Governo do Piauí autoriza estudo sobre concurso para servidores da DPE

O levantamento de vagas será coordenado pela Escola Superior da Defensoria Pública do Estado do Piauí.

O governador Wilson Martins autorizou o estudo para a realização de concurso público para servidores administrativos da Defensoria Pública do Estado do Piauí, durante reunião com a defensora-geral, Norma Brandão, nesta quinta-feira (1º), no Palácio de Karnak. Atualmente, a DPE conta apenas com o pessoal administrativo cedido por outros órgãos ou comissionados e terceirizados.

“Temos uma demanda grande, pois nunca tivemos concurso para servidor administrativo. Temos leis que regem esses cargos e vamos trabalhar em cima delas. Vamos formar uma comissão para verificar essa questão de vagas”, adiantou a defensora-geral Norma Brandão, acrescentando que essa comissão deverá ser coordenada pela Escola Superior da Defensoria Pública do Estado do Piauí (Esdepi).

A Defensoria Pública do Estado do Piauí é responsável por prestar assistência jurídica integral e gratuita às pessoas que não podem pagar por serviços advocatícios, ou seja, pessoas financeiramente hipossuficientes. A Defensoria também atua na defesa do direito de grupos, como idosos, crianças e adolescentes, consumidores, mulheres e direitos humanos.

Por Vanessa Mendonça

Compartilhe

Comentários