações digitais da instituição. O edital para a carreira tecnológica será um feito inédito pela instituição, que irá oferecer ao banco todo o suporte necessário para a sua inclusão no disputado mercado das instituições financeiras digitais (fintechs e big techs).

André Brandão é o novo presidente do Banco do Brasil e, em entrevista para a ANABB (Associação Nacional dos Funcionários do Banco do Brasil), o executivo descartou a possibilidade de privatizar a instituição.

Os futuros concursados terão salário inicial de R$ 3,8 mil mensais, valor que pode até dobrar como forma de incentivo. Após a contratação, esses novos servidores passarão por uma imersão tecnológica nas dependências do Banco do Brasil.

As áreas ofertadas no certame podem incluir inteligência artificial, desenvolvimento de software e aplicativos, analytics e várias outras.

Compartilhe

Especial Concurso BB

Veja mais »