Concurso IBGE pode ser cancelado: corte no orçamento inviabiliza Censo

Um grande corte foi proposto no orçamento previsto para o Censo 2021 e será votado nesta quarta-feira. Caso seja aprovado, o concurso IBGE pode ser cancelado.

concurso ibge: a imagem mostra mão segurando aparelho do IBGE com questionário

São mais de 210 mil vagas ofertadas em concurso para o Censo 2021. - Foto: Agência Brasil

Nesta segunda-feira (22/03), o Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) liberou nota informando que foi feito um corte de R$ 1,7 bilhão dos recursos do Censo 2021. A redução foi proposta pelo relator do Orçamento deste ano, senador Márcio Bittar, e impede que o trabalho de pesquisa demográfica seja feita. Isso significa que o concurso IBGE pode ser cancelado novamente.

Corte no orçamento não é definitivo

A previsão inicial era de R$ 2 bilhões para a realização do Censo. Agora, a nova versão entregue por Bittar sugere um corte de R$ 1,7 bilhão do orçamento solicitado. No entanto, isso não significa que a a redução de recursos realmente será feita, uma vez que o texto deve ser votado no Congresso Nacional nesta quarta-feira (24/03).

"O IBGE conta com o apoio da Comissão Mista de Orçamento na próxima votação para que esse cenário seja revertido. O país necessita das informações geradas pelo Censo, que são essenciais para subsidiar políticas públicas em diversas áreas, especialmente em um contexto de pandemia, onde esses dados são estratégicos para o avanço da vacinação e para o planejamento de infraestrutura em saúde", afirmou o Instituto. 

Por enquanto, o calendário previsto para as coletas de dados do Censo 2021 continua mantido. Caso a pesquisa aconteça, deve ter início em agosto após todas as contratações serem feitas pelo Concurso IBGE. São 210.807 vagas ofertadas para profissionais de níveis fundamental, médio e superior em contratos temporários. Até 31 de outubro, 213 milhões de pessoas em 5.570 municípios brasileiros devem ser visitados.

A nota do IBGE afirma que "além de um modelo misto de coleta (presencial, telefone e online) e tecnologia de fronteira de supervisão e monitoramento, os profissionais envolvidos no Censo observarão, em todas as etapas da operação, rígidos protocolos de saúde e segurança adotados pelo IBGE, seguindo recomendações do Ministério da Saúde e as melhoras práticas de prevenção e combate ao Covid-19".

Detalhes do concurso IBGE 2021

Este já é o segundo concurso IBGE que pode ser adiado, tendo em vista que o primeiro era para acontecer em 2020, mas acabou sendo cancelado pela pandemia de coronavírus. O novo certame conta com sete editais, sendo que seis são organizados pelo Cebraspe e um pelo IBFC.  As vagas ofertadas estão divididas entre os seguintes cargos:

  • Recenseador: 181.898 vagas;
  • Agente Censitário Municipal (ACM): 5.450 vagas;
  • Agente Censitário Supervisor (ACS): 16.959 vagas;
  • Agente de Pesquisa e Mapeamento: 5.623 vagas;
  • Agente de Pesquisa por Telefone: 300 vagas;
  • Supervisor de Coleta e Qualidade: 552 vagas;
  • Supervisor de Pesquisas: 25 vagas.

Caso o concurso IBGE não seja cancelado, os candidatos devem realizar as provas objetivas em abril e maio, de acordo com os respectivos editais.

Isadora Tristão
Redatora
Nascida na cidade de Goiânia e formada em Jornalismo pela Universidade Federal de Goiás, hoje, é redatora no site "Concursos no Brasil". Anteriormente, fez parte da criação de uma revista voltada para o público feminino, a Revista Trendy, onde trabalhou como repórter e gestora de mídias digitais por dois anos. Também já escreveu para os sites “Conhecimento Científico” e “KoreaIN”. Em 2018 publicou seu livro-reportagem intitulado “Césio 137: os tons de um acidente”, sobre o acidente radiológico que aconteceu na capital goiana no final da década de 1980.

Compartilhe

Especial Auxílio Emergencial

Veja mais »