Concurso IBGE: novo edital com 312 vagas sofre atraso

Novo edital do concurso IBGE com 312 vagas para o Censo 2021 não foi publicado na data prevista e segue sem cronograma. Veja mais.

O Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) contratou o Instituto de Desenvolvimento Educacional Cultural e Assistência Social (Idecan) como banca organizadora de mais uma seleção. O sétimo edital do concurso IBGE deveria ter sido lançado nesta segunda-feira (29/03), no entanto não houve publicação, gerando atraso no certame. O Idecan informou que está aguardando uma posição do órgão para dar prosseguimento.

O documento abriria 312 novas vagas de contratação temporária para o Censo Demográfico de 2021. Mas agora não há previsão para que o novo edital seja divulgado, especialmente com a possibilidade de cancelamento da pesquisa. Na última sexta-feira (26/03), o IBGE explicou à equipe do Concursos no Brasil que houve um corte de 90% no orçamento do Censo.

Os recursos foram reduzidos de R$ 2 bilhões para apenas R$ 71 milhões. "Diante deste cenário, o IBGE solicitará orientações ao Ministério da Economia sobre os procedimentos no tocante à operação censitária que por lei deve ser realizada a cada dez anos", informou o Instituto. Já haviam sido publicados dois editais com mais de 204 mil vagas para Recenseadores e Agentes Censitários, que podem acabar suspensos. 

Como a falta do Censo 2021 pode influenciar no Brasil?

Além do possível cancelamento do concurso IBGE, impedindo contratação de milhares de servidores temporários, o novo adiamento do Censo Demográfico pode ser prejudicial em vários pontos. A pesquisa é realizada em 71 milhões de domicílios brasileiros para coleta de dados sobre a população e sua condição de vida. Dessa forma, é possível analisar o funcionamento das diferentes regiões do país.

O Censo não mede a quantidade de moradores do Brasil, mas também reúne informações sobre saúde, educação e infraestrutura, por exemplo. A partir disso, o governo pode traçar planos de melhoria na qualidade de vida e implantação de políticas públicas. Não havendo a pesquisa, serão mais de 10 anos de informações desatualizadas que podem prejudicar a forma de investimento em diferentes localidades.

Nem todos os editais do concurso IBGE serão cancelados

Até agora foram divulgados seis editais que somam mais de 210 mil vagas imediatas por meio do concurso IBGE. Desses, dois podem ser suspensos por estarem diretamente ligados à realização da pesquisa demográfica (somam 204.307 vagas). No entanto, o Instituto informou que "outras seleções, não relacionadas com o Censo 2021, não são afetadas. Trata-se de orçamentos diferentes".

Sendo assim, ainda há os cronogramas para 6.500 vagas para níveis médio e superior devem ser mantidas. Os cargos ofertados são:

  • Agente de Pesquisa e Mapeamento: 5.623 vagas de nível médio completo com remuneração de R$ 1.387,50;
  • Agente de Pesquisa por Telefone: 300 vagas de nível médio completo com remuneração de R$ 1.345,00;
  • Supervisor de Coleta e Qualidade: 552 vagas de nível médio completo com remuneração de R$ 3.100,00;
  • Supervisor de Pesquisas: 25 vagas de nível superior com remuneração de R$ 5.100,00.

Vale ressaltar que essas oportunidades estão divididas em três editais elaborados pelo Cebraspe e um pelo IBFC.

Compartilhe

Especial Concurso BB

Veja mais »