Concurso IBGE 2021 terá mais de 200 mil vagas em todo país

Concurso IBGE 2021 tem como objetivo ofertar vagas temporárias para a realização do Censo Demográfico. Saiba mais sobre o certame.

Concurso IBGE 2021 terá mais de 200 mil vagas em todo país; agente censitário

Certame terá oportunidades para diversos países. - Foto: IBGE/ Divulgação

Os editais do concurso IBGE 2021 foram divulgados contendo mais de 200 mil vagas para cargos de níveis fundamental e médio. O anúncio oficial foi feito por meio de uma videoconferência para a imprensa nesta quinta-feira (18/02).

A seleção dos candidatos será feita por meio de uma prova objetiva, sendo que o certame terá o Cebraspe como banca organizadora.

O concurso IBGE tem como objetivo contratar pessoas para trabalharem no Censo Demográfico de 2021. A pesquisa é uma das mais importantes do país, pois revela-se as condições de vida da população, suas dificuldades e demandas. Este será o 13° Censo realizado no Brasil e espera-se que o resultado apresente um recorde de população.

Concurso IBGE 2021: vagas para o Censo

No total, o concurso IBGE 2021 terá 204.307 vagas para o Censo Demográfico. As oportunidades e remunerações foram divididas da seguinte maneira:

  • Recenseador: 181.898 vagas;
  • Agente Censitário Municipal (ACM): 5.450 vagas (R$ 2.100,00);
  • Agente Censitário Supervisor (ACS): 16.959 vagas (R$ 1.700,00).

Atenção! O cargo de Recenseador não teve a remuneração divulgada, pois ela pode variar. O cálculo será feito conforme regras divulgadas no site do IBGE, a partir do dia 23 de fevereiro.

Concurso IBGE 2021: inscrições

O período de inscrições do concurso IBGE 2021 varia conforme o cargo:

  • Agente Censitário Municipal ou Supervisor: das 10h do dia 19 de fevereiro até 23h59 de 15 de março de 2021 (horário de Brasília);
  • Recenseador: das 10h do dia 23 de fevereiro até 23h59 de 19 de março de 2021 (horário de Brasília).

Os registros serão feitos no site do Cebraspe, sendo que o candidato deve pagar as seguintes taxas para concorrer aos cargos:

Sobre a vacinação

Durante a coletiva, foi perguntado se o censo seria realizado só depois de toda a vacinação contra a COVID-19. O Assessor da Diretoria de Pesquisas, Cimar Pereira, respondeu que a ideia é que tudo seja feito com segurança.

“Seria importante que a gente estivesse com a nossa equipe vacinada para realizar o censo, mas a gente tem que ver. A gente tem que analisar o cenário. O cenário hoje permite que o IBGE realize o censo. A ideia é que não esteja colocando ninguém em risco”, disse.

Além disso, foi informado que durante a aplicação das provas do concurso IBGE 2021, todos devem estar de máscara, com os aplicadores utilizando o “face shield”. Por fim, foi informado que não haverá coleta de digitais dos candidatos.

Outros detalhes revelados na coletiva

Além da preocupação com a COVID-19, a coletiva de imprensa ofereceu mais informações sobre o certame. Veja alguns destaques:

  • O censo vai ser realizado entre 01 de agosto e 31 de outubro de 2021;
  • Os contratos dos ACM e ACS terão validade de cinco meses, com início previsto para dia 31 de maio;
  • Os ACM e ACS serão capacitados para treinar e acompanhar os Recenseadores;
  • Recenseador terá contrato de três meses começando no final de julho;
  • Recenseador passará por treinamento que conta como etapa final do concurso. Sendo assim só serão convocados os que forem aprovados no treinamento com 50% de acerto no teste final e 80% de frequência.
Carlos Rocha
Redator
Jornalista formado (UFG), atualmente redator no site Concursos no Brasil. Foi roteirista do Canal Fatos Desconhecidos (YouTube) por um ano e meio. Produziu conteúdo de podcast para o Deezer. Fez parte da Rádio Universitária (870AM) por três anos e meio como apresentador no Programa Fanático e como repórter, narrador e comentarista da Equipe Doutores da Bola. Fã de futebol, NFL e ouvinte de podcast.

Compartilhe

Comentários

Especial Auxílio Emergencial

Veja mais »