Concurso IBGE para Censo: instituição vai planejar devoluções de taxas

Devido ao cancelamento do Censo, o IBGE deverá planejar a lógica para as devoluções das taxas, assim como aconteceu no ano passado. Saiba os detalhes.

Devolução das taxas de inscrição do concurso IBGE 2021: logo do IBGE em fundo branco

Mais informações vão ser disponibilizadas, em breve, pela página do Cebraspe. - Foto: Reprodução/IBGE

O concurso IBGE para Censo Demográfico, que estava previsto para acontecer neste ano de 2021, foi oficialmente cancelado. Estavam previstas 204.307 vagas para recenseadores e agentes censitários, sendo que as inscrições ficaram abertas até o final de março. Em razão do cancelamento, o IBGE deverá planejar a lógica para as devoluções das taxas, assim como aconteceu após o adiamento do ano passado.

“(...) estão cancelados os Processos Seletivos Simplificados para contratações temporárias de Agente Censitário Municipal (ACM), Agente Censitário Supervisor (ACS) e Recenseador. A exemplo do ano passado, quando o Censo foi adiado por causa da pandemia, o IBGE tomará as devidas providências para planejar, organizar e realizar as devoluções das taxas de inscrição pagas pelos candidatos”, informou a assessoria do IBGE para a equipe do Concursos no Brasil.

Em 2020, as taxas do concurso IBGE foram devolvidas por meio do aplicativo chamado “Carteira Digital bB”. Os candidatos não tiveram que pagar nada para resgatar os valores. Pelo app, foi possível transferir as taxas para outras contas, bem como sacá-las nos caixas eletrônicos do Banco do Brasil. Os interessados também puderam pagar contas diretamente pelo aplicativo, informando o código de barras.

Concurso IBGE para Censo foi cancelado; demais seleções continuam valendo

Com o cancelamento oficial do Censo, o IBGE deverá divulgar os procedimentos necessários para resgatar as taxas de inscrição. As informações vão ser disponibilizadas, em breve, pela página da banca organizadora (Cebraspe). É necessário ficar atento para não perder nenhuma novidade que será futuramente comunicada pela empresa. Ao todo, seriam disponibilizadas 204.307 vagas para o Censo de 2021.

Mas atenção: as seleções fora do Censo Demográfico não dependem do Orçamento 2021 e, por isso, foram devidamente mantidas pelo IBGE. Juntas, elas estão ofertando 6.500 oportunidades aos profissionais de níveis médio e superior. Os interessados tiveram que se inscrever até o final de março de 2021 para pleitear as vagas. Na etapa eliminatória, os candidatos terão que responder 60 questões objetivas.

“Lembramos que os processos seletivos para Agente de Pesquisas e Mapeamento, Supervisor de Coleta e Qualidade, Agente de Pesquisas por Telefone e Supervisor de Pesquisas não dependem do orçamento sancionado - esses estão mantidos”, informou a assessoria do IBGE. Para esses cargos, as remunerações variam de R$ 1.387,50 a R$ 5.100,00 em jornadas semanais de até 40 horas.

Bruno Destéfano
Redator
Nasceu no interior de Goiás e se mudou para a capital, Goiânia, no início de 2015. Seu objetivo era o de cursar Jornalismo na UFG. Desde o fim de sua graduação, já atuou como roteirista, gestor de mídias digitais, assessor de imprensa na Câmara Municipal de Goiânia, redator web, editor de textos e locutor de rádio. Escreveu dois livros, sendo um de ficção e outro de não-ficção. Também recebeu prêmios pela produção de um podcast sobre temas raciais e por seu livro-reportagem "Insurgência - Crônicas de Repressão". Atualmente, trabalha como redator web no site "Concursos no Brasil" e está participando de uma nova empresa no ramo de marketing digital.

Compartilhe

Especial Auxílio Emergencial

Veja mais »