Concurso Diplomata: comissão sofre mudança; entenda

Concurso Diplomata trocou o responsável por conduzir os seus trâmites, mas continua suspenso por causa do coronavírus.

Concurso Diplomata: comissão sofre mudança; Palácio do Itamaraty

Concurso Diplomata teve nova mudança. - Foto: Agência Senado

O concurso Diplomata sofreu com uma mudança em sua comissão organizadora. O Ministério das Relações Exteriores, órgão responsável pelo certame, decidiu revogar a Portaria de 03 de agosto de 2020 que tratava justamente sobre o assunto.

Nela, estava determinado que o servidor Francisco Eduardo Novello seria o responsável por conduzir os trâmites relacionados ao concurso Diplomata, e consequentemente, à admissão dos aprovados. Agora, a conselheira Mariana Lima Moscardo de Souza assumirá o posto de Novello. O certame vem passando por problemas

MPF recomendou suspensão do concurso Diplomata

No dia 07 de agosto de 2020, o Ministério Público Federal (MPF) recomendou a suspensão do Concurso Diplomata do Ministério das Relações Exteriores. O certame tinha avaliações marcadas para 30 de agosto.

De acordo com o MPF, as provas deveriam ser adiadas por causa da pandemia provocada pelo novo coronavírus. Tal condição poderia trazer prejuízos à saúde dos candidatos e também insegurança jurídica ao certame.

Argumentos sobre o não cumprimento da isonomia do certame poderiam ser utilizados por quem se sentisse prejudicado com a manutenção do cronograma original. A pandemia atingiu os estados e municípios brasileiros em proporções desiguais, fazendo com que as condições para cada candidato fossem diferentes. Como as provas são realizadas em todo o país, o ideal seria suspender os trâmites.

No documento, assinado por quatro procuradores, é destacada a preocupação do MPF. “Não se mostra razoável, assim, que a primeira fase do certame se realize nesse cenário, impelindo que os candidatos tenham que ponderar entre a proteção da própria saúde e a obediência às recomendações mundiais de prevenção ao contágio pandêmico ou a participação na seleção para a carreira almejada”, argumentaram os procuradores.

Seguindo a recomendação do MPF, o Ministério das Relações Exteriores concordou em suspender as provas do concurso Diplomata 2020 de forma temporária. A decisão foi oficializada no dia 13 de agosto, em uma publicação no Diário Oficial da União.

Sobre o concurso Diplomata 2020

O concurso Diplomata 2020 oferta 25 vagas para o Ministério das Relações Exteriores, por meio do Instituto Rio Branco (IRBr). A remuneração inicial é de R$ 19.199,06, com direito a benefícios, sendo que para participar o candidato precisa ter nível superior em qualquer área e comprovar ter saúde adequada para exercer a função.

Os candidatos puderam fazer suas inscrições até o dia 9 de agosto e deveriam pagar uma taxa de participação de R$ 224,00. A organização do concurso e de suas provas é do IADES.

Carlos Rocha
Redator
Jornalista formado (UFG), atualmente redator no site Concursos no Brasil. Foi roteirista do Canal Fatos Desconhecidos (YouTube) por um ano e meio. Produziu conteúdo de podcast para o Deezer. Fez parte da Rádio Universitária (870AM) por três anos e meio como apresentador no Programa Fanático e como repórter, narrador e comentarista da Equipe Doutores da Bola. Fã de futebol, NFL e ouvinte de podcast.

Compartilhe

Especial Auxílio Emergencial

Veja mais »